Segunda-Feira, 25 de Junho de 2018
Microsoft anuncia faturamento em reais para parceiros no Brasil

A Microsoft informou por meio de sua assessoria de imprensa que a partir de 19 de fevereiro, os parceiros da Microsoft no Brasil poderão comprar softwares comerciais com preços em reais (R$).

A novidade começa a valer a partir da próxima segunda-feira, dia 19 de fevereiro, e os parceiros de canal no país poderão comprar softwares comerciais e Office 365 para o mercado corporativo diretamente da empresa com preços em reais.

O Office 365 na nuvem continuará a ser comercializado em reais. Com a nova política de faturamento, a empresa passa a disponibilizar a lista de preços em reais, proporcionando maior previsibilidade aos negócios de seus parceiros.

A mudança é válida para novos contratos e renovações a partir desta data e, de imediato, atenderá cerca de 80% dos programas de licenciamento da Microsoft no Brasil, que contemplam portfólio de produtos na nuvem e on-premise. A previsão é que a nova política seja estendida aos programas progressivamente, como o Cloud Service Provider (CSP).

“Somos uma empresa de ecossistema e os parceiros são fundamentais em nossa estratégia de sermos uma empresa de serviços inteligentes na nuvem focada na transformação digital de nossos clientes. A nova política de faturamento em reais reflete a importância da Microsoft Brasil para a corporação e acreditamos que contribuirá para a evolução de nossos negócios no país, permitindo ampliar a adoção e o uso de software comercial e serviços em nuvem“, afirmou Felipe Podolano, Diretor de Canais e Vendas para Pequenas e Médias Empresas no Brasil.

Hoje, a Microsoft possui cerca de 20 mil parceiros no Brasil, entre revendas e distribuidores. No mundo, mais de 95% da receita de vendas a empresas da Microsoft é proveniente de parceiros e a empresa visualiza uma oportunidade de US $4.5 trilhões em negócios com a transformação digital.

No Brasil o foco continua sendo os serviços em nuvem, serviços inteligentes, Office e demais softwares, porém, o mercado brasileiro desconhece os hardware mais recentes da companhia, como por exemplos, os produtos da linha Surface. Por aqui o único hardware da Microsoft à venda para brasileiros de forma oficial é o Xbox One em suas três versões (One, One S e One X). Uma pena, pois, muitos consumidores e empresas desejariam obter um hardware como os do Surface. Quem sabe se os parceiros começarem a cobrar da empresas eles resolvam trazer os aparelhos para o Brasil.

Fonte: Assessoria de imprensa da Microsoft Brasil

Compartilhe