A Microsoft já começou a liberar o Windows Phone de graça para algumas fabricantes

54

Parece que o rumor de que a Microsoft tinha planos para abrir mão das taxas de licenciamento do Windows Phone eram verdadeiros. De acordo com o The Times of India, os primeiros beneficiados com isso são a Karbonn e a Lava (Xolo), as duas são empresas asiáticas.

windows rt windows phone 8 de graça licença

Ambas as fabricantes foram anunciadas como novas OEM’s do Windows Phone durante o Mobile World Congress 2014, mas, segundo informações, a Microsoft já vinha negociando com as duas desde o ano passado, porém, o acordo final só foi assinado depois que a Microsoft concordou em isentar as fabricantes dessas taxas.

Lava-Xolo-x900-mobile

O plano da Microsoft ao fazer isso é diminuir os custos de produção das OEM’s, o que consequentemente irá recair sobre o preço final dos aparelhos no mercado. Além disso, a gigante de Redmond quer que as fabricantes lancem modelos de baixo de custo visando uma enorme fatia do mercado hoje dominada pelo Android da Google. Além dessa isenção das taxas, outras medidas que a Microsoft tem colocado em prática para alcançar a principal meta do seu plano são:

  • Adequação do Windows Phone para suportar dois SIM-Cards simultaneamente;
  • A exclusão da exigência de um botão físico dedicado a câmera;
  • A virtualização dos botões padrão;
  • Entre outras coisas que virão junto com o Windows Phone 8.1

Rumores ainda sugerem que a Microsoft também tem oferecido a chance de isentar dessas mesmas taxas fabricantes que queiram lançar smartphone dual boot, ou seja, que podem rodar dois sistemas operacionais usando o mesmo hardware. No começo informações apontavam para um modelo da HTC, porém, até onde se sabe, será justamente a Karbonn quem fará um modelo desses primeiro.

Karbonn windows phone blue aparelho dual boot header

Atualmente o valor das taxas de licenciamento para uso do Windows Phone ficam em torno de 5 a 15 dólares dependendo do modelo. E para quem pensa que isso é uma merreca, é bom você saber que esse valor é para cada aparelho ativado, então, multiplique isso por milhões de aparelhos vendidos e ativados e enfim você entenderá porque isso é tão relevante. Informações complementares ainda sugerem que a Microsoft também deverá conceder a isenção de licenças para o Windows RT, agora visando o mercado de Tablets.

Fontes: The Verge

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!