Domingo, 21 de Abril de 2019
Home Aplicativos

Microsoft Edge baseado no Chromium lida muito bem com os PWA

09/04/2019 832 0
Microsoft Edge baseado no Chromium lida muito bem com os PWA

Como falamos ontem, aos poucos vamos descobrindo os benefícios do novo Microsoft Edge baseado no Projeto Chromium. Já vimos que agora ele pertmite a instalação de uma gama muito maior de extensões, tendo em vista que é possível instalar complementos de outras lojas para além da Microsoft Store. Dá até para instalar extensões disponível na Chrome Web Store (veja mais detalhes sobre isso aqui).

Mas, hoje, temos outro benefício para mostrar, que é a forma como o Edge Chromium-based lida com os Progressive Web Apps (PWA) e podemos dizer que tudo é muito simples e funcional, mesmo ainda estando em uma versão preview.

Ao acessar um site que também funciona como um PWA, como o próprio Windows Team, o usuário tem a opção de transformar esse site em um aplicativo da web perfeitamente funcional com direito a notificações push, ícones para barra de tarefas e Menu Iniciar e assim por diante.

Como instalar um PWA usando o Microsoft Edge Chromium-based?

  • Acesse o site que deseja usar como PWA no seu PC (use como exemplo o www.windowsteam.com.br)
  • Clique no Menu de Opções do Edge, que são os “…”
  • Depois em Apps e então Install + Nome do Site que se quer usar como PWA
microsoft edge

Simples e fácil – dá até para gerenciar os PWA que você já tem instalados

  • Uma nova janela será aberta. A depender das configurações do PWA será possível inclusive atribuir um nome ao mesmo. Caso o desenvolvedor já tenha construído isso, o nome já estará pronto, então, basta clicar em “Install”

microsoft edge

A partir daí esse site se tornará um PWA disponível na sua área de trabalho e quando aberto se comportará como um aplicativo comum.

PWA

PWA do Windows Team instalado a partir do Microsoft Edge

Como esse recurso foi adicionado a base de desenvolvimento do Chromium, qualquer browser nele baseado pode aproveitar seus benefícios, então, o novo Edge e o Chrome são exemplos disso. Isso mostra que quaisquer outros recursos que sejam adicionados a base do Projeto Chromium certamente chegarão logo em seguida ao Edge.

Compartilhe:

Comentários: