Microsoft conta mais detalhes sobre o funcionamento do “Modo Game”

0

O aguardado “Modo Game” do Windows 10 chegará junto com uma atualização conhecida como Creators Update e promete transformar PCs mais simples em boas máquinas para rodar jogos mais pesados com um desempenho dentro do “aceitável”, além de proporcionar um aumento considerável na oferta de jogos para PCs, já que desenvolvedores e desenvolvedoras sem dúvida passarão a dar mais atenção a outras categoria de máquinas com Windows 10.

A ideia é genial, mas, como isso vai funcionar de verdade? A Microsoft deu mais alguns detalhes sobre isso durante a Game Developers Conference.

Eric Walston, do Xbox Advanced Technology Group, discutiu o Modo de Jogo, explicando que com este recurso, o Windows 10 tentará fornecer a melhor experiência de jogo quanto for possível para o hardware disponível.

O Game Mode foi projetado para priorizar o processo principal do jogo e alocar o maior número possível de recursos para ele. Tanto a CPU quanto a GPU passarão por uma série de ajustes uma vez que este recurso for habilitado, já que ele tem como objetivo final tornar o jogo a única prioridade do sistema como um todo.

A maioria dos núcleos da CPU serão usadas para a execução do jogo, enquanto os restantes irão alimentar o resto dos processos que são vitais para o sistema operacional. Por exemplo: em uma máquina com um processador de oito núcleos (octa-core), seis deles serão utilizados apenas para o jogo em si, e os outros dois para as demais tarefas essenciais do S.O.

Em essência, o que a Microsoft está tentando fazer é usar tantos núcleos da CPU quanto for possível para alimentar o jogo, mantendo-os inteiramente livres de quaisquer outras atividades, tudo com a finalidade de oferecer uma experiência gamer mesmo numa máquina mais simples.

No caso da GPU, o sistema operacional usará uma abordagem que já está implementada: priorizando a janela em foco. A maioria dos ciclos da GPU serão atribuídos ao jogo, e o resto dos processos em execução  receberão uma quantidade reduzida de memória, tudo a fim de aumentar o desempenho do jogo.

A diferença trazida pelo Game Mode obviamente depende de muitos fatores, começando com o hardware disponível, e os próprios desenvolvedores de jogos, que por sua vez, precisarão implementar o suporte para esse recurso para determinar quanto ele pode melhorar o desempenho.

Insiders já vem testando o Modo Game do Windows 10 já tem algumas semanas e os resultados são promissores, porém, só conheceremos seu verdadeiro poder quando mais usuários começarem a explorá-lo, e também quando os desenvolvedores começarem a lançar games com suporte a esse modo.

Fonte: softpedia

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!