Aplicativos

LinkedIn Live: conheça a nova ferramenta da rede social da Microsoft

A LinkedIn segue firme na posição de rede social profissional mais popular do mundo, com mais 600 milhões de usuários ativos, então, nada mais justo do que continuar investindo em novos recursos para mantê-la lá… a Microsoft sabe disso e está trazendo mais uma grande novidade chamada de LinkedIn Live.

Por meio da novidade será possível fazer, assistir e promover transmissões ao vivo dentro da rede social. Não há dúvida que a inspiração vem do Facebook e agregados, que são redes sociais muito mais voltadas para o entretenimento e interação social, onde as Lives já são bem populares.

No caso do LinkedIn Live, o plano é cobrir conferências, anúncios de produtos, perguntas e respostas e outros eventos liderados por influenciadores e mentores. Além disso, poderia servir para transmitir formatura e cerimônias de premiação e muito mais.

E para ressaltar como o LinkedIn está empenhado em desenvolver isso – especialmente em sua primeira fase – não como um conteúdo gerado por usuários pronto e bruto, mas como fluxos de tipos de vídeos que se encaixam em seu conjunto de traços e modos de comportamento mais amplo, a Microsoft convidará até pessoas de fora para testar a novidade.

“O vídeo é o formato de mais rápido crescimento em nossa plataforma agora, e o mais provável é fazer as pessoas falarem”, disse Pete Davies, diretor de gerenciamento de produtos do LinkedIn.”

Eles evitam fornecer números específicos em termos de quantos criadores de vídeos ou espectadores existem, exceto para observar que “milhões” de usuários do LinkedIn usaram o recurso. Davies disse ainda que as transmissões ao vivo tem sido um grande pedido:

“…não apenas eu aposto, porque é uma parte tão importante de como o vídeo está sendo usado em outras plataformas sociais como YouTube, Facebook e Twitter, colocando a funcionalidade em mente, como afirma que a Live tem sido o recurso mais solicitado”, disse ele.

Essas outras plataformas sociais estão servindo como um tipo de modelo e assim como com essas outras plataformas, os usuários podem “curtir” vídeos enquanto estão sendo transmitidos, com as reações flutuando na tela. Os espectadores podem fazer perguntas ou fazer sugestões nos comentários em tempo real. Os hosts podem moderar esses comentários em tempo real, também, para remover assédio ou outras mensagens, acrescentou Davies.

Uma pena que por enquanto a novidade está disponível apenas nos EUA e em versão Beta e restrita a convidados, ou seja, ainda vai demorar para nós, meros mortais, colocarmos as mãos nela…

Fonte > techcrunh

Alexandre Lima
Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!