Microsoft leva Skype para os carros da BMW

0

A Microsoft está expandindo sua parceria com a BMW para habilitar o Skype for Business em carros que usam o sistema iDrive da BMW. A BMW foi uma das primeiras fabricantes de automóveis a habilitar os serviços do Office 365 em seus carros e esse último recurso permitirá que os proprietários façam reuniões do Skype em seus carros através do sistema de entretenimento incorporado.

O sistema funcionará, desencadeando notificações para reuniões, permitindo que os condutores acesse os serviços sem ter que inserir os detalhes do número da conferência manualmente. A BMW também permitirá uma integração mais aproximada com calendários, contatos e listas de tarefas de todos do serviço Exchange da Microsoft. A BMW está planejando habilitar o recurso Skype for Business na França, na Alemanha e no Reino Unido antes de expandi-lo para outros países.

A BMW também revelou no início deste ano que planeja integrar a assistente digital Cortana da Microsoft em alguns carros como parte da visão do Microsoft Connected Vehicle (Microsoft Veículos Conectados). A BMW planeja permitir que os motoristas acessem Cortana através de uma tela no painel do carro, com a capacidade de acessar facilmente listas de tarefas, lembretes, notícias, eventos e outros recursos da Cortana.

Falando nisso, até 2020, 90% dos carros novos terão recursos de conectividade. Neste ambiente de carro conectado, cria um caminho para produtos mais seguros e de maior qualidade, novas oportunidades de receita, e é um catalisador para muitos dos outros novos avanços, tais como condução autônoma e a tecnologia V2X. Carros conectados, ou seja, veículos equipados com o hardware e software necessários para se conectarem na nuvem, irão gerar novos dados que terceiros usarão para derivar diversificadas percepções acionáveis.

Além de transformar produtos e interações com o cliente, o carro conectado é a fundação para novos modelos de negócios digitais e fluxos de receita que vale bilhões ou trilhões de dólares. Considerando o valor dos dados dos carros, o que deverá tornar-se um recurso altamente valorizado, o potencial se expande ainda mais. Além disso, dados dos sensores do veículo e do seu ambiente circundante, irão ajudar a transformar o planejamento, engenharia, construção, implantação, comercialização, fornecimento e manutenção de carros. Tudo isso enquanto cria oportunidades para gerar relacionamentos profundos V2X.

No final deste caminho digital, a transformação mais importante será a evolução dos “carros” de produtos para plataformas de propriedade. No mundo de ontem, onde a maioria dos carros eram “apenas” produtos, veículos mais avançados eram nada mais do que objetos (bonitos e elegantes) para te levar entre dois lugares. Com “carros”, tornando-se plataformas, o número de cenários aplicáveis torna-se quase ilimitado, dos meios de transporte e logística para áreas de entretenimento, de ambientes de trabalho concentrados em rede móvel, como por exempo, o Uber. O que quer que você faça dentro dos “carros” além de dirigir, envolverá o uso de uma plataforma, muitas vezes você apenas irá se mover entre dois lugares. Você deve pensar em um contexto e experiência muito personalizada, da mesma forma como hoje você tem os seus próprios aplicativos no seu smartphone (ou seja, sua plataforma de telefone móvel).

A futura “plataforma de carro” será um hub digital para suas atividades diárias, sempre ligado (quando quiser), ajudando você a aproveitar mais do seu tempo e tornando seu dia mais fácil e mais agradável. Neste cenário, enquanto segurança e engenharia do carro são requisitos básicos, novos serviços no carro irão incluir: Serviços preditivos, produtividade e estilo de vida digital ativos, avançados sistemas de assistência ao condutor (ADAS) e o envolvimento do cliente e soluções de entretenimento. Novas plataformas de “carros” darão tanto as montadoras e terceiros, o acesso a um ambiente seguro e personalizável para sua própria inovação nesta plataforma de “carros”.

Sendo assim, essa parceria da Microsoft com a BMW é só a ponta do iceberg. Muito mais deve estar por vir. Quer saber muito mais sobre esse assunto? Veja esse excelente texto aqui.

Fonte: The Verge Obg ao Lênio pela dica 😉

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!