Encontrar os melhores mouses gamers, em meio a todas as opções disponíveis no mercado, pode uma tarefa difícil. Há muitos fatores que devem ser levados em consideração, como a aparência, a sensação na mão, o arranjo dos botões, a qualidade do sensor e se você deseja um mouse sem fio ou com fio. Esses detalhes, por menores que pareçam, podem ter um grande impacto na sua experiência com o mouse que você escolhe comprar. Por outro lado, às vezes os mouses têm recursos exagerados e não funcionam tão bem quanto o esperado.

Veja também as melhores marcas de celulares!

Seja qual for o seu gosto, você quase certamente deseja o melhor mouse para jogos que seu orçamento permitir. Portanto, vamos facilitar essa decisão para você. O melhor mouse para jogos é o G502 Lightspeed da Logitech. É a escolha mais completa se você deseja conforto, uma bateria duradoura e a melhor seleção e disposição de botões. O design deste modelo acomoda vários estilos de aderência, e o software complementar da Logitech é discreto e fácil de usar. Além disso, ele também possui conectividade sem fio sólida, para que você não precise lidar com um fio que envolve sua jogabilidade.

Se você não deseja um mouse sem fio e está procurando o melhor mouse para jogos com fio, procure o Razer DeathAdder V2. É imbatível no departamento de ergonomia, com um design que parece uma extensão natural da minha mão. Além disos, esse modelo possui um layout bastante simples e uma seleção de botões que está ao alcance.

Nossas outras principais opções para o melhor mouse para jogos de 2020 incluem o Zowie EC2, o Corsair Dark Core RGB Pro SE e o Basilisk V2 da Razer. Confira a lista completa abaixo.

Os melhores mouse gamers em 2020

Melhor mouse para jogos: Logitech G502 Lightspeed
Veja os melhores mouses gamers de 2020 – Foto: Reprodução/ The Verge

Logitech G502 LightSpeed

Pontos de destaque

O Logitech G502 Lightspeed é um ótimo mouse para jogos, para jogadores exigentes que não querem se comprometer, bem como para pessoas que não têm ideia do que devem procurar em um mouse. É confortável, cheio de recursos e, embora seja sem fio, é um executor rápido e preciso que não se sente em desvantagem contra adversários usando mouses com fio. Entretanto, ele não sai barato. 

O G502 Lightspeed tem os melhores recursos da Logitech para seus jogos e mouses de uso geral reunidos em um. Os botões principais oferecem uma resposta de retorno satisfatória quando você os toca e, ao contrário de outros modelos populares, eles clica facilmente, independentemente de como você aperta a mão no mouse.

Este mouse também possui um botão de liberação rápida, um recurso emprestado de outros mouses e jogos da Logitech voltados para o consumidor. Por padrão, a roda de rolagem percorre uma página da Web a cada etapa, e é assim que você espera que uma roda de rolagem funcione. Dessa forma, tocar no botão libera o mecanismo segurando a roda, permitindo que ela navegue livremente até o final de uma página longa.

O G502 Lightspeed possui muitos outros recursos centrados em jogos. O mais recente sensor da Logitech, o Hero 16K, é capaz de até 16.000 DPI e mais de 400 polegadas por segundo, com uma taxa de relatório de 1.000Hz. Dessa forma, ele suporta uma ampla gama de sensibilidades para que, dependendo do estilo de jogo e da configuração da mesa, acomode movimentos de braço pequenos e amplos com o pressionar de um de seus botões.

Outros pontos interessantes

Logitech G502 Lightspeed
Veja os melhores mouses gamers de 2020 – Foto: Reprodução/ The Verge

Outro recurso interessante é a inclusão de 16g de pesos adicionais que você pode inserir no mouse para oferecer mais resistência. O peso de um mouse se resume à preferência pessoal, e isso pode variar de jogo para jogo. Este mouse está entre os poucos dispositivos sem fio modernos que oferecem flexibilidade para alterar o peso.

O arranjo de botões macro da Logitech no G502 Lightspeed é “superlotado”. Portanto, você encontrará seis deles colocados ao redor do mouse. (Existem tecnicamente 11 botões no total, se você contar os botões principais do mouse, clicar na roda de rolagem e a capacidade de programar o que a roda faz quando você a move para cada lado). Entretanto, cada botão fica ao seu alcance e é surpreendentemente fácil distinguir um do outro quando você está no calor de uma partida tensa.

O software da Logitech permitirá configurar o padrão de iluminação LED do mouse, atribuir comandos aos botões macro e ajustar os detalhes minuciosos de como o sensor é rastreado. E, diferentemente dos aplicativos criados para acompanhar mouses da maioria dos outros fabricantes de periféricos, o software G Hub da Logitech é simples de usar e tão discreto quanto possível.

Conclusão

O fato de o G502 Lightspeed ser sem fio torna muito mais fácil levar você aonde quer que você vá. Mas se você simplesmente não quer pagar o alto preço dele, sugiro que verifique o Logitech G502 Hero, que sai por um preço muito mais em conta. Além disso, é a versão com fio deste mouse. Ele tem quase todos os recursos que você encontrará no modelo sem fio – exceto, você sabe, o recurso sem fio. Ele também possui menos perfis a bordo (três versus cinco) e a roda de rolagem tem uma aparência e sensação ligeiramente diferentes. Mas se você não se importa de estar conectado ao seu PC, é uma ótima opção pelos mesmos motivos que recomendamos o G502 Lightspeed.

Razer Deathadder V2

Melhor mouse para jogos com fio: Razer DeathAdder V2
Veja os melhores mouses gamers de 2020 – Foto: Reprodução/ The Verge

Pontos de destaque

Um ótimo mouse com fio não precisa de inúmeros recursos. Ele só precisa ser extremamente bom nos fundamentos, incluindo ser confortável o suficiente para usar por horas a fio com jogos que exigem reflexos rápidos, com uma variedade simples de botões que levam pouco ou nenhum tempo para dominar e, é claro, ótimos desempenho. Se isso corresponder ao que você deseja em um mouse, o Razer DeathAdder V2 é o que você deseja.

O design do DeathAdder V2 fornece muito suporte para as mãos, estejam seus dedos planos e relaxados sobre o mouse ou arqueados quando precisa usar reflexos mais rápidos. 

Esses recursos de design mantêm as coisas confortáveis, mas acho que a parte do mouse mais interessante é onde fica o polegar. Muitos mouses gravam uma área para o polegar relaxar e descansar. Por outro lado, o seu design ergonômico mantém o polegar enrolado na lateral, descansando naturalmente nas bordas dos botões personalizáveis. É bom ter vários botões ao alcance, e a localização do polegar facilita que você empurre o mouse usando apenas o pulso. É confortável e tem o duplo objetivo de manter flexível, caso você precise fazer movimentos bruscos.

Outros pontos interessantes

O que há dentro do mouse desempenha um papel igual, sendo uma das melhores escolhas. Possui sensor óptico Focus Plus da Razer com 20.000 DPI e até 650 polegadas de viagem por segundo. Dessa forma, você pode alternar entre as configurações personalizadas de DPI com os botões próximos à roda de rolagem, e este mouse suporta vários perfis que você pode alternar na parte inferior do mouse – cada um com sua própria configuração que pode ser modificada usando o software de desktop Synapse da Razer.

Isso facilita a criação de até cinco perfis para as pessoas com quem você pode compartilhar o mouse ou a criação de perfis distintos para trabalho e lazer ou um perfil individual para cada jogo que você joga. E depois que os perfis são armazenados, você pode alternar entre eles em outros computadores, independentemente de o software Razer estar instalado ou não.

O DeathAdder V2 possui alguns outros toques de design, o que facilita o uso em comparação com outros mouses. Por exemplo, cabo trançado Speedflex da Razer reduz essencialmente a probabilidade de ele se prender ao mouse pad usando um tipo diferente de tecido de outras marcas.

Conclusão

Quando se trata de longevidade e durabilidade, a Razer afirma que os switches ópticos do DeathAdder V2 são classificados para até 70 milhões de cliques. Além disso, a Razer também usa esses recursos em vários outros mouses.

Benq Zowie EC2

BenQ Zowie EC2
Veja os melhores mouses gamers de 2020 – Foto: Reprodução/ The Verge

Pontos de destaque

O DeathAdder V2 da Razer ainda é uma das melhores escolhas em termos de conforto, embora alguns dos mais recentes mouses Zowie da BenQ – particularmente o EC2 – podem ser uma opção igualmente boa, se não melhor, para algumass pessoas. O Zowie EC2, é um dos melhores no catálogo atual da empresa.

 O seu formato é semelhante ao DeathAdder V2, pois é ergonômico e inclinado para dar à palma da mão uma superfície confortável para se apoiar enquanto você joga ou navega. Além disso, há uma quantidade generosa de espaço entre os botões laterais, que achei espaçosos e igualmente adaptáveis ??ao meu estilo de aderência. Todos os Mouses da Zowie são deliciosamente sem frescuras em termos de design, mas o EC2 é o mouse mais curvilíneo que a empresa oferece. 

Além disso, quero elogiar a Zowie por não tentar criar um único mouse que sirva para todos. Ao contrário de outros fabricantes, ele faz algumas opções de tamanho para cada modelo de mouse. Portanto, se você está pensando em querer uma versão um pouco menor, o EC2 é algo que você pode comprar facilmente pelo mesmo preço.

BenQ Zowie EC2
Veja os melhores mouses gamers de 2020 – Foto: Reprodução/ The Verge

Outros pontos interessantes

A filosofia sem frescuras se estende à oferta de recursos, mas isso não quer dizer que está faltando. Eu acho que o EC2 oferece exatamente o que a maioria dos jogadores precisa, e talvez de igual importância. Este mouse possui quatro botões (dois principais, dois lados) e um botão DPI que pode ser ajustado na parte inferior do mouse. Até as configurações mais avançadas, como ajustar a distância de decolagem ou a taxa de relatório USB, são realizadas pressionando uma sequência única de botões quando você o conecta.

A maioria das empresas faz com que você instale o software de PC complementar para ajustar configurações como essas, então é legal que você não precise instalar nada aqui para ajustar as configurações. Por outro lado, a menos que você seja um jogador obstinado que esteja constantemente usando esses recursos, poderá ter dificuldade em memorizá-los.

Se você quer um mouse de aparência básica tão capaz quanto o da Razer, vale a pena considerar o Zowie EC2. O DeathAdder V2 parece mais luxuoso de usar e possui LEDs, se você preferir. Acredito que o software da Razer é muito confiável para ajustar configurações como taxa de polling e distância de decolagem. No entanto, para um mouse que não requer nenhum software (ou, de fato, nem um driver), este é um pacote atraente e fácil de recomendar.

Observação

O BenQ Zowie não vende mais o EC2-A apresentado em nossas fotos, embora o modelo EC2 seja similar em muitos aspectos ao modelo que testamos. Sua roda de rolagem é preta, não semi-translúcida como a EC2-A. A Zowie diz que o sensor também é um pouco diferente, mas oferece a mesma resolução DPI e taxas de polling USB.)

Corsair Dark Core RGB Pro SE

Corsair Dark Core RGB Pro SE
Veja os melhores mouses gamers de 2020 – Foto: Reprodução/ The Verge

Pontos principais

O mais recente mouse para jogos sem fio de ponta da Corsair chega perigosamente perto de destronar nossa melhor escolha. O Dark Core RGB Pro SE tem uma construção ergonômica e confortável, com um arco alto que facilita o relaxamento durante longas sessões de jogo ou a força no trabalho. Além disso, seu design é menos angular e de aparência mais nítida do que o G502 Lightspeed, portanto você pode fazê-lo mais rapidamente com base apenas na aparência. Embora quando não estou prestando atenção em como os dois mouses diferem na aparência, eles são igualmente confortáveis

Vale ressaltar que, perto do topo, este mouse é muito mais acessível do que a nossa melhor escolha, já que apresenta preços bem menores. Pelo preço, é impressionante que tenha alguns recursos disponíveis no mouse da Logitech.

Corsair Dark Core RGB Pro SE
Veja os melhores mouses gamers de 2020 – Foto: Reprodução/ The Verge

Oferece carregamento USB-C e suporta carregamento sem fio Qi se você tiver um carregador sem fio. Este mouse pode alternar entre o modo sem fio de 2,4 GHz através do dongle USB incluído (habilmente dobrado sob sua asa removível e magnética) ou Bluetooth. Obviamente, você obterá melhores resultados usando o dongle, mas é ótimo ter opções. A duração da bateria é boa, mas não tão duradoura quanto o G502 Lightspeed.

Outros pontos interessantes

Algumas características menores, mas igualmente bem-vindas aqui, vêm na forma daquela asa magnética removível, que se encaixa no lado direito para deixar descansar confortavelmente os dedos. As seções texturizadas e fáceis de manusear na palma e perto do polegar também são ótimas. 

O Dark Core resistiu quase tão bem no jogo quanto o mouse da Logitech acima, embora a omissão um recurso tenha deixado a desejar. Ele não possui um botão sniper dedicado. Ele não faz muito barulho. No entanto, não deixou a melhor impressão para um mouse novinho em folha. Além disso, descobri que a duração da bateria, embora decente, não era tão duradoura quanto o G502 Lightspeed. Esse não é um grande problema, se você pode descansar sem esforço em um carregador sem fio para recarregar, mas ainda assim é uma falha.

Conclusão

Fora as diferenças de preço, esses dois jogam um jogo de gangorra com recursos. Mas o mouse da Logitech o define com melhor qualidade de construção, botões extras (para não mencionar a excelente roda de rolagem) e pesos opcionais.

Logitech G502 Hero

Logitech G502 Hero
Veja os melhores mouses gamers de 2020 – Foto: Reprodução/ The Verge

O G502 Hero tem o mesmo design que escolhemos para o melhor mouse para jogos – na verdade, é basicamente o mesmo em quase todos os aspectos, até o tipo de sensor usado e seus pesos ajustáveis. Isso o torna quase tão bom quanto possível, embora alguns possam ter problemas com seu grosso cabo trançado e o plástico um tanto escorregadio usado na roda de rolagem.

Razer Basilisk V2

Razer Basilisk V2
Veja os melhores mouses gamers de 2020 – Foto: Reprodução/ The Verge

O Basilisk V2 é o mouse com fio que eu recomendo para as pessoas que desejam as vantagens de um mouse com fio Razer moderno, como o cabo fino e trançado SpeedFlex, desempenho rápido, pés de PTFE que permitem que o mouse deslize pelo mouse e, claro, LEDs. Apesar de ter um design que pode não se encaixar bem nas mãos de todos, é um mouse menor que possui mais recursos do que o DeathAdder V2.

Por exemplo, o Basilisk V2 possui um botão de atirador removível que é fácil de alcançar. Talvez meu recurso favorito aqui seja a roda de rolagem que tem uma tensão ajustável. Não é tão legal quanto a roda giratória livre do Logitech G502, mas você provavelmente vai adorar se quiser uma sensação personalizada em sua roda. Uma das melhores coisas sobre este mouse é que ele possui a maioria dos recursos encontrados no Basilisk Ultimate, que é mais caro e também a versão sem fio da Razer deste mouse.

Benq Zowie FK2

BenQ Zowie FK2
Veja os melhores mouses gamers de 2020 – Foto: Reprodução/ The Verge

Embora todos os mouses acima tenham sido criados exclusivamente para jogadores destros, o Zowie FK2 da BenQ é uma excelente opção criada para jogadores destros e canhotos. Existem muitos outros mouses ambidestros verdadeiros por aí (o que significa que há botões de polegar acessíveis em ambos os lados), mas o Zowie FK2 é uma opção discreta e de alto desempenho que não custa muito. Como o EC2-A mencionado acima, o FK2 funciona sem a necessidade de um driver instalado. Além disso, ele está disponível em vários tamanhos e você também pode ajustar o DPI e algumas outras configurações diretamente no mouse.

Essa não é a opção mais confortável, talvez porque foi criada para atender a dois públicos únicos, embora seja difícil de não o escolher se você quiser apenas um mouse para jogos simples e versátil.

Fonte: The Verge

Gostou? O que achou? Tem alguns dos mouses da lista? Faltou algum? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar na imagem azul que está abaixo!