Microsoft começou a venda de planos de dados e acesso Wi-Fi através da Windows Store

0

Nós revelamos há meses atrás que a Microsoft estava descontinuando o seu serviço Skype Wi-Fi, que permitia aos usuários comprar acesso Wi-Fi em hotspots públicos pagos, por uma taxa mais em conta.

Lembrando, que a Microsoft adicionou suporte nativo a  eSIM no Windows 10, na WinHec 2016, quando combinado com solução de gestão de assinatura de conectividade On-Demand da Gemalto, possibilitando aos consumidores, gerenciar facilmente a experiência de conectividade de seus dispositivos.

Agora, segundo dados revelados pelo Windows Blog Itália, parece que a Microsoft está finalmente pronta para implantar a venda de planos de dados e acesso Wi-Fi através da Windows Store.

Recentemente, percebemos os primeiros sinais de uma maior abertura da loja, com o modelo de assinaturas para todos os tipos de serviços, e a provável mudança no nome para Microsoft Store:

  • Groove Music Pass e Xbox Live Gold já aparecem na Microsoft Store disponíveis para compra, além de notificá-lo que estes produtos também estão disponíveis para Mac, iOS e Android
  • Microsoft Office completo também disponível para Mac, iOS e Android

Ao que parece, a venda de plano de dados deve ter uma relação com os futuros dispositivos mobile que serão lançados pela Microsoft ainda este ano e o suporte para eSIM. Você pode comprar planos de dados e acesso Wi-Fi direto da loja.

Clicando em uma rede aberta, sugerida pela Microsoft, você verá a seguinte mensagem:

Escolha uma opção para se conectar à Internet:

1. Você se conecta com um plano de dados
2. Inscreva-se com seu navegador da Web

Escolha o item “você se conecta com um plano de dados”, irá abrir um app com Wi-Fi e os valores dos dados celular, onde você pode comprar o plano de dados Wi-Fi diretamente da loja. De acordo com o provedor de dados, você pode comprar seu acesso por 1 hora, 1 dia, 5 dias ou 1 mês.

Estes novos recursos estão disponíveis na Windows Store versão 11703 ou superior para Windows 10 e Mobile. Vamos aguardar mais novidades e quem sabe, até algum pronunciamento oficial da Microsoft na Build 2017.

Fique ligado!

Fonte: WindowsBlogItalia

Share.

About Author