Microsoft está planejando trazer emulação x86 para ARM64 no Windows 10 com Redstone 3

0

O Continuum do Windows 10 é um grande recurso para alguns dos recentes dispositivos móveis com Windows 10. Ele permite que os usuários obtenham uma experiência semelhante a uma área de trabalho nos aplicativos universais do Windows, conectando seu telefone a um monitor, teclado e mouse externos. Enquanto a Microsoft está trabalhando na adição de alguns novos recursos principais para o Continuum com a Atualização de Criadores do Windows 10 (codinome “Redstone 2”), o recurso ainda não pode executar aplicativos x86 completos. No entanto, isso pode mudar muito em breve.surface-panoy

A Microsoft está aparentemente trabalhando em trazer a emulação x86 para ARM64 com o Windows 10 Redstone 3 release. Com esse recurso, os usuários podem potencialmente executar aplicativos x86 em dispositivos baseados em ARM64, assim como o Windows no “Emulator Windows” permite que aplicativos de 32 bits funcionem em dispositivos de 64 bits.

Recentemente, o entusiasta da Microsoft WalkingCat twittou que “o híbrido do Windows x86-on-ARM64 ” tinha um novo nome “CPHE”. E de acordo com ZDNet, o “C” em CHPE poderia representar “Cobalt”, que é o codinome para a emulação x86 no ARM64. Além disso, o “HP” em CHPE provavelmente representa HP – que tem trabalhado em estreita colaboração com a Microsoft em seu dispositivo Elite x3. E, finalmente, o “E” em CHPE possivelmente significa “emulação”.

Isso pode soar um pouco confuso no momento, mas pode fazer muito sentido a longo prazo. Por um lado, a HP está provavelmente trabalhando com a Microsoft para trazer a emulação x86 para dispositivos ARM64, já que o dispositivo Elite x3 da empresa se concentra imensamente no recurso Continuum. A empresa está trabalhando em um segundo dispositivo Windows 10 Mobile, que também irá suportar Continuum para telefones, mas a HP, obviamente, quer que os usuários sejam capazes de executar aplicativos x86 em seus dispositivos. Isto não é possível com Continuum, mas Cobalt (aka emulação x86 para ARM64) pode permitir isso.

Em segundo lugar, Cobalt também pode ser um recurso enorme para a própria Microsoft “Surface Phone”. Terry Myerson, da empresa, afirmou recentemente que os processadores ARM no Windows Mobile são uma das coisas “exclusivas” sobre a plataforma e que os processadores ARM “têm um papel no cenário técnico do futuro”. A Microsoft, obviamente, quer criar uma nova categoria de dispositivos, e Cobalt provavelmente será um grande player na estratégia da empresa. Fontes familiarizadas com o assunto me disseram que a gigante do software também está investindo muito em outro projeto internamente relacionado ao x86 e ARM e que poderia potencialmente ajudar a criar uma nova categoria de dispositivos também.

O Cobalt possivelmente chegará com o Windows 10 Redstone 3  no outono de 2017.

Share.

About Author

Estudante de Jornalismo, entusiasta de Windows desde 2014