Microsoft anda simplificando a Internet das Coisas

0

Você pode ainda ouvir e saber pouca coisa sobre dispositivos “Internet das coisas”, mas, no futuro, elas farão parte da sua vida. Melhor, elas farão parte da vida de todos nós.

A Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) está rapidamente se tornando um aspecto importante de negócio. Da mesma forma que a web, as tecnologias móveis e em nuvem têm impulsionado a transformação digital, a IoT é o próximo grande catalisador.

No entanto, embora a IoT traga um novo conjunto de benefícios para as empresas que querem manter uma vantagem sobre a concorrência, também traz desafios – soluções IoT ainda podem ser complexas, e a escassez de habilidades dificulta o aproveitamento dessa inovação. Para ajudar a resolver esses desafios e simplificar a IoT, a Microsoft anuncia algumas novas tecnologias e soluções.

Microsoft IoT Central, uma nova solução SaaS para simplificar a IoT

A Microsoft anuncia a Microsoft IoT Central, uma nova oferta de software-como-serviço (SaaS) que reduz a complexidade das soluções de IoT. A Microsoft IoT Central é uma oferta SaaS totalmente gerenciada para clientes e parceiros que permite cenários potentes de IoT sem a necessidade de experiência em soluções em nuvem.

Construída na nuvem Azure, a Microsoft IoT Central simplifica o processo de desenvolvimento, facilita e agiliza o começo da utilização, tornando a transformação digital mais acessível a todos.

A Microsoft IoT Central estará disponível com nossa solução de plataforma-como-serviço (PaaS), a Azure IoT Suite, que permite uma personalização profunda e controle total. Esta nova oferta SaaS IoT tem o potencial de aumentar drasticamente a velocidade com que as indústrias podem inovar e trazer novos produtos para o mercado, além de reduzir as barreiras à criação de soluções IoT que geram novas oportunidades de receita e melhores experiências para os clientes.

A Microsoft IoT Central será mais detalhada publicamente nos próximos meses. Confira o site MicrosoftIoTCentral.com e inscreva-se para obter conteúdo essencial e atualizações.

Microsoft Azure IoT Suite Connected Factory

Para clientes e parceiros com experiência em soluções em nuvem, a Microsoft continua a investir na nossa oferta PaaS, a Microsoft Azure IoT Suite. Na feira industrial de Hannover, de 23 a 27 de abril, a Microsoft apresentou uma nova solução pré-configurada na Azure IoT Suite: Connected Factory, que ajuda a acelerar a jornada do cliente rumo à Indústria 4.0 e facilita a conexão de dispositivos locais OPC UA e OPC Classic à nuvem da Microsoft e obter insights para ajudar a impulsionar a eficiência operacional. Além disso, ela permite aos clientes navegar e configurar com segurança dispositivos de fábrica a partir da nuvem.

Temos parceria com vários líderes da indústria no ecossistema OPC UA que construíram soluções turnkey gateway utilizando a conectividade Azure, por ter essa solução já incorporada e exigir quase nenhuma configuração. Esses parceiros incluem Unified Automation, Softing e Hewlett Packard Enterprise.

Para mais informações sobre a fábrica conectada e o que ela propicia para clientes e parceiros, consulte a home page da Azure IoT Suite, este post técnico no blog, nosso documento técnico Six Step Framework to Connected Factory e a demonstração.

Microsoft Azure Time Series Insights

Dispositivos IoT e sensores enviam dados de uma forma baseada em tempo, e um requisito crítico das soluções IoT é encontrar anomalias e tendências nesses dados. Mas as empresas tiveram de contratar parceiros ou pessoal especialista para explorar os dados e obter insights.

Agora, a Microsoft anuncia um novo serviço: Azure Time Series Insights. É um serviço de análise, armazenamento e visualização totalmente gerenciado que facilita a interação e a análise instantânea e interativa de bilhões de eventos a partir de uma solução IoT.

O Azure Time Series Insights fornece uma visão global dos dados em várias fontes de eventos para que as empresas possam validar rapidamente suas soluções IoT e evitar o caro tempo de inatividade de dispositivos de missão crítica. Ele ajuda as organizações a descobrir tendências ocultas, detectar anomalias e realizar análises de causa-raiz em tempo quase real, tudo sem escrever uma única linha de código através de sua experiência de usuário simples e intuitiva. Além disso, ele fornece APIs avançadas para permitir que as empresas integrem seus poderosos recursos em seus fluxos de trabalho e aplicativos existentes.

A Microsoft IoT Central e a solução pré-configurada de fábrica conectada da Azure IoT Suite operam com o novo serviço Azure Time Series Insights, disponível em preview.

Empresas e parceiros como thyssenkrupp Elevator e Codit já estão aproveitando o Time Series Insights para reduzir custos e atender às necessidades dos clientes. Para saber mais, leia nosso blog técnico e inscreva-se para o Azure Time Series Insights preview.

Microsoft Azure Stream Analytics em dispositivos de ponta

Embora muitos desenvolvedores já estejam se beneficiando da conexão de dispositivos IoT diretamente à nuvem, alguns cenários requerem inteligência de ponta para tirar o máximo proveito da solução IoT. Em 2016, a Microsoft lançou o Azure IoT Gateway SDK, que permite aos desenvolvedores e ISVs construir e implantar facilmente inteligência de gateway adaptada ao seu cenário específico.

Agora, a Microsoft anuncia o preview do Azure Stream Analytics em dispositivos de ponta, um novo recurso do Azure Stream Analytics que estende os benefícios desta tecnologia exclusiva de streaming da nuvem até o nível do dispositivo.

O Azure Stream Analytics em dispositivos de ponta oferece a mesma experiência unificada gerenciada pela nuvem para análise de fluxo executada em dispositivos de ponta e na nuvem. Essa abordagem permite que as organizações usem análises de fluxo contínuo em cenários onde a conectividade com a nuvem é limitada ou inconsistente, mas a necessidade de um insight rápido e ações proativas são essenciais para o funcionamento do negócio.

Para saber mais, leia nosso post técnico no blog e inscreva-se para o preview do Azure Stream Analytics.

Microsoft Azure IoT Hub Device Provisioning

A Microsoft continua comprometida a reduzir a complexidade e o tempo necessário para começar a usar a IoT. O novo serviço Azure IoT Hub Device Provisioning simplifica o processo de registro, permitindo que as organizações registrem e provisionem automaticamente seus dispositivos no IoT Hub de forma segura e escalável, economizando tempo e recursos. O Device Provisioning funcionará com qualquer tipo de dispositivo IoT já suportado pelo Azure IoT Hub.

Os dispositivos que executam os sistemas operacionais Windows 10 IoT permitirão uma maneira ainda mais fácil de se conectar ao Device Provisioning através de um aplicativo cliente que os OEMs podem incluir na unidade do dispositivo. Com o Windows 10 IoT, os clientes podem obter uma experiência de provisionamento zero-touch, eliminando problemas de configuração e provisionamento ao integrar novos dispositivos IoT que se conectam aos serviços Azure.

Quando combinado com o suporte do Windows 10 IoT para o gerenciamento de dispositivos Azure IoT Hub, toda a gestão do ciclo de vida do dispositivo é simplificada por meio de recursos que permitem o reprovisionamento, a transferência de propriedade, o gerenciamento seguro e a gestão de fim de vida do dispositivo. Você pode saber mais sobre o provisionamento de dispositivos Windows IoT e os detalhes de gerenciamento de dispositivos visitando o Azure IoT Device Management e lendo nosso blog técnico.

Parceiros de segurança trazem o silício à era da IoT

O compromisso da Microsoft com a liderança em segurança de IoT continua, e anunciamos suporte do Azure IoT para uma ampla variedade de hardware e padrões.

O Azure IoT agora suporta os padrões de segurança Device Identity Composition Engine (DICE) e Hardware Security Module (HSM). O padrão DICE permite às indústrias usar portas de silício para criar uma identificação de dispositivo baseada em hardware, tornando o hardware de segurança parte do DNA de novos dispositivos a partir do zero. Os HSMs são a principal tecnologia de segurança usada para proteger a identidade de dispositivos e fornecer funcionalidades avançadas, como atestado de dispositivo baseado em hardware e provisionamento zero-touch.

A Microsoft também anuncia parcerias com Micron e STMicro para suportar vários tipos de tecnologia de segurança HSM e DICE com aproveitamento de silício e a Spyrus para suportar HSM como parte de dispositivos de armazenamento SD e USB.

Também na feira de Hannover, a Microsoft mostrou como o modelo de identificação e atestado do dispositivo pode ser usado para proteger aparelhos IoT grandes e pequenos, permitindo o registro e a atribuição automática de dispositivos ao IoT Hub assim que forem ligados – automatizando a autenticação e o processo de provisionamento para economizar tempo para implementações IoT. Dispositivos da Micron e da STMicro foram exibidos.

Para saber mais, leia nosso post técnico no blog.

Microsoft na feira de Hannover

Nesta semana, na feira de Hannover, a Microsoft mostrou como estamos ajudando a promover a transformação digital dos clientes.

Com a Microsoft IoT Central, a Microsoft simplifica a IoT de modo que cada empresa possa se transformar digitalmente por meio de soluções mais acessíveis e fáceis de implementar. A Microsoft tem o mais abrangente portfólio de IoT para atender às organizações onde quer que estejam em sua jornada de IoT, incluindo tudo o que precisam para começar – desde sistemas operacionais para seus dispositivos, serviços em nuvem para controlá-los, análises avançadas para obter insights e aplicativos de negócios para propiciar a ação inteligente.

Para ver como a Microsoft IoT pode transformar seu negócio, visite www.InternetofYourThings.com.

Fonte: Artigo originalmente postado no Microsoft News Center e redigido pelo Sam George, que é Diretor de Parceiros do Azure IoT. Leia mais aqui. 

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!