Aplicativos

Microsoft Edge baseado no Chromium ganha tradutor nativo e mais…

Enquanto o Build 2019 vai rolando e trazendo anúncios bem interessantes, a equipe do Microsoft Edge baseado no Projeto Chromium trabalha sem parar.

Não sabemos bem quando, a partir de que versão, mas eles já implementaram o tradutor nativo no navegador. O Bing Translator já pode ser usado sem precisar que o usuário instale qualquer extensão, sem que ele configure algo ou mesmo sem ativar qualquer flag. É só clicar no ícone do tradutor que aparece na barra de endereços (veja na imagem abaixo) ou mesmo clicar com o botão direito do mouse em uma área qualquer da página e escolher a opção de tradução.

microsoft edge

Outra novidade que percebemos é que o browser já conta com um corretor ortográfico nativo. O mais legal é que ele pode ser usado em diversos idiomas, inclusive o nosso português, porém, fica a critério do usuário escolher qual o idioma padrão para correção, ou seja, se um dia você precisar escrever um texto em outro idioma o Edge vai poder te ajudar a fazer a correção ortográfica e em tempo real.

microsoft edge

Do que ainda estamos sentindo falta?

Ainda sobre linguagens, infelizmente uma opção que ainda faz falta é a completa tradução do navegador para nosso idioma. Na verdade, não só para o nosso, pois, a Microsoft ainda não liberou a tradução do aplicativo para nenhuma outro idioma que não o inglês. Até já baixei o PT-BR para quando liberar eu já fazer a mudanças, mas por hora, todo o conteúdo do browser só está disponível em inglês.

Outra coisa que ainda não chegou foi a novidade anunciada ontem, no Microsoft Build 2019, que o recurso Coleções. Ele é uma maneira de lidar com a sobrecarga de informações que os usuário sentem com a Web hoje em dia. O novo recurso permite que você colete, organize, compartilhe e exporte conteúdo com mais eficiência e com a integração do Office.

Gravação de tela mostrando coleções exportando um conjunto de câmeras salvas para um documento do Word.

Ele também captura fontes e cria citações para você automaticamente, por isso também é ótimo para estudantes e pesquisadores. Por fim, com a exportação para o Excel, é possível gerar planilhas simples para analisar dados diversos em segundos. Não deve demorar até liberarem ele na versão Canary e DEV do Edge.

Por fim, também estamos sentindo falta da liberação da versão Beta. Hoje, só dois canais estão disponíveis para download, que é o DEV e o Canary, ou seja, dois canais com compilações muito experimentais, digamos assim, versões Alpha. Queremos que eles liberem logo a versão Beta, pois, teoricamente ela seria mais estável e assim poderíamos ver mais pessoas “se arriscando” nos testes de modo que isso aceleraria o desenvolvimento do navegador.

Como obter essa versão do browser?

Para usar o novo Edge é necessário se inscrever no Programa Insider do Microsoft Edge baseado no Chromium e isso pode ser feito clicando aqui. Você não precisa ser um Windows Insider para se tornar um insider do Edge.

Alexandre Lima
Microsoft MVP Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!