Aplicativos

Microsoft não quer mais ninguém usando o Internet Explorer

A Microsoft iniciou uma campanha na qual ela praticamente implora para que empresas e usuários parem de usar o Internet Explorer imediatamente.

A coisa é séria, tanto que a empresa falou sobre o assunto em um comunicado interno falando exclusivamente sobre os problemas envolvendo o uso do IE no atual cenário da web e por que os usuários devem migrar para navegadores mais modernos imediatamente. Confira a seguir:

“Veja você, o Internet Explorer é uma solução de compatibilidade. Não estamos suportando novos padrões da Web para isso e, embora muitos sites funcionem bem, os desenvolvedores geralmente não estão testando o Internet Explorer atualmente. Eles estão testando suas criações em navegadores modernos. Então, se continuássemos nossa abordagem anterior, você acabaria em um cenário em que, ao otimizar as coisas que tem, acabaria não sendo capaz de usar novos aplicativos à medida que eles saem. À medida que novos aplicativos são lançados com mais frequência, o que queremos ajudá-lo a evitar é perder uma parte progressivamente maior da Web!”. Disse uma parte do comunicado.

Ah, mas ninguém usa isso ai? Tem certeza? De acordo com um dos mais recentes relatórios da Netmarketshare, quase 8% dos usuários do Windows ainda usam o Internet Explorer. Contrário a isso, apenas 4% que usam o Microsoft Edge, que é o substituto natural do IE. Ou seja, mesmo no ecossistema Windows tem mais gente usando o IE do que o Edge.

Porque as pessoas não migram de uma vez para o Microsoft Edge?

Por mais simplório que pareça, a semelhança dos ícones dos dois navegadores é um problema. Muitos usuários simplesmente confundem os navegadores e terminam optando pelo que eles já conhecem, ou seja, pelo IE.

internet explorer VS Microsoft Edge

Ainda com relação aos ícones de cada aplicação, existe a situação inversa a descrita no parágrafo anterior… isto é, tem pessoas que ao ver o ícone do Edge, pensa logo que seja o IE e o despreza instantaneamente, o que sem dúvida dificulta a adesão ao novo browser. Talvez se o ícones do Edge fosse completamente diferente do IE isso não ocorresse.

Existe milhares de sites que ainda seguem os padrões da web do IE, o que os faz funcionar melhor no Internet Explorer, como a grande maioria dos bancos brasileiros, por exemplo. A Microsoft afirma que isso tem que mudar, já que os padrões antigos não são seguros e são uma “dívida técnica”.

Microsoft Edge
Exemplo de mensagem que aparece ao tentar acessar o site da Caixa Econômica Federal pelo Microsoft Edge

A adesão ao próprio Windows 10 ainda afeta e muito nessa migração, afinal de contas, o Edge só está disponível no Windows 10, porém, é fato comprovado que milhares de usuários, principalmente empresas, ainda usam o Windows XP ou o 7, onde o IE reinava.

Enfim… a Microsoft ainda terá muita dor de cabeça com o IE, já que a migração para seu navegador mais moderno está ocorrendo de maneira muito mais lenta que o previsto.

Você ainda usa o Internet Explorer?

Fonte > MSPoweruser

Alexandre Lima
Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!