Intel vai parar de produzir o processador Atom usado no HoloLens

0

A Intel vai encerrar a produção do seu processador Atom X5-Z8100P (pertencente à família Cherry Trail) que é usado no HoloLens, o computador holográfico da Microsoft. Ao que parece, a Microsoft é a única cliente da Intel que ainda usa esse SoC. A seguir um trecho de um comunicado interno da Intel que teria sido enviado a suas parceiras.

“A Intel pede a seus clientes que façam seus pedidos finais do Atom X5-Z8100P SoC (pertencente à família Cherry Trail) até 30 de setembro. Os últimos envios serão feitos em 30 de outubro.”

hololens

Como o tal Atom em questão é um processador semi-customizado, já era de esperar que a Intel não esperasse algum posicionamento da Microsoft quanto a próxima geração desse hardware. Já pensando nisso, já se sabe que o próximo HoloLens deverá ser equipado com um SoC completamente personalizado. Além disso, ele deve contar com um coprocessador “especializado” em inteligência artificial (AI) também customizado e terá como o foco o processamento de dados de redes neurais profundas. Não sabemos se todo esse chipset em específico também será fabricado pela Intel.

Também é sabido que a atual versão do HoloLens não foi pensada para consumidores comuns, mas sim, para empresas e desenvolvedores. Ele ainda é relativamente grande e tem pouco aplicabilidade no dia a dia da grande maioria das pessoas, porém, ele é a introdução de todo um trabalho que vem sendo desenvolvido há anos nas estranhas dos laboratórios de pesquisa e desenvolvimento da Microsoft. Cedo ou tarde veremos um produto muito menor, tal como um smartglass, só que autônomo.

Interessados no HoloLens Development Edition podem aquirir esta versão por U$ 3000 diretamente no site da Microsoft (EUA). Como até hoje não sabemos quantas unidades dessa máquina foram vendidas, até hoje não sabemos qual o real interesse de empresas e consumidores “nessa coisa” futurista.

Fonte: AnandTech

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!