LG continuará sem novidades com relação ao Windows Phone

17

Recentemente surgiram rumores que indicavam que a LG iria lançar um novo aparelho equipado com o Windows Phone 8, contudo, parece que a empresa realmente vai desistir de vez da plataforma móvel da Microsoft. Até haviam esperanças que ela anunciasse alguma coisa durante a MWC 2013, no entanto, um representante da empresa divulgou a seguinte informação:

“We want to give customers what they ask for,”. “When there’s a significant market for it, we will be on board.”

Numa tradução aproximada para um melhor entendimento:

“Queremos dar aos clientes o que eles pedem”. “Quando houver um mercado significativo para nós, subiremos a bordo”.

LG optimus 7_1

Entendemos que a LG acredita não haver um mercado significativo para a marca quando o assunto é Windows Phone. Ou pode ser que a empresa não tenha interesse de competir com a Nokia, HTC e Samsung.

Embora a empresa tenha meio que abandonado seus usuários mais antigos, donos do LG Optimus 7 e outros, seria muito bom se ela lançasse um novo aparelho com o WP8, isso porque quanto mais fabricantes concorrendo entre si, melhor para nós. Novos rumores sugerem que eles pretendem investir no novo FireFox OS além do Android.

Fontes: WMPoweruser

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Pingback: [Rumor] LG pode voltar a fabricar aparelhos com Windows Phone - Windows Phone Brasil()

  • Já fui muito fã da LG na época dos aparelhos de DVD analógicos e TV de tubo. A assistência era muito boa, com 20 dias sem solução para defeito no aparelho a CRC da LG no Brasil entrava em contato oferecendo a troca do aparelho pelo top da marca sem custos… Pena a LG ter mudado de tratamento com seus clientes.

    • Felipe

      A última TV que eu tive da LG foi uma LCD, agora eu tenho uma Smart TV da Samsung, e o atendimento dela é bem melhor quando se trata de TV, já que em celular ela não presta…

  • vai ser desse jeito que vc vai falir em quesito smartphone, vc LG não quer nem saber para seus clientes, por isso que eu nem quero saber de LG, meu assunto é escolher uma marca que não me faça jogar dinheiro fora, por isso que eu escolho a Nokia, pois não importa o O.S. que ela for usar (menos o maemo e o meego harmattan que só foram utilizados em muito poucos smartphones) mas em symbian e em Windows Phone ela caprichou bastante mas que pena que descontinuou o symbian que foi um ótimo O.S.

  • Felipe Ito

    Windows Phone é uma incógnita. Ele exige vários pré-requisitos altos se comparado ao Android, que hoje, é uma opção bem mais cômoda se você quiser lucrar mais.

    Se o foco ainda estivesse no Windows Phone 7.x, que roda até em processadores de 800 MHz com meros 256 MB de RAM, daria para lançar modelos de entrada bem competitivos.

    Porém, o Windows Phone 8 vem com pré-requisitos mais altos. Precisa de pelo menos um processador Dual Core, além de 512 MB de RAM. A tela também exige uma resolução razoavelmente alta (se for comparar com o Android que roda até em telas de 3″ de 240×320).

    E se for para competir em modelos high-end, hoje, com o fanatismo em volta da Nokia, e o marketing pesado da Samsung, está bem inviável apostar no WP8. Eu pelo menos acharia burrice gastar qualquer esforço com ele.

    Ainda mais se a Microsoft vier com outra palhaçada, do tipo, Windows Phone 9 necessita de um processador Quad-Core, e por isso, nenhum aparelho com Windows Phone 8 será atualizado (como ela já fez isso no Windows Mobile 6 > Windows Phone 7 > Windows Phone 8, vai saber, e no final, o prejuízo fica com a fabricante que tem que derrubar os preços de forma absurda dos seus modelos para acabar com os estoques, vide a primeira linha do Nokia Lumia).

    • Orra meu! Só falou besteira.
      Se não posso dizer isso porque parei de ler seu post logo nas primeiras linhas.

      • Felipe Ito

        Escrevi bastante (até eu ficaria com preguiça de ler isso), mas o outro post ficou pior. Paciência.

    • Pois é, as vantagens do android são poucas mas fazem grande diferença para a maioria, são bem mais APPs, bootloader totalmente aberto e pode se instalar Roms modificadas e tem alguns apps que deixam o aparelho mais rápido com overclock mais rápido, mas o Windows Phone não precisa de app algum para torná- lo rápido pois ele já é de natureza, e os processadores da qualcomm snapdragon usado nos WP fazem deles um monstro, uma câmera de 5mp com lentes simples parecem uma câmera de 12mp graças ao processador que processa a imagem com uma imagem infinitamente melhor do que essas de 5mp encontradas por aí e até mesmo algumas de 12mp, dede velocidade nem vou falar pois a linha Lumia que usa o mesmo hardware (710,800…) foram considerados os smartphones mais rápidos do mundo antes de lançarem o wp8, os sensores tanto acelerômetro, proximidade, luz ambiente respondem mais rápido que os que usam android, a inicialização do aparelho então nem se fala, que por enquanto a maioria dos androids levam mais de 30s após ligar a tela, enquanto o wp leva cerca de 5s… Vou parando por aqui por que senao vai ser muita humilhação para o android, e olha que eu tambem uso o android 4.0.3 no Tablet e estou apenas comparando os dois e não defendendo o wp, por que na verdade mesmo eu uso bastante o android e tambem gosto muito

      • Felipe Ito

        Eu comentei unicamente sobre mercado.

        Não falei em performance e estabilidade. Nem gosto pessoal (afinal, eu gosto do WP7.8, tanto quanto gosto da versão 4.0 do Android). Comentei sobre confiabilidade no SO (não em relação a segurança ou estabilidade, mas sim quanto a durabilidade e valor de mercado).

        Você compra um smartphone com Android. Ele pode não receber atualização alguma. Mas se tiver ao menos a versão 2.3, você terá um smartphone minimamente estável, e com milhares de aplicativos disponíveis.

        A Google Play é única para todas as versões. Incluindo as primeiras, caso alguém queira desenvolver algo com a primeira API, isso é possível. Ou seja, quem aposta no Android, tem quase que uma total certeza que ele receberá novidades a longo prazo (quanto a jogos e aplicativos) ou ao menos terá opções para comprar ou baixar (já que a Google não cortará o suporte a essas versões na sua loja de aplicativos).

        Procure a loja de aplicativos do Windows Mobile 6.5. Ela foi fechada pouco tempo após o lançamento do Windows Phone 7. Por que a Microsoft fez isso? Para dar um motivo a mais para os seus clientes aderirem a versão mais nova. O que aconteceu depois? A grande maioria provavelmente optou pelo iOS ou Android (o que era mais do que natural, afinal, a Microsoft gosta de irritar os seus clientes).

        Após o lançamento do Windows Blue, e a integração do Windows Phone 8 ao Windows 8 (onde ambos poderão até compartilhar aplicativos), quem garante que a Microsoft não fará algo similar para dar um empurrão em quem ainda tem um smartphone com Windows Phone 7? Ela já fez isso no passado, não seria novidade.

        A Nokia apostou no Windows Phone 7, e hoje está tendo que vender aparelhos com alta qualidade de construção, fora componentes de custo elevado a preço de banana. Por isso disse que o Windows Phone hoje tem um valor de mercado baixo, para quase nulo. Já que é só anunciarem uma nova versão, e o anterior ser descartado, para que as fabricantes tenham que vender os seus aparelhos quase de graça.

        Smartphones com Android, mesmo que tenham apenas a versão 2.3 não desvalorizam tanto em tão pouco tempo. Você pode encontrar promoções esporádicas, mas não verá uma queda geral nos preços.

        Consegue entender essa diferença?

        Não digo que o Android seja um SO melhor tecnicamente. Ele é simplesmente melhor conduzido, já que a Google não tem uma política de fragmentação extrema como a Microsoft, que tenta sempre matar a geração anterior, ao invés de manter a mesma para somar na sua participação de mercado.

        A Microsoft ainda tem muito a aprender com a Google e com a Apple.

        E detalhe, eu tenho um Nokia Lumia 800 e estou satisfeito com ele. Mas pensando de forma racional, se não fosse para desenvolver, eu nunca o teria comprado.

        • kkkkkkk

          o pior é que eu nao posso discordar de voce…
          a questao da fragmentação é absurda… porem, isso tambem ocorre no Android…
          voce nao pode esquecer que essas “novidades” a longo prazo, tambem dependem da habilidade do usuario em colocá-las no telefone.

          Ex.: o Galaxy 5 “nao roda” o Android 2.3, mas para quem tem um razoavel conhecimento, vc consegue instalá-lo e usa-lo muito bem! mas isso exige tempo, principalmente para a personalizacao do software + hardware.

          ambos tem essa fragmentacao, mas pelo Android ser mais aberto, muitas pessoas conseguem “acompanhar” as novas tendencias, mesmo sendo de maneira nao oficial.

          e tambem da pra fazer isso no WP, ou vc ja esqueceu do HTC HD2? que tinha o WM 6.5 e ja conseguiram, por android, WP 7.8 e ate o Meego nele? rsrs

          eu tenho um Google Nexus S (Android 4.1) e um HTC Radar (WP 7.8) e sei do que falo!
          Meu Cel principal é o HTC, e mesmo sem desenvolver, eu o teria comprado de novo!!!

        • Tamba

          Já que o negócio é liberado para falarmos o que quiser; vou me arriscar também: Para mim o WP não conquistou os consumidores porque a interface dele não é parecida com os demais (iOS, Android e agora Firefox OS) e porque, não sei como é com Android, mas a Microsft recebe ou recebia U$ 15,00 por aparelho vendido, então se uma empresa pode escolher entre pagar por um sistema que não tem tanta relevância no mercado ou, não pagar ou pagar muito pouco por outro que já se tornou líder, qual será a escolha mais lucrativa???
          De qualquer forma para Microsoft, que lucra mais com Android que WP, acho que pouco importa se WP está sendo bem conduzido ou não, ela ganha de qualquer jeito…

  • jairo

    Na verdade a LG não possuem competência para disputar com Nokia, samsung e HTC, tem que focar mesmo no mercado low end com o firefox. Já vai tarde.

  • jairo

    Na verdade a LG não possuem competência para disputar com Nokia, samsung e HTC, tem que focar mesmo no mercado low end com o firefox.

  • Ricardo Pereira

    Pobre LG, mal consegue lançar aparelhos decentes com Android e agora admite que vai lançar aparelhos quando houver mercado significativo. LG, se nem agora vocês conseguiriam se firmar, imagina quando o WP tiver uma participação muito maior do mercado e empresas como a HTC e Nokia tiverem consolidadas, não terás a menor chance. Good riddance. Nunca tive um aparelho da marca e não iria ser agora.

  • Cristian Almeida

    LG Nunca mais. Espero mesmo que o WP não chegue a tal empresa.

    • Cristian…. concordo com vc viu…. Manooooo

      eu tive um LG Quantum, e gostava dele, mas quando começou a dar Hard Reset S-O-Z-I-N-H-O, nao deu…

      depois, tive um Lumia 710, e agora um HTC Radar… telefones MUITOOOOO melhores, estaveis, nao reiniciam, nao dao problemas, otimas cameras, otimas vantagens…rs

  • Bom, eu já desisti da LG mesmo. E creio que para a comunidade do Windows Phone, LG não é muito bem quista. Ela fez um fiasco enorme com quem apostou nos WPs dela. Que venham empresas competentes, LG? Não, obrigado.