Microsoft praticamente confirma a unificação do Windows RT com o Windows Phone

49

A vice-presidenta executiva de dispositivos e studio da Microsoft, Julie Larson Green, disse em uma entrevista ao UBS Global Technology Summit que a Microsoft não pretende manter três sistemas operacionais operando simultaneamente, falando do Windows RT, Windows 8 e Windows Phone, mas sim, apenas dois.

O plano é ter uma versão que ofereça uma experiência de PC completa, fazendo menção ao Windows 8, e uma versão mobile para ser usada em dispositivos móveis, a qual seja muito mais eficiente quanto ao consumo de bateria e seja ainda mais segura para o usuário. No final Larson afirmou categoricamente que a maior probabilidade é que no futuro o Windows RT e o Windows Phone sejam unificados.

windowsbluefinal1_640_large_verge_medium_landscape

Em resposta a outras perguntas Larson ainda afirmou que o Windows RT foi pensando para uma finalidade e usabilidade diferentes do próprio Windows 8. Ele oferece uma experiência mais simples, pensado para mobilidade e facilidade de uso. Ele comparou os dispositivos com Windows RT ao iPad da Apple, que não oferece uma experiência igual ao MacBook, porém, pode funcionar como um canivete suíço. Da mesma forma são os tablets com Windows RT.

Como será a unificação do Windows Phone com o RT ainda não sabemos, mas, como ambos foram construídos sobre um mesmo kernel, cremos que não é algo que precisará de uma nova programação ou descontinuação de nenhum dos dois. Quem sabe já estejamos falando do futuro Windows Phone 9.

Fontes: Neowin.net via: WMPoweruser

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • F. S.

    Apenas torço pra base ser o Windows Phone… Porque o Windows RT é porco!

  • Felipe

    Por ser uma mudança drástica, eu chuto que se trate da próxima versão do Windows Phone/RT. Como estão correndo, não duvido que ele seja lançado já no final do ano que vem.

    Com a unificação, eles provavelmente terão que usar o Windows RT como base, afinal, é bem mais fácil fazer os aplicativos do Windows Phone 8 (e 7) rodarem nele do que o contrário.

    Em relação aos recursos, eles também poderão preferir usar o Windows RT como base. Já que ele foi projetado de uma forma mais flexível e “moderna”. Com suporte a gestos para acessar a maioria dos recursos ocultos (e sem a necessidade de botões fixos na tela).

    A parte ruim é que se isso ocorrer, eu não duvido que haja uma exigência em relação processadores Quad Core, 1~2 GB de RAM, além de uma GPU mais recente para rodá-lo bem.

    • Andersoon’ ?

      Insisto em dizer, concordo na memória RAM e na GPU, mas quad-core não… Alguns Android como o Moto X dual core, não é ruim, não vejo necessidade do WP precisar de quad, não durante um bom tempo.

      • Felipe

        Respondi o seu outro comentário. Não vou repetir a minha opinião sobre esta especificação.

        Agora, o Android é um caso a parte. Não existe “descontinuação” forçada pela Google. Ela dá liberdade para as fabricantes usarem o hardware que elas quiserem. Se elas quiserem adaptar o Kit Kat em um modelo com processador Single Core, com 512 MB de RAM, elas podem.

        Diferente da Microsoft, que adora impor hardware’s pré-definidos, e forçar a obsolência programada “inclusive” em modelos lançados recentemente (vide a linha Lumia lançada no ano passado).

  • Guest

    A Microsoft rodou, rodou (e criticou) para chegar no modelo que já está a todo vapor. É a empresa do futuro do passado, cada vez mais ficando para trás…

    • Rodrigo Mendes

      Realmente a MS tem demonstrado muita incompetência. Primeiro com o WP7. Depois com o lançamento do RT numa versão ainda longe do ideal que eles mesmo estão apontando agora. Um pouco mais de organização e um roadmap claro e definido para os consumidores, certamente deixaria todos tranquilos. A MS nao sobreviverá a mais uma morte precoce de um sistema, espero que não cogitem isso para o WP8 e para o RT, e que façam essa integração o mais breve possível, mesmo porque já deveriam ter lançado assim de cara.

  • Francisco Lunardi

    Na verdade deveria ter sido assim desde o inicio, mas como não foi será excelente mesmo assim.

  • Já era hora. Poderia adotar um padrão parecido com o iPhone e iPad. =P

  • Wesley B. Peres

    Todos sabemos que a tela inicial do Windows Phone não fica em paisagem.
    Poderia haver uma opção onde, em formato retrato ele tenha a interface do Windows Phone (tiles bem “grudadas” umas com as outras), já quando você coloca em paisagem aparece a “tela inicial do windows 8” (tiles mais espaçadas).

  • Vinicius Eduardo

    Windows Phone já esta em segundo lugar no ranking de usuários na América latina. http://www.tudocelular.com/microsoft/noticias/n31371/windows-phone-passa-ios-america-latina.html

  • Filipe

    Só tem que mudar o nome: Windows Mobile.

    • Luan Borges

      De novo?

    • Esse nome ficou muito defasado, apesar que seria o correto mesmo.

    • Danilo Santos

      Ou windows modern , já que windows mobile nã tem fama boa

      • Eron Vasconcelos

        Ou wPhone… Kkkk…

  • Rodrigo Mendes

    Apesar de indícios que isso aconteceria, vejo como ótima iniciativa da MS. O Windows RT é sensacional, mas é carente de recursos e apps e essa fusão vai melhorar muito a experiência com ele. O Windows 8 para tablet simplesmente não serve, é lento por ser muito robusto. Os apps demoram muito para abrir mesmo em PCs fortes, imagina um processadorzinho Snapdragon ou o Atom? Sem condições. Windows RT é a alternativa viável para tablets, até porque o Windows Phone não supriria toda a demanda, inclusive em termos de interface.

    • CS

      Windows RT roda em processador arm e Windows 8 em processador do tipo core i3 e i5.

      • Rodrigo Mendes

        E??

        • CS

          E nada. Só expliquei uma difeeença entre as duas versões do Windows que você, no seu comentário anterior, pareceu desconhecer.

          • Rodrigo Mendes

            Li de novo e não consegui encontrar aonde demonstrei não conhecer as diferenças entre os sistemas operacionais da MS. Mas, blz bola pra frente. Só disse que o RT é muito cru, o W8 pesadíssimo e com péssima performance para tablets. O caminho obvio é convergência, como farão, entre RT e WP, deixando o W8 apenas para PC e notebooks. Num futuro, quem sabe, o RT seja maturo o suficiente para substituir ate notebooks e ultrabooks.

    • Você acertou em partes. hahahahaha

  • rodrigo_Seven

    Agora vi vantagem!!!!! MS tá demorando pra executar as ideias só….

  • Andriw

    Com isso concluímos que os Tablets com WinRT são realmente iguais aos Ipads, apenas smartphones que não completam sua ligação.

  • É a vice-presidenta, é a Lucie. 🙂

  • sei que isso não é pra já…mas acabei de comprar o 1020, tomara que não seja defasado tao rápido…
    fora isso, adorei a noticia! só empurra os Windows phone e tablets mais para frente!

    • Guest

      não será, o windows phone 8 receberá supor até 2018

    • Ednilson Quiúma

      e não será, o windows phone 8 vai receber suporte até 2018

      • Grande coisa, tecnicamente o Symbian até 2016. Para eles trocarem para algo mais interessante, é um piscar de olhos.

        • tive o n8 e n808, por mais que tenha sido chato perder o suport, o wp8 esta bem mais legal, não faz tudo como o symbiam,mas bem melhor de usar.

          • Você que teve um Symbian, sabe o tempo maravilhoso de suporte a Nokia deu, principalmente ao N8 né?!
            Até essas semanas, saiu uma atualização de um app….
            O que aconteceu com o WP7, foi algo único.

          • Ednilson Quiúma

            isso mesmo vitor, as pessoas acham que o windows phone 8 vai parar de receber suporte… mentalidade fechada, a MS está conseguindo conquistar agora a 3 fatia do mercado dos SO Mobile ela não iria estupidamente fragmentar o sistema tão cedo …. o windows phone 8 é muito novo, eles estão ainda a se concentrar em acabar com o 7 e deixar o 8 como a maioria

          • Outra, no WP, acontece algo parecido com a Apple. Como o hardware é único (Sempre Snapdragon) e o WP lida perfeitamente com 512mb, e a MS não vai trocar de Kernel tão cedo, então de ter atualização após o WP 8.1 são grandes!

          • Felipe

            Kernel nunca foi um “real problema”. As atualizações podem ser graduais ou completas. No caso de uma atualização completa, pouco importa a versão ou tipo de kernel. Você irá “reescrever” a memória ROM inteira com o SO completo.

            É por isso que existem modelos (da HTC) que rodam (não oficialmente) desde o Windows Phone ao Android.

            O Windows Mobile e o Windows Phone 7 compartilhavam uma mesma base de kernel. Porém, nenhum modelo lançado com Windows Mobile 6.5 foi atualizado para o Windows Phone 7 oficialmente.

            A desculpa para não atualizar foi a grande mudança na interface, recursos, e também na diferença encontrada nos pré-requisitos para rodar bem a nova versão.

            E nada impede que isso volte a se repetir no final do ano que vem (se o Windows 9 vier para unificar o Windows Phone e o Windows RT).

            O Moto G, lançado a poucos dias, já conta com tela HD de 4,5″, processador Quad Core, além de 1 GB de RAM por meros 650 reais aqui (terra dos impostos). Esta poderia ser uma futura configuração de uma nova linha de entrada da Microsoft no ano que vem, ou mais tardar, no ano seguinte.

            Se a Microsoft quiser repetir a dose, basta ela anunciar a nova versão do seu SO móvel, e colocar processadores Quad Core como pré-requisito para rodá-lo. Ela poderia apresentar a linha 2015 contendo esse pré-requisito inclusive na linha de entrada. E tudo poderá se repetir.

            Isso não significa que o WP8 seria abandonado imediatamente. Ele poderá receber atualizações pequenas, da mesma forma como o WP7 recebeu durante 2012. Mas não espere, dai em diante, algo “grande”.

            A Microsoft nunca mantém um real suporte em mais de uma versão. Assim que a última versão “sai do forno”, só ela recebe a devida atenção.

          • A questão não era essa, Felipe. Segundo a MS, O kernel do Windows RT, é bem mais pesado que o Windows CE. Por isso o WP8 não suporta single-core e GPUs fracas.
            Outra, o Windows 9 ainda está longe. Terá ainda varias 8.x até lá.

          • Felipe

            Estamos apenas supondo.

            Eu não trabalho na Microsoft, da mesma forma como você, não?

            Você acha que irá demorar.

            Já eu, acho que não irá, até por ela já ter começado a desenvolver a nova versão, e por ter iniciado desde já a unificação da loja de aplicativos de ambas versões (o que pode ser um indício de que a nova versão pode vir já no final do ano que vem).

            A base provavelmente será o Windows RT, por ele ser “mais poderoso”. Por suportar a execução simultânea de mais de um aplicativo na tela e possuir mais recursos. O porém é que ele é também mais pesado (podendo exigir um processador Quad Core ou mesmo 1~2 GB de RAM).

            Quanto a rodar o kernel do Windows NT em processadores Single Core, convenhamos, quando ela quer, ela consegue. Vide os pré-requisitos do Windows 8 dos PCs (que usa este kernel), que roda perfeitamente em processadores Single Core de mais de 4 anos atrás.

            Ela poderia “capar” alguns recursos e fazer o WP8 rodar em modelos defasados “se ela quisesse”.

            Agora, ela iria lucrar?
            Não, afinal, ninguém paga por atualizações nos smartphones.

            E é por isso que ela garante apenas as atualizações da versão que acompanha o modelo vendido (vide o WP 7, 7.1, 7.5 e 7.8).

            Porém, ela evita ao máximo “dar a nova versão” para os mesmos, obrigando-os a comprar um modelo novo que tenha esta nova versão pré-instalada (e que terá, dentro dos seus custos de fabricação, o valor da licença, caso seja um modelo fabricado por uma parceira).

          • Mas o WP8 já utiliza o mesmo kernel do Windows RT. E o Windows 8.1 só ficou mais leve ainda que o Windows 8.0!

          • Felipe

            Não faz diferença rodar o mesmo kernel do Windows RT.

            O Windows 8 roda a mesma base do kernel do Windows 7, mas o Windows 7 roda os aplicativos da interface Modern?

            Novidades em geral são colocadas apenas na última versão desenvolvida. E neste caso, pouco importa o kernel.

            Se ela quiser descontinuar os modelos que não trarão mais lucro a ela (em relação a venda de licenças), ela o fará (vide o que ela fez com os modelos lançados no ano passado), independente deles possuírem um hardware datado, ela não tem qualquer receio em descontinuar modelos.

            Quem compra PCs com Windows 8 tem a garantia de receber as atualizações dele. Mas nunca a versão posterior. Esta a Microsoft sempre irá cobrar, nem que seja “um trocado” como ela fez no lançamento do Windows 8.

            E ela faz de certa forma a mesma coisa nos smartphones da sua plataforma. E isso desde o Windows Mobile 6.5. Ela garante atualizações para a versão corrente. Mas a próxima provavelmente será dada apenas na compra de um modelo novo.

            Agora, quanto a ficar mais leve, eis mais um exemplo do que eu comentei.

            Quando a Microsoft quer, ela consegue “enxugar” o seu SO, e torná-lo compatível, ou até funcionar melhor em hardwares ultrapassados.

            Ela já conseguiu rodar o Windows 7 em modelos com 512 MB de RAM com processador Single Core de baixa performance. Nada é “impossível” para ela, em relação a SOs. Ainda mais quando ela quer “explorar um determinado público”.

          • Outra, o WP só perderá suporte, quando trocar o x.x. Enquanto manter 8.x, ainda haverá. E, ainda vai ter um 8.5… 8.6….

          • Felipe

            Sim, ele não irá perder suporte tão cedo. Ele poderá receber mini-atualizações até a próxima versão (WP9, ou sei lá o nome que ela dará para a sua plataforma móvel unificada) ser lançada.

            Pelo WP7, você pode ter uma noção do tempo que ele terá de “real” suporte. Este foi lançado no final de 2010. Em 2011, ele recebeu a primeira “grande” atualização, que a Microsoft chamou de WP 7.5. E no começo deste ano, ela lançou o WP 7.8, que pouco acrescentou (ao menos a quem queria ver este SO menos limitado).

            O suporte pode até parecer longo, mas na prática, ela pouco melhorou este SO ao longo desses 3 anos de “suporte”.

            E não foi por limitação de hardware, ou de kernel. Por exemplo, possibilitar que você envie algo além de fotos, nos anexos, não ocorreu por limitação de hardware ou de kernel.

            Então, se a próxima versão for lançada, não espere ter “grandes novidades” no seu modelo com a versão “anterior”. A Microsoft nunca foca mais de uma versão (o máximo que ela faz é dedicar duas equipes, sendo que a melhor sempre cuida da próxima versão, enquanto a segunda aparentemente cuida do atual e tenta melhorá-lo no que ela acha possível).

            O WP7 ainda terá suporte até setembro do ano que vem. Porém, ele já foi “abandonado” desde o primeiro semestre deste ano. O motivo pode ser o WP9, que já está em produção (provavelmente desde o lançamento do WP8).

            Então, nada impede que tudo o que aconteceu com o WP7 também venha a se repetir com o WP8, “caso a próxima versão seja lançada no ano que vem ou começo de 2015”.

            Se isso ocorrer, corra e troque de modelo.
            É o que todos dizem para fazer nesta plataforma.

          • Andersoon’ ?

            Não vai precisar de Quad-core para rodar WP9… Acho que foi um pouco equivocado, nem o Windows normal precisa, imagina uma versão “ripada” dele, acho apenas que depois do WP8.x, quem vai perder o suporte, são aparelhos de 512mb de RAM, o resto continua de boa… Acho que sinal que isso vai acontecer, foi o lançamento do 520 co m 1gb.

          • Felipe

            Se a Microsoft não adorasse forçar a obsolência programada na sua plataforma, o WP8 poderia ter sido lançado para os modelos do ano passado (nem que fosse de uma forma “capada”).

            O ponto é que ela sempre irá usar o hardware low-end como referência para criar uma nova “faixa de exclusão” (como alguns se sentem ao serem “abandonados”).

            Então, neste ano, ela pôde usar processadores Dual Core em modelos de entrada. Então, este também acabou se tornando o pré-requisito para rodar a versão atual.

            A Motorola acabou de lançar o Moto G, com processador Quad Core, 1 GB de RAM e tela de 4,5″ HD. E ele não é um modelo intermediário. Ele é um modelo de entrada.

            Se o WP9 (ou qualquer outro nome que ele venha a receber) vier a ser anunciado no final do ano que vem (seguindo o intervalo adotado desde o WP7, onde cada nova versão é lançada a cada 2 anos), ela poderá lançar a nova versão com uma nova linha de entrada com este tipo de especificação para 2015.

            O que poderia causar a descontinuação de todos os modelos que tiverem processadores Dual Core (felizmente há exceções como o Lumia 929 e o Lumia 1520 que devem ter uma menor chance de ficarem de fora da próxima versão).

            Isso, claro, é uma suposição minha.

            Você pode continuar acreditando que os modelos atuais irão receber a próxima versão.

            Já eu, acho que estes receberão no máximo mini-atualizações (que ela irá chamar de WP 8.1, 8.5, 8.9), da mesma forma como o WP7 recebeu durante o tempo que ele teve algum suporte.

            Mudanças “grandes”, eu acho que só veremos na próxima versão.

      • muito bom!!

    • Daniel Scorsin

      O mais provável é que ele estrague antes.

  • leleskt2

    To com problema
    fui tentar adc um cartao de credito a carteira
    e da um erro mas esta tudo certo tanto o preenchimento dos campos como a situaçao do cartao
    o que pode ser?alguem ja passou por isso
    obs:cartao caixa internacional

    • Rafael Colt

      Nunca consegui direto pela carteira. Adiciona na conta Microsoft pelo PC. Entra no Outlook clica na sua foto no canto superior direito clique em configurações de conta depois clica em configurações de cobrança e adiciona por la 🙂

    • Rodrigo S

      Você conseguirá adicionar seu cartão internacional pelo site do Xbox. O cartão adicionado na Live serve também na Windows Store e Windows Phone Store.

    • nunca deu certo pra mim também. na verdade tentei umas 2 vezes e desisti. Igual meu Aproximar e Enviar, tenho um Nokia 808 Symbian e um 820 não funciona aproximar e enviar nem a pau, tem umas coisas que são meio bugadas.

    • Gabriel Fernandes

      Geralmente pede-se um cartão com a bandeira internacional. Principalmente quando vc tem uma conta na loja americana vc vai precisar do cartão internacional para cadastrar e colocar um endereço qq americano. Se sua conta for brasileira, tente pelo site que depois aparece na carteira.

    • Eron Vasconcelos

      Estava com o mesmo problema, mas entrei em contato com a CAIXA e renovei meu período de compras internacionais. Por mais que o seja internacional, tem que solicitar a liberação até data X. No meu caso estava liberado, mas não conseguia comprar. Liguei e renovei o pedido e deu tudo certo, no mesmo dia.