Microsoft comprou a Maluuba, uma startup de AI que pode superar o Facebook e Google

0

Maluuba_Brandmark_Colour

A Microsoft anunciou a aquisição da Maluuba, uma startup baseada em Montreal, focada no uso de aprendizagem profunda (Deep Learning) para processamento de linguagem natural. Aprendizagem profunda é uma abordagem de inteligência artificial (AI) que atualmente mostrou incríveis ganhos nos últimos anos. Maluuba compartilhou em 2016 os resultados de um sistema de AI (inteligência artificial) que poderia ler e compreender um texto bem próximo da capacidade humana, superando os sistemas similares mostrados pelo Google e Facebook.

A Maluuba possui o mais impressionante laboratório de pesquisas para compreensão de linguagem natural e aprendizagem profunda do mundo. A expertise da Maluuba na aprendizagem profunda e aprendizagem de reforço para os sistemas de tomada de decisões e respostas a perguntas, vão ajudar a avançar a estratégia da Microsoft para democratizar AI e torná-la acessível e valiosa para todos — consumidores, empresas e desenvolvedores.

Recentemente, a Microsoft estabeleceu novas metas para o reconhecimento de discurso e imagem usando técnicas de aprendizagem profunda, e com esta aquisição, a empresa pode avançar para o próximo nível: máquina de leitura e escrita.

I-Robot-SunnyA visão da Maluuba é avançar em direção a uma inteligência artificial mais geral, criando máquinas letradas que podem pensar, raciocinar e se comunicar como os seres humanos — uma visão exatamente em consonância com os objetivos da Microsoft. A impressionante equipe da Maluuba aborda alguns dos problemas fundamentais na compreensão da linguagem por algumas das capacidades inatas do cérebro humano, da memória e do senso comum: o raciocínio de curiosidade e de tomada de decisão. O campo de pesquisa e desenvolvimento de AI existe na Microsoft há mais de 20 anos e agora com essa aquisição, poderá ser possível uma conversação com AI. Skynet amigos.

Imagine um futuro onde, ao invés de buscar freneticamente através do diretório da sua organização, documentos ou e-mails para encontrar os especialistas de direito tributário top em sua empresa, por exemplo, você pode se comunicar com um agente AI que iria aproveitar as capacidades de máquina de compreensão da Maluuba para responder imediatamente ao seu pedido. O agente seria capaz de responder à sua pergunta de uma forma compatível com a segurança da empresa por ter uma compreensão mais profunda do conteúdo de sua organização, documentos e e-mails, em vez de simplesmente recuperar um documento por palavra-chave correspondente, o que é feito hoje. Isto é apenas um pequeno exemplo das centenas de cenários que poderíamos imaginar como a Maluuba empurra a tecnologia para um nível muito alto de alfabetização de máquina.

Sam Pasupalak e o co-fundador da Maluuba, Kaheer Suleman, criaram uma engenharia muito forte e a equipa de investigação que se tornará parte da pesquisa e Inteligência Artificial da Microsoft.

harry shum microsoft

Harry Shum

Harry Shum, Vice Presidente executivo da Microsoft Artificial Intelligence e Research Group disse:

“Acreditamos que juntos, podemos alcançar uma maior escala de trabalho inovador com a Maluuba e acelerar a nossa capacidade de desenvolver software para que computadores possam ler, escrever e conversar naturalmente.”

Yoshua Bengio

Yoshua Bengio

Além disso, Yoshua Bengio, um dos maiores especialistas do mundo em aprendizagem profunda, chefe do Instituto de Montreal para algoritmos de aprendizado e assessor do Maluuba, será também um conselheiro da Microsoft, interagindo diretamente com Harry Shum.

“Como um admirador do trabalho do Yoshua à distância, eu estou realmente ansioso para esta oportunidade de trabalhar mais estreitamente com ele e se beneficiar de seu profundo conhecimento de sistemas de aprendizagem.” Afirmou Harry Shum.

Muito da visão geral, abordagem, pesquisa e engenharia da Maluumba, também está diretamente alinhada com a Microsoft. No ano passado, juntos formaram a organização de pesquisa e Inteligência Artificial, onde engenharia e pesquisa ficaram mais perto, para acelerar o pipeline de pesquisa de ponta para o desenvolvimento de produtos. Maluuba, também, tem alinhado suas pesquisas e equipes de engenharia, e a Microsoft está ansiosa para aprender com as experiências da startup também. Parte desta abordagem irá contribuir com a comunidade de pesquisa para o avanço comum dos sistemas de AI.

Harry Shum, finalizou:

“Teremos mais para compartilhar sobre os nossos planos para a Maluuba nos próximos meses. Entretanto, quero enfatizar apenas como estou animado sobre a tecnologia e talento que a Maluuba traz para a Microsoft e o papel que eles desempenham nos ajudará a trazer AI para cada pessoa e organização do planeta.”

O uso de aprendizagem profunda poderá ser integrado com a Cortana, a assistente digital da Microsoft, para ajudar os consumidores a lidar com tarefas diárias, como o e-mail. Imagine um sistema que não só sabe quais e-mails você recebe, mas também sabe a informação crítica em cada mensagem. Para os serviços da Microsoft, as possibilidades serão muito mais profundas.

terminator

Eu sinceramente espero que as 3 Leis da Robótica, de Isaac Asimov, sejam cumpridas.

 

 

Fonte: Microsoft, The Verge

Share.

About Author