DestaqueNotícias

Microsoft interrompe a Atualização do Windows 10 de Outubro de 2018

A Microsoft interrompeu discretamente o lançamento de sua atualização mais recente para o Windows 10, a Atualização de outubro de 2018 (1809 ou superior). A empresa começou o lançamento da atualização no início desta semana em seu evento em Nova York.

O lançamento começou razoavelmente bem, mas, há um grande problema: a atualização está excluindo os arquivos pessoais de muitos usuários, sem nenhuma maneira aparente de recuperar os arquivos ausentes.

O bug está excluindo arquivos pessoais dos usuários armazenados em pastas como Documentos, Música, Imagens e Vídeos. Depois que a atualização é instalada, esses arquivos estão sendo removidos completamente para alguns usuários, e também não há como recuperá-los – pelo menos por enquanto. Outros usuários também estão relatando problemas com o navegador Edge da Microsoft, embora isso não seja tão importante quanto os arquivos pessoais que estão sendo excluídos.

Mais de 48 horas depois que os usuários começaram a relatar o problema, a Microsoft removeu a Atualização de outubro de 2018 enquanto investigava o problema. E isso destaca um problema fundamental no processo de testes da Microsoft para o Windows.

A Microsoft está recomendando aos usuários que não instalem a Atualização de outubro de 2018 até que a empresa encontre uma correção para o problema.

“Interrompemos o lançamento da Atualização do Windows 10 de outubro de 2018 (versão 1809) para todos os usuários, à medida que investigamos relatórios isolados de usuários que faltam alguns arquivos após a atualização”, a empresa mencionou em um documento de suporte. Embora a Microsoft esteja apenas reconhecendo o problema, o Windows Insiders tem relatado o bug há meses no aplicativo Feedback Hub.

Não está claro exatamente quantos usuários são afetados pelo problema, embora seja provável que esteja nos níveis mais baixos, principalmente porque a Microsoft está lançando a atualização em ondas. O problema também não parece estar afetando todos os usuários que instalaram a Atualização de outubro de 2018, tornando cada vez mais difícil para a Microsoft atenuar o problema.

A Microsoft provavelmente lançará uma correção para o problema já na próxima semana, retomando o lançamento novamente, embora, isso ainda não tenha sido confirmado. Segundo relatos, a atualização de outubro de 2018, tem sido uma das atualizações de recursos mais instáveis do sistema operacional nos últimos tempos, e o último incidente só prova isso novamente.

Feedback Hub

A Microsoft depende principalmente do programa Windows Insider para corrigir erros no software do Windows. À medida que a Microsoft desenvolve novas atualizações, como a Atualização de outubro de 2018, ela lança novos recursos ao longo de semanas e meses, que são então, testados por Insiders.

A maioria dos problemas generalizados com esses novos recursos e atualizações geralmente é percebida pelos Windows Insiders e, posteriormente, corrigida pela Microsoft antes que uma grande atualização seja liberada para o público.

E há problemas que afetam apenas alguns usuários, deixando-os “ocultos” (com menos visibilidade) em todos os outros comentários e relatórios de bugs no Feedback Hub, o aplicativo usado pelos usuários do Windows 10 e Insiders para relatar erros e sugestões para a Microsoft.

Isso pode ter sido o que aconteceu com o problema de exclusão de dados. O problema pode ter ficado “escondido” no meio de tantos outros, isso porque é sabido que alguns membros do Windows Insiders relataram esse problema já há 3 meses, como notado por Rafael Rivera no Twitter.

Se você simplesmente abrir o Feedback Hub e procurar por “documentos excluídos”, você verá alguns relatórios de Insiders, nos quais os arquivos foram excluídos automaticamente após a instalação da atualização.

Como esses problemas não são generalizados, a maioria desses relatórios de Insiders teve baixos níveis de votos positivos, variando de 3 a 10. Por não ter tido muita relevância dentro da comunidade ou por outros motivos que não sabemos ou não entendemos, a questão em si pode ter passado desapercebida pela Microsoft mesmo constando em relatórios do Insiders. Não há muito o que investigar, então, cremos que a única coisa que pode explicar como um problema tão importante chegou ao lançamento público seria algo como isso.

Questões importantes como desse tipo, que apagam os arquivos pessoais dos usuários sem chance de recuperá-los, podem ter sido enterradas sob milhares de outros comentários gerais como “Tornar o File Explorer mais moderno” ou “Adicionar Acrílico ao Gerenciador de Arquivos”. Embora esses comentários sejam válidos, seus excessos parecem estar dificultando o rastreamento de problemas mais sérios.

Outros podem criticar ainda o fato da Microsoft ter reduzido os testes independentes alguns anos atrás, dando muito mais ênfase e foco no que seus insiders reportam. Enfim…

Solução

A Microsoft recomenda não instalar a Atualização do Windows 10 de outubro de 2018 e aguardar a disponibilização de uma nova versão do update com as devidas correções.

Caso você teve seus arquivos apagados depois da instalação da Atualização do Windows 10 de outubro de 2018, a Microsoft solicita que você entre em contato com a empresa. No Brasil, através dos telefones:
11 4706 0900
0800 761 7454

Ou contate o suporte: https://support.microsoft.com/pt-br/contactus/

Fonte: Thurrot