Quinta-Feira, 21 de Junho de 2018
Microsoft aponta para uma transição do Windows 10 Mobile para 64 bits

windows 10 mobile 64 bits

No comecinho desse ano falamos pela primeira vez da versão de 64-bits do Windows 10 Mobile. Na ocasião a informação de que a Microsoft estaria desenvolvendo uma versão de 64 bits do Windows 10 Mobile foi descoberta depois da empresa abrir uma vaga de engenheiro de software na qual fica bem claro o que a eles esperam do profissional que será contratado. Hoje, depois da Microsoft Ignite, sabemos que tal versão do sistema chegará em breve.

“A companhia é muito consciente da necessidade de fazer a transição do Windows 10 Mobile para 64 bits, e isso é algo iminente e reconhecemos sua importância”, disse Jason Whitehorn, Development Manager da Microsoft.

Quais seriam as vantagens de ter um sistema que pode receber instruções em 64-bits? Pra começar é uma evolução natural dos sistemas operacionais móveis e só o Windows Phone/Windows 10 Mobile ainda não está apto para isso. O iOS da Apple foi “atualizado” em 2013 e o Android da Google em 2014 e ambos já recebem instruções em 64-bits.

Mas, o que é um sistema de 64-bits? E o que é o bit? Binary Digit é uma unidade de medida de informação digital, com sequência de 1 e 0 bits, ou seja, é como uma fileira com numeração de ordem 1 e 0. Esta sequência é realizada, pois computadores só rodam com sistema numérico binário. Portanto, quanto mais bits o aparelho tem, mais informações é possível rodar simultaneamente.

qualcomm snapdragon 64 bits

Dito isso, é simples entender que um sistema que pode receber instruções em 64-bits é um sistema que pode receber uma quantidade de instruções muito maior ao mesmo tempo, logo, temos aqui um sistema ainda melhor e mais poderoso.

Isso não quer dizer que estamos dizendo que o de 64 é simplesmente melhor que o de 32-bits, mas sim que tudo é relativo. Para tarefas mais simples e para equipar um smartphone de baixo custo um S.O. de 32-bits é mais do que o suficiente, porém, quem quer um sistema para jogar games de altíssima resolução ou ainda para assistir filmes com resolução 4K e ou ainda executar dezenas de tarefas ao mesmo tempo, quanto mais instruções o sistema entender ao mesmo tempo melhor, então, é aqui que entra o sistema de 64-bits. Tudo é uma questão de aplicabilidade.

Outra vantagem é fazer com que o sistema suporte mais do que 3GB de memória RAM, já que isso é o máximo de memória que um sistema de 32-bits pode lidar, enquanto num de 64-bits esse número é muito maior, chegando até a 128GB de memória RAM gerenciáveis.

Porém, a maior vantagem mesmo é o fato do sistema permitir o: “x86 compat subsystem for Windows on ARM based on x86-to-ARM just-in-time (JIT) emulator”, isto é, os usuários seriam capazes de executar aplicativos x86 em chips ARM. Esse é o sonho de muitos usuários da plataforma. Só deixando claro que nenhum sistema operacional móvel faz isso atualmente, nem mesmo o Android, que é o mais popular entre todos. No entanto, o mais promissor e que está um passo a frente dos demais quanto a isso é justamente o Windows 10 Mobile, graças ao Modo Continuum, tanto que hoje aparelhos como o HP Elite X3 já permitem o uso de aplicações x86 por meio de emuladores em Nuvem. O sonho é fazer isso sem qualquer conexão com a internet diretamente do telefone.

Informações preliminares dizem que todos aparelhos com 2GB ou mais de memória RAM, e processadores compatíveis com instruções em 64-bits, podem ser atualizados (em termos técnicos), sendo apenas necessário que eles sejam elegíveis ao Windows 10 oficial e estável. Dentro desse range temos os Lumias 950, 950 XL e o HP Elite X3 mais alguns outros modelos mais tops que usam processadores como os Snapdragon 808, 810 e 820 da Qualcomm. Agora não estamos mais falando de um rumor, mas sim, de uma promessa real.

Fonte: cio.com obg ao AndrehBuss pela dica 😉

Compartilhe