Domingo, 21 de Abril de 2019
Home Notícias

Microsoft Education Exchange tem entre destaques educadora brasileira

09/04/2019 412 0
Microsoft Education Exchange tem entre destaques educadora brasileira

Esta semana, em Paris, França, a Microsoft realizou sua quinta conferência anual chamada Education Exchange (E²), com educadores e líderes educacionais de todo o mundo. Os participantes puderam trocar ideias para desenvolver experiências inovadoras em classe e explorar tendências emergentes na educação que apoiam a sala de aula. Inclusive, promover a colaboração e avançar técnicas modernas de ensino e aprendizagem.

Na edição deste ano, mais de 400 educadores e líderes do setor de todo o mundo por ser agentes de mudança na educação prestigiaram o evento, mas também houveram alguns destaques que foram formalmente reconhecidos no evento. Entre eles temos uma educadora brasileira, a Profa. Daniell Lima.

Educadores no palco da E2 comemoram sua participação com bandeiras de seus países.

Ela ganhou o passe para a E2 graças ao projeto “Escape Room: beyond the Solar System”, que é um jogo interdisciplinar que incentivou a melhoria dos processos de aprendizagem, colaboração e desenvolvimento de habilidades digitais e de comunicação, começando com astronomia. O projeto foi um dos vencedores na categoria “Voz para os alunos”.

A seguir temos um vídeo no qual ela própria fala do seu projeto:

Um dos objetivos do seu projeto é melhorar o processo de aprendizagem por meio de um jogo que, além de permitir a experiência vivida, desenvolve habilidades como atenção, observação, raciocínio lógico e aplicado, além do desenvolvimento de habilidades comunicativas e linguísticas. Além disso, temos uma busca para estimular o protagonismo dos alunos, sua criatividade, capacidade de gestão do tempo e planejamento para a criação de narrativa imersiva, apresentada durante a Feira de Ciências da Escola e vivenciada por seus visitantes.

Mas, Danielle não foi o único destaque do evento do nosso lado do planeta. Tivemos ainda dois outros destaques da América Latina, como Jennifer Jaramillo, que garantiu sua vaga no evento graças ao seu projeto “Usar a tecnologia para promover a leitura e a escrita e expandir as línguas de forma inclusiva” – no qual envolveu os alunos por meio da compreensão assertiva da linguagem para se reconhecerem como sujeitos sociais, autônomos e criativos –, que faz parte da equipe vencedora na categoria “Voz para os alunos”; tivemos ainda  o Carlos Callo, que liderou o projeto “Learning Excel 2016 in Teams”, com o qual conseguiu conectar 40 professores de diferentes instituições on-line para ensiná-los a usar o Excel; ele integrou a equipe vencedora na categoria “Criatividade”.

“Cada educador é um agente de mudança, que conseguiu marcar a vida dos estudantes que serão líderes, inovadores e criadores da próxima geração “, disse Anthony Salcito, vice-presidente da Microsoft Education. “Mas algumas, como Danielle Jennifer e Carlos, realmente vão além, entram em território desconhecido para trazer novas tecnologias e técnicas para suas salas de aula para inspirar e motivar seus alunos e prepará-los com as habilidades necessárias para ter sucesso em as obras do futuro. É uma honra receber este evento todos os anos para celebrar os educadores que mudaram e mudaram vidas”, celebra.

Este foi um grande reconhecimento, algo que as vezes falta dentro do nosso próprio país. Somos conhecidos por exportar talentos, já que muitos de nossos professores, pesquisadores, engenheiros, médicos, grandes executivos, saem do país em busca de melhores oportunidades e também de reconhecimento. Eventos assim enaltecem pessoas que de fato fazem a diferença e deveriam ser mais constantes.

Enfim, parabéns a todos esses educadores e que mais e mais prêmios como esse venham na próxima edição do evento em 2020.

Fonte > Microsoft News

Compartilhe:

Comentários: