Mais esclarecimentos sobre porque ainda não temos Cortana em português e o que a Google e a Apple usam em seus sistemas

63

Cortana-Vs-Siri-Vs-Google-Now

Após ter colaborado com o Alexandre Lima para a redação da matéria acerca da disponibilidade da Cortana em português, recebi uma nova correspondência desse excepcional moderador requisitando minha colaboração para o esclarecimento de algumas questões que geraram certa dúvida em seus leitores. Com todo carinho e sem mais delongas, vamos à elas:

1 – Qual a tecnologia de ASR utilizada pelo Google e pela Apple?

A solução utilizada por ambas as companhias é a mesma: SDK da Nuance Communications. Sim, a empresa fornece sua tecnologia a ambas as companhias e é por essa razão que o sistema da Google atualmente está em nível mais aprimorado do que o utilizado pela Microsoft. O Google também possui um algoritmo próprio de inteligência artificial o que hoje lhe dá a dianteira em assistentes virtuais em língua portuguesa, contudo em língua inglesa a disputa com a Microsoft já está no mesmo nível e é difícil de dizer se há atualmente alguma prevalente.

Com a relação à Apple, advindo do Dictate para OSX, a empresa possui um bom conhecimento na tecnologia de assistência, contudo não possui algoritmo de pesquisa próprio, razão pela qual se associou à Microsoft para o aprimoramento do Siri. Se você hoje fizer qualquer pesquisa em inglês observará que virá abaixo a menção à tecnologia da Microsoft “powered by Bing” e é óbvio que essa esteja recebendo o bando de dados dessa funcionalidade para seu próprio aprimoramento, daí a extrema importância de o iOS já possuir a ferramenta de Ditado em língua portuguesa.

 2 – Qual o sistema utilizado pela Microsoft?

Solução própria! Lembrem-se de que o texto explica o encerramento do programa de desenvolvimento da tecnologia ASR em Portugal em 2010. Encerramento do desenvolvimento não significa encerramento do conhecimento. O espólio desse programa deu origem à Voice Interaction em Portugal, ou seja, pesquisadores e programadores que trabalharam para a Microsoft de 2007 a 2010, ano em que foram dispensados, uniram-se e fundaram a Voice Interaction. Exemplo como esse resultou numa das mais conceituadas empresas automobilísticas atuais, a BMW, fundada a partir do espólio da empresa de aviação alemã, após a proibição de produção no Pós-Segunda Guerra Mundial.

Não se assustem se futuramente engenheiros da Microsoft dispensados pelo encerramento do Departamento Microsoft Research nesse ano fundarem alguma companhia. Então, a Microsoft retomou seus estudos e desenvolvimento da tecnologia ASR em línguas que correspondam a mercados econômicos tradicionais e em expansão, aqui se inserem os BRICS e, claro, o Brasil. Enquanto a tecnologia não estiver suficientemente “madura” não será disponibilizada – essa é uma lição de Jobs que vale muito ser respeitada. Mesmo a Microsoft possuindo um Centro de Desenvolvimento na Alemanha, a Cortana ainda não está disponível nessa língua. Por aqui, o Brasil também receberá um Centro nos mesmos moldes, a ser implantado na região portuária do Rio de Janeiro, mas esse é um assunto para uma próxima conversa…

3 – Qual a importância do Brasil para a Microsoft se outras, Apple, aparentemente não lhe dão a devida atenção?

Bom, não é bem assim, por mais que isso possa parecer. O Brasil é atualmente o terceiro maior mercado mundial de computadores – é Senhores, vocês gostam dessas coisinhas de computação hein?!? – atrás apenas de Estados Unidos e China. Sim, vocês já ultrapassaram o Japão. É evidente que com números dessa magnitude os olhos do mundo se voltem para a terra tupiniquim e ter um trunfo é uma grande arma para seduzir e fidelizar, esse último é mais importante do que o primeiro, seus consumidores.

4 – Por que a Microsoft não adquiriu a SDK da Nuance Communication? Não seria o caminho mais fácil e rápido de desenvolvimento?

Sim seria, nessa você tem razão. Acontece que o Projeto Cortana engloba o Projeto “Babel”, pretensão de seu atual CEO, Satya Nadella, de materializar o maior desejo altruístico de Bill Gates: o Windows para todos.

Não aqui não é o interesse financeiro que importa, embora será evidentemente aproveitado, importa é concretizar o que Steve Jobs e Bill Gates se propuseram a fazer e não conseguiram. Ambos, em mais de uma declaração, afirmaram que o fato de terem fundado suas companhias e elas terem se tornado o que são hoje materializando suas visões da capacidade da tecnologia da informação representava a razão de seu extremo orgulho, mas mesmo com toda essa realização remanescia uma aspiração que não conseguia ser concretizada que os incomodava: levar suas plataformas a todas as partes da Terra, de modo a possibilitar a integração entre as nações e à revolução educacional.

Nem Apple e nem Microsoft conseguiram até o presente momento revolucionar o sistema educacional mundial. Não é por outra razão que as atenções de ambas voltam-se atualmente para o desenvolvimento de plataformas educacionais que auxiliem professores e instituições de ensino a revolucionar o sistema educacional mundial e a integrar as nações. Para tanto, é necessário que o Windows esteja traduzido e ativo em todas as línguas possíveis, e, para tanto, ter tecnologia própria é a certeza de que esse objetivo será alcançado. Produtos desse projeto Babel você já os estão testemunhando, observe que a última atualização do Microsoft Bing Tradutor incluiu como língua para tradução o Esperanto, mês passado foi demonstrado a ferramenta que promete revolucionar nossa forma de utilizar o Microsoft Skype, o recurso de tradução simultânea. Quando estiver disponível em todas as línguas possíveis, essa ferramenta encerrará definitivamente as barreiras entre as nações.

Há, ademais, um fator econômico que não pode deixar de ser lembrado, um dos produtos da Nuance Communications que é um tremendo sucesso nas outras plataformas: Swype! Sim, senhoras e senhores, esse é um fator que não pode ser descartado. Custando um dólar nas demais plataformas, esse teclado gera uma receita anual à Nuance que não pode ser deixada de lado. O sistema Microsoft Windows é um sistema proprietário e fechado, que ainda não permite a alteração de suas funcionalidades por terceiros. Aliás, estudando a maior crítica aos sistemas Microsoft em toda a sua História, os travamentos, é praticamente certo que ela não permitirá tal alteração, mesmo se um dia liderar o mercado de sistemas mobile. Observe que a tais funcionalidades a empresa tem buscado soluções nativas, sim há um teclado smart para Windows Phone, e vai continuar trilhando esse caminho. Essa é a certeza e garantia que sempre disponibilizará um sistema leve, fluído, sem travamentos (enterrando para sempre sua maior crítica) e eficiente. Seus usuários não esperam outra atitude.

 5 – Teremos Cortana? Quando?

Sim! Terão! Quando? Juntamente ao lançamento do Windows 10! Não! Vocês não terão ainda Cortana no Windows 8.1, que não se revela motivo de tristeza, pois os Lumias W10 continuarão a utilizar a arquitetura de processadores ARM, vide Lumia 535, o que assegura a compatibilidade com os atuais Lumias à venda.

Atualmente a Microsoft utiliza-se dos dados fornecidos pelos produtos Microsoft Sync nos automóveis Ford para aprimorar sua revolução automotiva – em outra oportunidade lhes explicarei o que está por vir -, Microsoft Lumias atuais, sim os comandos que vocês hoje já ditam servem ao aprimoramento dos “sotaques” e outros pormenores, Microsoft XBOX One, sim os inscritos no Microsoft XBOX One Insider Programm colaboram com o aprimoramento da ferramenta, também os inscritos no Insider Programm de tradução simultânea do Skype e usuários atuais de Apple com iOS 8. É óbvio que necessitando de aprimoramento há um “acordo” entre elas que não pode ser divulgado, do tipo eu te entrego a ferramenta de buscas e você me repassa os dados de reconhecimento de voz. Senhoras e senhores, bem vindos ao ambiente corporativo. Aqui não há “ponto sem nó”.

A considerar a quantidade de mensagens geradas pela publicação da matéria original, espero tê-los ajudado a acalmar uma de suas maiores ansiedades: a Cortana! Contudo, não posso deixar de registrar: “nunca antes na História desse país” vi tantos “marmanjos” ansiosos pela mesma “garota”!

Agradeço o espaço oferecido pelo moderador Alexandre Lima e desde já peço a concessão de uma nova oportunidade para a apresentação de uma revolução em nossas vidas que está por vir: Windows 10!

Adiante!

Por Marcio Vianna

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Nem tenho muitas esperanças. Lá pra 2020 ela chega, galera! Rs

  • VR5

    Sobre o ítem 3: então por que diabos nunca vimos, por exemplo, o tablet Surface vendido aqui nas lojas (somente via importação)??? :-/