Microsoft admite que as vezes desativa antivírus de terceiros, mas…

0

Recentemente a Microsoft foi alvo de uma denuncia que partiu do pessoal Kaspersky, na qual eles acusavam a Microsoft de desativar/bloquear antivírus de terceiros no Windows 10, logo após o software passar por uma atualização, o que configuraria abuso de poder por ela estar numa posição dominante. Redmond terminou admitindo que isso era verdade, porém, a desculpa para fazer isso é bem plausível.

Em uma publicação num dos blogs oficiais da empresa, inusitadamente sincera, Rob Lefferts da Microsoft explicou:

“Criamos o Windows Defender (Antivírus nativo do Windows 10) para fazer uma promessa aos nossos clientes de que todos os dispositivos com Windows 10 sempre teriam proteção contra vírus e malwares … nossos resultados em testes mostraram que o Windows Defender está no topo do setor entre os demais líderes no quesito segurança, incluindo testes recentes no mundo real onde o Windows Defender obteve mais de 99% de taxas de detecção “.

A publicação continua e eles admitem que, sim! o Windows Defender desativa o software antivírus de terceiros se houver um risco de uma atualização para o Windows que impeça o antivírus de trabalhar da maneira correta, conforme programado.

“Para fazer isso, primeiro desabilitamos temporariamente algumas partes do software antivírus quando a atualização começa. Nós fizemos esse trabalho em parceria com o parceiro do antivírus para especificar quais versões do seu software são compatíveis e onde direcionar os clientes após a atualização”, disse Lefferts.

Um exemplo recente disso é aconteceu com a Atualização para Criadores , que vem sendo lançada aos consumidores de forma muito mais lenta do que o esperado e, embora compatível com 95% dos softwares AV do mercado, houve alguns problemas. É nesses casos que o Windows Defender está preparado para assumir o controle, afirmou a Microsoft.

Ainda não está claro se esta é uma resposta suficientemente satisfatória para a Kaspersky ou para a Comissão Europeia, mas, de fato o Windows pode desativar o antivírus instalados de forma temporária, mas, tudo por uma boa causa.

Fonte: V3

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!