Microsoft Edge põe fim as barras de ferramentas e será muito mais seguro que o IE

0

microsoft-edge

A Microsoft aos poucos vai soltando novas informações sobre o Microsoft Edge e também sobre o Windows 10. As mais recentes novidades envolvem uma questão bem antiga nos browsers de internet, que são as barras de ferramentas.

De acordo com informações da Microsoft, o Edge dará um fim as BHOs (Browser Helper Objects), tecnologia que permite a adição de barras de ferramentas no browser. Além disso, o suporte ao ActiveX também chegou ao fim. Esse recurso deixava o IE um pouco mais vulnerável, tendo em vista que ele concede permissões muito amplas para rodar o Windows. Já o Edge não sofrerá com isso.

microsoft edge windows 10 browser

Quer mais? O Edge também terá suporte nativo ao Flash, o que garantirá mais segurança para o usuário que não precisará instalar nenhum plugin para assistir vídeos que ainda usam o Flash. Outro detalhe é a renderização nativa de arquivos PDF.

Aqui vai mais um pouquinho… sendo um app universal, o Edge poderá ser atualizado independentemente do sistema operacional. Seus updates serão instalados via Windows Store. Ainda sobre essa questão dele ser um app universal, isso quer dizer que ele rodará dentro de uma sandbox, e não terá acesso profundo ao sistema. Detalhe esse que só agradará qualquer pessoa preocupada com a segurança do seu navegador de internet.

Já estamos chegando ao fim… o Edge ainda pode ser considerado mais seguro por que roda em 64bits por padrão, “dificultando aos hackers o acesso a posições precisas de memória para atingir os seus objetivos”.

Mas, não se deixe levar por tantas maravilhas, ele também suportará extensões que hoje são suportadas pelo FireFox e Chrome, mas não sabemos se isso acontecerá logo no lançamento. No futuro desenvolvedores poderão criar add-ons para o Edge e muita coisa boa sairá desse projeto.

Fontes: Gizmodo

Obg ao Mark Wellington pela dica 😉

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!