Microsoft está conversando com a Sony sobre Crossplay de novo

0

Não tem muito tempo que surgiram informações na internet sobre a possibilidade de termos o tão sonhado crossplay entre jogadores da Xbox Live da Microsoft e da PSN da Sony. Agora, hoje, mais uma vez, temos novas informações que dizem mais uma vez que a Microsoft e a Sony estão “conversando” sobre tal possibilidade.

Para ser mais exato a informação veio do pessoal da GameReactor, que afirma que o gerente de marketing do Xbox, Aaron Greenberg, falou que a Microsoft estaria negociando com a Sony a possibilidade de liberar o multiplayer entre Xbox One e PS4.

Para quem não sabe do que estamos falando, Crossplay é o termo aplicado para a possibilidade de gamers jogarem com outros gamers independentemente de qual console eles tenham escolhido levar para casa. É meio que o santo graal para gamers presos no console menos popular, já que frequentemente eles não conseguem jogar com seus amigos – e porque uma base de usuários menor significa menos pessoas com quem jogar em geral. Com 33 milhões de Xbox Ones vendidos desde o lançamento do console, a Microsoft ainda está atrás da Sony, que afirma ter vendido 60,4 milhões de PS4s desde o lançamento.

Sobre tudo isso Greenberg disse:

“Estamos conversando com a Sony. Nós temos uma parceria com eles no Minecraft e é claro que gostaríamos de possibilitar que eles sejam parte daquela comunidade, unindo gamers… Esperamos que eles apoiem isso”.

Mas, não podemos esquecer que meses atrás Jim Ryan da Sony disse em uma entrevista à Eurogamer que a Sony nunca permitiu o Crossplay com jogadores da Xbox Live e Nintendo Switch porque não quer expor seus usuários e, em muitos casos, as crianças à influências externas.

Sobre isso, na ocasião, Phil Spencer, chefe da divisão Xbox dentro da Microsoft, disse:

“Eu adoraria que os jogadores de todas as plataformas ficassem conectados… O fato de que alguém poderia fazer uma afirmação de que, de alguma forma, não estamos mantendo os jogadores de Minecraft seguros, eu achei negativo não só da perspectiva da Microsoft, mas da perspectiva do setor de jogos. Não sei por que isso deve se tornar um diálogo. Isso não parece saudável para ninguém. Nunca colocaremos os jogadores de Minecraft em um lugar onde sentimos que não estão seguros.”

Como sabemos que o Ryan é o funcionário mais chato e polêmico da Sony, esperamos que a empresa reconsidere tal possibilidade, haja vista que os gamers e todo esse mercado seriam os maiores beneficiados, consequentemente, a própria Sony também, tendo em vista que ela é a líder de mercado…

Não sabemos onde isso vai dar, mas essa discussão ainda vai longe.

Fonte: Gizmodo

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!