Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019
Home Aplicativos

Microsoft já está trabalhando no Chromium para Windows 10 ARM64

03/02/2019 1322 0
Microsoft já está trabalhando no Chromium para Windows 10 ARM64

O Windows 10 ARM64 foi lançado tem pouco tempo, porém, dada a limitação de dispositivos que ele roda, assim como da pouca disponibilidade desses dispositivos em mercados diversos, sua adesão ainda é baixa por parte dos usuários. Além disso, temos um terceiro fator que está dificultando sua propagação… é a loja, a Microsoft Store, pois, afinal de contas, ela ainda é deficitária se comparada a Play Store do Android e a App Store do iOS.

Entre muitos aplicativos que ainda fazem falta na loja temos o navegador Chrome do Google, que é o browser mais popular de todos. Muita gente não quer abrir mão de sincronizar toda a sua vida online usando sua conta @gmail.com, tendo em vista que a grande maioria deles usa um dispositivo Android e é por meio de uma conta dessas que tudo é sincronizado.

O fato é que já temos a promessa de uma versão do Chrome com suporte nativo para o Windows ARM64 e, olhando para a contribuição dos funcionários da Microsoft no Google Source, isso parece estar progredindo bem.

Os principais contribuidores parecem ser o Tom Tan e o Jon Kunkee, que são desenvolvedores de núcleo da Microsoft envolvido na tecnologia de emulação x86-on-ARM64. 

primeira postagem deles dentro Projeto Chromium é chamada de: “Adicionar suporte ao Windows para criar / symlink.py”. A postagem diz que o Windows 10 no ARM vem com a necessidade de compilar o navegador para ele e o Chromium agora usará links simbólicos do diretório de saída de destino para o diretório de saída do host para que isso aconteça.

“Essa alteração adiciona a funcionalidade de links simbólicos sem escalonamento para o Windows ao script que implementa o symlinking na compilação do Chromium. A maior ressalva para esse suporte é que os arquivos têm hard-link, portanto, sempre que um destino de symlink for excluído e substituído sem recriar o symlink, os hard links ficarão obsoletos. Isso é aceitável porque o sistema de compilação do Chromium sempre refaz links quando o original é alterado ”, revelou a postagem.

segunda postagem visa o sufixo ‘.exe’ para o destino do symlink do imagediff ‘. O post diz que a versão do Windows foi revisada para suportar cross-compilation e symlinking, mas há uma necessidade de fornecer o nome de arquivo ‘.exe’ correto para o script de link simbólico.

“Agora que o Windows tem cross-compilation e symlinking, os alvos com nomenclatura de saída personalizada precisam fornecer o nome de arquivo ‘.exe’ correto para o script de link simbólico”, revelou o post.

Também é importante notar que as postagens desses engenheiros no Projeto Chromium têm atribuições de engenheiros da Microsoft e desenvolvedores do Chromium. Ou seja, são pessoas que, de fato, estão bastante envolvidas no projeto, mas que trabalham para a Microsoft. 

Não deve demorar até vermos um Beta do Chromium na Microsoft Store.

Fonte > windowslatest

Compartilhe:

Comentários: