Notícias

Microsoft anuncia fim dos serviços para a Band e reembolsa usuários

Essa é a Microsoft Band 2

A Microsoft anunciou a data do encerramento dos serviços e aplicativos ligados a Microsoft Band, a pulseira inteligente da empresa. O fim do suporte está previsto para 31 de maio.

A título de curiosidade, a gigante de Redmond já havia descontinuado seu werable há mais de dois anos, mas a manteve os aplicativos da Band funcionando para dar suporte aos usuários existentes, tal como fez com alguns serviços ligados ao Windows Phone.

Essa é a Microsoft Band 2

Os usuários da Microsoft Band existentes poderão exportar seus dados antes do final de maio, e os serviços fornecidos via nuvem deixarão de funcionar em junho.

A pulseira vai parar de funcionar depois do fim do suporte?

Nem tudo está perdido… os usuários ainda serão capazes de registrar suas atividades diárias, a frequência cardíaca e os treinos, juntamente com os dados de suas atividades, o acompanhamento do sono e a funcionalidade do alarme.

Agora, um alerta muito importante: de acordo com a Microsoft, se um usuário da Band redefinir sua pulseira pelo motivo que for, será “impossível configurar o dispositivo novamente”.

Quem comprou uma Microsoft Band recentemente poderá ser reembolsado

Qualquer um que comprou uma Microsoft Band entre  1º de dezembro de 2018 e 1º de março de 2019, poderá solicitar um reembolso a empresa. Se o produto adquirido for a primeira versão da Band o reembolso pode ser de até US $ 79 e se for a segunda geração de até US $ 175.

Breve histórico da Microsoft Band

A Microsoft fez várias parcerias em torno da Band, inclusive com montadoras como a Volvo

Sua primeira versão foi anunciada em 29 de outubro de 2014 e chegou ao mercado para mostrar que a empresa sabe lidar com qualquer tipo de hardware.

Ela já nasceu com compatibilidade multiplataforma, podendo ser sincronizada com smartphones e PCs com Windows, Android e iOS.

Sendo uma pulseira inteligente, era possível fazer muitas coisas com ela, como por exemplo, monitorar seu sono, contar seus passos, seus batimentos cardíacos, controlar alarmes, ou seja, é uma pulseira fitness super moderna e eficiente.

Mesmo tendo sida descontinuada, certamente sua criadora usará algumas de suas inovações em outros projetos envolvendo saúde e bem estar.

Fonte > The Verge

Alexandre Lima
Microsoft MVP Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!