Microsoft Edge terá atualizações mais rápidas no Windows 10

0

edge

Quando a Microsoft lançou o Edge, esperava-se que ele poderia ser atualizado através da loja do Windows, mas até o momento, a empresa optou por atualizá-lo através do Windows Update.

Em todas as principais versões do Windows 10, a empresa sempre adicionou novas funcionalidades ao navegador, como extensões, mas esses lançamentos acontecem, na melhor das hipóteses, duas vezes por ano e mais recentemente, apenas uma vez ao ano. O problema é que navegadores como Chrome e Firefox são atualizados com frequência, mas o Edge ficou condicionado, com pequenas exceções, em ser atualizado junto com as atualizações do Windows para obter novos recursos.

Em uma sessão na Ignite liderado por Fred Pullen, responsável pelo marketing do Microsoft Edge e Internet Explorer para clientes comerciais, ele esclareceu como o Edge será atualizado, veja abaixo:

Aos 13 minutos, Pullen afirma que app do Edge, que inclui controles de navegação, mode de leitura e outras características semelhantes serão, eventualmente atualizados através da loja, mas o motor do Edge, o EdgeHtml será sempre atualizado com o Windows Update. A razão para o motor ser atualizado através do Windows Update, é porque apps universais vem com poderosos recursos e exigirá adicionalmente, um teste para certificar-se de que as alterações não afetam outras partes do sistema operacional.

O que isto significa é que, quando a Microsoft finalmente permitir através da loja do Windows estas atualizações, a distribuição dos novos recursos para o navegador será em um ritmo muito mais rápido. Isso deve ajudar o Edge a avançar mais rapidamente e manter um ritmo de atualizações que é semelhante ao Chrome e Firefox em recursos para o usuário final.

Claro, fica a pergunta: Quando essa funcionalidade estará disponível?

Pullen não dá uma data, mas deixa claro que a equipe do Edge está trabalhando para atingir este objetivo e com a próxima atualização Windows 10 Redstone 2, é um bom palpite de quando essa funcionalidade será entregue.

Considerando que o Edge tem mais de 5% do mercado, de acordo com o NetMarketShare, enquanto o Windows 10 tem mais de 20% do mercado desktop, a Microsoft precisa ir mais rápido com seu novo navegador para impedir que os usuários alterne para Chrome (ou outros navegadores).

Embora no quesito bateria, o Edge é muito superior à todos, além de ser um navegador rápido, seguro e estável.

 

Fonte: Thurrot

Share.

About Author