Notícias

Microsoft e Apple disputam pelo título de empresa mais valiosa do mundo

Não tem muito tempo que assistimos a Apple comemorar a marca de ter ultrapassado o valor de 1 trilhão de dólares de valor de mercado. Ela foi  a primeira empresa do mundo a ultrapassar esse valor, mas o frenesi passou e hoje o valor de mercado da gigante de Cupertino já não é tão alto assim. No dia 23 deste mês, estava em algo em torno de U$ 746 bilhões.

Vários fatores levaram a enorme queda na sua valorização, especialmente ações como o fim da divulgação do número de unidades vendidas do iPhone em todo o mundo. Além disso, muitos acionistas da empresas ficaram bem insatisfeitos com o baixo rendimento no mercado do novo iPhone XR, que supostamente está vendendo pouco.

Segundo analistas, esses e outros fatores causaram um grande impacto no valor as ações da empresa, de modo que elas chegaram a perder quase 25% do seu valor nas últimas 3 semanas.

Em contraste a Apple, o valor de mercado da Microsoft no fechamento do pregão de antes de ontem (23) foi de US $ 753 bilhões, ou seja, a gigante de Redmond passou a Apple e se tornou a empresa mais valiosa do mundo, mesmo sem ter alcançado o mesmo marco histórico de 1 trilhões de dólares, já que sua concorrente se desvalorizou desde o marco histórico.

Obviamente todos sabemos que no mercado de ações tudo pode mudar da noite para o dia e essa “vitória” da Microsoft durou apenas dois dias, tanto que hoje (25), a Apple já tomou de volta o seu lugar como a empresa mais valiosa do mundo depois de passar por uma ligeira valorização de suas ações e já ultrapassou a Microsoft novamente.

Fonte: Yahoo Finance – Apple Inc (AAPL) em 25 de novembro de 2018 às 08:20h

Enquanto escrevemos essa matéria o valor de mercado da Apple era de U$ 817 bilhões (AAPL), contra U$ 791 da Microsoft (MSFT). Isso é bastante normal nesse mercado, mas isso não muda o fato de que as ações da Apple sofreram bastante nas últimas semanas. Já do lado da Microsoft tudo se manteve mais estável.

Fonte: Yahoo Finance – Microsoft Corp (MSFT) em 25 de novembro de 2018 às 08:20h

O mais estranho é que a Apple gera muito mais lucros do que todos os concorrentes acima mencionados (Microsoft, Amazon, Google e outras) e tem uma relação P / E que é ridiculamente baixa. Dificilmente uma surpresa, porém, o mercado de ações não é realmente o lugar – nem nunca foi – onde se espera encontrar qualquer semelhança de lógica.

Fonte: Yahoo Finance

Alexandre Lima
Microsoft MVP Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!