Microsoft reporta recorde de vendas do Windows Phone e mais…

45

De acordo com a própria Microsoft a semana do natal de 2013 foi um período muito especialmente para o Windows Phone. Isso porque a empresa reporta que foram vendidos quase o dobro de aparelhos com Windows Phone do que no mesmo período do ano anterior e do que em Q3 de 2013.

crescimento windows phone market share geral

Ainda segundo a gigante de Redmond, o Windows Phone já é o segundo S.O. mais usado em 14 países, são eles: Índia, México, Itália , Chile, Tailândia, Vietnã , Malásia, Polônia , África do Sul , Ucrânia, Hungria , Finlândia, República Checa e Grécia.

Como já dissemos ontem, e a Microsoft confirmou mais uma vez que os modelos de WP já vendem mais que o iPhone da Apple em 24 mercados diferentes, são eles: Chile , Colômbia , República Checa, Egito , Equador, Finlândia, Grécia, Hungria, Índia, Itália , Quênia , Kuwait, Malásia, México, Nigéria, Paquistão, Peru , Polônia , Arábia Saudita , África do Sul , Tailândia, Ucrânia, Emirados Árabes Unidos e Vietnã. Confira a soma desses dois dados no mapa abaixo.

Microsoft windows phone ios supera paises mercados

Inclusive o relatório do IDC confirmou que o Windows Phone é o terceiro sistema operacional móvel mais usado no mundo. Espera-se que mais cedo ou mais tarde ele seja o segundo mais usado, superando o iOS da Apple. Essa previsão pode ser facilmente explicada pelo fato de que o Windows Phone possui uma gama de aparelhos que vão de modelos top de linha com recursos de última geração a outros low-ends que possuem recursos mais básicos, enquanto a Apple vende apenas um aparelho high-end, deixando a batalha do baixo custo para outros.

A verdadeira guerra será mesmo contra o gigante Android da Google, que hoje domina o mercado de smartphones. Agregado ao Android está a Samsung, que ainda mantém sua linha de aparelhos com WP na ativa e a liderança no segmento de telefones inteligentes.

De qualquer forma são números animadores. O portfólio de aparelhos com WP não para de crescer, especialmente da Nokia, que inclusive lançou hoje os Lumias 525 e 1320, e 2014 promete ser um bom ano para a plataforma. Veremos do que a Microsoft é capaz de fazer agora que é dona da divisão mobile da Nokia.

Fontes: All About Windows Phone

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Pingback: [Rumor] Microsoft cogita trabalhar com suporte ao Android - Windows Phone Brasil()

  • Pingback: wpclube – Microsoft cogita trabalhar com suporte ao Android()

  • Eu não vejo prognóstico mais ruim. Quer dizer que vai ser a contramão como no Android, cresce primeiro na China e na periferia mundial ( Vietnã? Polônia? Kuwait, Quênia, Nigéria, Paquistão, Itália e México exceções… aí depois vai convencer EUA? Não cresce nestes lugares como EUA, Canadá, Inglaterra, por um simples motivo. Os Androids top e iPhone lá não são caros como nestes outros países do mundo 3. Pagar o mesmo valor por um sistema que oferece menos é loucura. Se seu Nokia 920 chegasse custando 1999 e um iPhone 5 chegasse custando 1500 duvido que a maioria ficasse com WP. Melhor que ios e Android não é. Tem outras vantagens, como não travar. Isto é ótimo. Mas falta muito, muito, muito. Quem sabe chegue perto no 8.1.

    • Igor

      Só que o Windows Phone cresceu nos EUA, Canadá e Inglaterra. Aliás, cresceu no European Union Five, assim como cresce na maioria dos países a qual possui penetração.

      Não seja solipsista achando que sua experiência com Windows Phone seja o que reflete a realidade no restante dos consumidores. O simples crescimento percentual, assim como o forte crescimento de sua principal fabricante, demonstra no mínimo que tem algo diferente do que você afirma. E tem muita gente com opinião contrária a sua de que o Windows Phone oferece menos…

  • Lucas

    é isso aee.. confio no potencial dessa empresa..

  • david

    Windows Phone é melhor S.O que existe, tem aparelhos para todos os gostos e bolsos, eu fiquei muito triste com o esquecimento do meu 710 com WP 7.x mas isso é normal dos aparelhos! Pelo menos agora que estou com o 1020 sei que vou pelo menos receber essas novas atualizações WP 8.1 e GDR3 mas vai chegar uma hora que o meu tbm vai vai sair de linha mas isso é normal! Não penso em trocar de aparelho tão cedo! E quando muito mais pra frente eu for trocar, terá que ser por WP, Android não quero nem de graça e IOS não adianta pq eu estaria pagando pela marca e não pelo aparelho!

  • André Rocha

    Pessoal, comecei a trabalhar na Totvs mês passado e fiquei muuuuito feliz quando vi que os celulares fornecidos são Windows Phone. Também tenho visto vários amigos utilizando os aparelhos do SO. Graças a Deus as coisas estão andando.

  • Debora Kanto

    virão? por que aqui no brasil somos os os ultimos ? o brasil nem conta nesse ranking por isso tbem que a nokia não ta nem ai pra nós

    • Diogo Rodrigues

      Se a MS planeja botões virtuais para baratear os aparelhos, é a prova viva de que se importam sim. E já existem aparelhos mais baratos, os Lumias 52X estão ai pra isso. Em breve podem sim vir aparelhos para competir com aparelhos ainda mais baratos.

    • david

      Os últimos? Como assim? Os novos lumias desde o 520 ate o 1020 chegaram aqui um pouco depois de serem lançados la fora!

  • E tudo leva a crer que o cenário só tende a melhorar: empresas relevantes como a Sony sendo abordadas pela MS, atualizações pontuais com melhorias significativas à plataforma sendo disponibilizadas (ao contrário do que aconteceu com o WP7 – tiro no pé) e o ótimo feedback por parte dos usuários. Isso sem contar com o comprometimento total da maior fabricante do sistema.

    Aproveitando: existe uma falha de concordância no penúltimo parágrafo – a expressão “telefone inteligente” aparece na mesma frase com as palavras “Samsung” e “Android” sem o emprego de um advérbio de negação entre elas.
    Obviamente, em engano… }:)

    • Jorge Strife

      Hauahauahua 3:)

  • Diego Angeli

    bla bla bla países de terceiro mundo (na maior parte) que não conseguem traduzir venda em receita real

    • Eduardo Gil

      O Brasil é considerado lá fora um país de terceiro mundo e mesmo assim é um dos que mais consome smartphones. E vale lembrar que um dos motivos da Samsung ter crescido e se captalizado tanto, foi ter apostado em países onde as outras empresas não apostavam como Viatnã e seus vizinhos.

      • Diego Angeli

        Não sei que parte isso ta mais errado.

        1. O Brasil é a sétima maior economia do mundo. Apesar de possuir um mercado interno reduzido, de forma alguma, o país é visto como de terceiro mundo (do ponto de vista econômico).

        2. http://www.samsung.com/us/aboutsamsung/investor_relations/financial_information/financial_highlights.html

        Aqui vemos claramente que a receita da Samsung vem, na maior parte, dos países de primeiro mundo, e essa configuração não se alterou nos últimos anos.

        3. O fato de a Samsung ter expandido para países de 3o mundo, onde cresceu seu market share de vendas, e isso não conseguiu se traduzir em market share de receita, apenas reitera meu ponto.

        Segue uma leitura interessante pros que manjam dos paranauê de inglês
        http://www.businessinsider.com/apples-incredible-profits-and-small-market-share-2013-5

        • Andriw

          Cara, você matou as aulas de geografia da 5ª serie…. Até entenderia você dizer que a classificação em países de primeiro, segundo ou terceiro mundo não faz mais sentido hoje. Mesmo pq o bloco socialista (segundo mundo) praticamente não existe mais, alem do mais, países como o Chile já não se enquadrariam como 3º mundo pela distribuição de renda. O Brasil ainda se enquadra, pois mesmo sendo a 7ª economia, há uma elevadissima concentração de renda.
          E se fala mais em países desenvolvidos e sub-desenvolvidos atualmente.
          Sobre o seu 3º item, o artigo é realmente interessante, mesmo tendencioso. Do ponto de vista financeiro é indiscutível que a Apple é superior aos concorrentes, pois devolve mais valor aos acionistas. Porem eu acredito que a Apple está perdendo, quando comparado a empresa antes e depois do falecimento do Jobs. Com Jobs, a empresa gerava valor pelo potencial inovador (realizadora de sonhos) perante os clientes. Hoje é apenas uma empresa focada em criar mais do mesmo, mantem valor pelos mesmos motivos que uma bolsa de grife mantem os seus. Não que isso seja errado, mas é difícil de sustentar. Outro fabricante pode facilmente tornar-se “moda” e passar a Apple para trás.

          • Diego Angeli

            Apesar da sua indelicadeza, vou me dispor a te responder…
            Quando quis dizer que o país não é de terceiro mundo não me referia a posicionamento político-social, como a nomenclatura primitiva sugeria, que convenhamos, caiu em desuso faz tempo. Me refiro ao sentido de senso comum, como desenvolvidos, “em desenvolvimento” e subdesenvolvidos. O Brasil não pode ser considerado um país desprivilegiado pois possui imenso poder de compra na sua população, uma vez que o consumo é a maior fatia do PIB do país, que por sua vez é um dos maiores do mundo. Não interessa a distribuição de renda do Chile, Colombia ou México quando comparada, em termos brutos, ao poder de compra de uma nação do tamanho e riqueza do Brasil (mesmo que essa riqueza esteja nas mãos de poucos… não se esqueça que estamos falando de smartphones aqui, não de yatchs).

            Quanto ao outro comentário, vejo muito dessa confusão por aqui. iPhone só é sinal de status no Brasil. Em países desenvolvidos, o iPhone é, como vc disse, moda. Não confunda moda com status. Ainda mais no caso da Apple no qual ela conseguiu unir qualidade à moda. Infelizmente, ninguém consegue inovar pra sempre. Inovação é cara e facilmente copiável. A Apple vai continuar gerando valor por produzir alta qualidade e inovação moderada. Lembra da época em que a Nokia era sinal de inovação em telefonia? Que a Sony era o símbolo do novo em TVs e que a VW era o suprassumo das novidades nos automóveis? Pois é… nada dura pra sempre heheh

          • Andriw

            Desculpa o sarcasmo no começo, mas mais uma vez você está errado (Por que todos que começam com “Quis dizer…” não dizem nada?). De que planeta você veio para afirmar que a população brasileira goza de imenso poder de compra? Primeiro que PIB não tem relação com poder de compra. No mais, se quisesse comparar algo do gênero, compare o PIB per capita, não apenas o número absoluto, que diga-se de passagem, é mais maquiado que travesti no ponto. Nesse ponto, imaginando que moramos no País da Alice, nós estamos em 54º lugar no PIB per capita. Porem, quando se olha todos os 20 abaixo do Brasil, são poucos os que apresentam concentração de renda igual ou superior. É até lindo ler que a maior parte do PIB é gerado pelo consumo das famílias (62% mais exato, tem mais 20% do governo, e o restante investimentos). Porem é lindo para quem não tem nem ideia do que é a porra do PIB. Já se vê de largada que não se investe em nada neste país. Sem contar que 70% do PIB é gerado em serviços (tá ai a merda), que é altamente tributado (34% do pib é tributos) e na grande maioria pagamos dobrado (ex: saúde, educação, segurança, etc, etc, etc). Da miséria que nos sobra, a maior parte ainda é lucro de empresas estrangeiras, sendo direcionado às suas respectivas matrizes em final de ano fiscal.
            Se quer fazer uma comparação com algum índice idiota tente utilizar o PNB, que pelo menos este é o que realmente fica aqui.
            Para se analisar PIB, tem-se primeiro que saber o que é PIB.
            Sobre a ultima parte só tenho um comentário: Qem segue moda não busca status??

          • Diego Angeli

            Opa, olha só… fez a lição de casa. Então vamos lá, senhor Economista.

            Parece que não fui só eu que andou faltando na aula. Releia o que escrevi. Comparativamente aos países da reportagem, não interessa se você é a Suíça e sua renda per capita é de um zilhão de dinheiros. Como eu disse, na 12a linha do primeiro parágrafo, “EM TERMOS BRUTOS” significa que você soma os valores brutos do capital usado em compras, logo ter uma população minúscula e um PIB irrelevante não vai te dar um volume bruto de consumo razoável. PIB per capita não me diz nada sobre consumo. É apenas um índice indicativo de distribuição de renda quando comparado à Paridade de Poder de Compra e outras tecnicalidades que você, como economista, deve conhecer bem. É mais do que claro no meu primeiro post que me referia a poder bruto de compra.

            Não vou alongar mais entrando na composição do PIB, até por que não posso dizer se estes seus dados sem referência estão realmente corretos (e como vc mesmo disse, são mesmo de difícil mensuração).
            E não. Quem segue moda, segue moda. Usar # nas coisas, ter um facebook/twitter/instagram, usar um boné de skate, roupa de rapper, bolero ou cantor de pagode são estilos de moda e não necessariamente caros. Tomar champagne no camarote é moda e status, I’ll give you this one, mas ter uma jet é status e não é moda.

            Repense suas verdades absolutas.

            Ah, e coloque fontes quando usar dados para todos os nossos coleguinhas poderem regozijar da sua sabedoria com fundamentos e aumentarem seus conhecimentos tb.

          • Andriw

            Discutir com quem não sabe o que ta falando é foda… Animal, PIB NÃO É PODER DE CONSUMO! SE PIB PER CAPITA NÃO TE DIZ NADA É PQ VOCÊ NÃO TEM IDEIA DAS BESTEIRAS QUE ESTÁ ESCREVENDO.
            Se quer fontes, entre no google e digite PIB. Tem um milhão de sites que falam desse assunto batido…
            Releia o que escrevi e tente aprender um pouco.

          • Diego Angeli

            hauhauhauahauhauha
            Cara, vc é o maluco de internet mais engraçado que eu ja vi. Não sei quem você é, mas pela sua soberba e conhecimento deve ser o Guido Mantega.

            Se PIB per capita indica poder de compra, devo julgar pela sua fonte (que deve ser o glorioso Wikipedia http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_pa%C3%ADses_por_PIB_nominal_per_capita) que Austria, Finlandia, Kuwait e Singapura tem um maior poder de compra que EUA, Japão, França e Alemanha. Logo, países como Brunei, Chipre, Eslovênia, Omã, Bahamas, Bahrein, Malta, Grecia, Estonia, Barbados, Guiné, Antigua e Barbuda possuem uma população com maior poder aquisitivo que o Brasil. Na mesma linha, devo supor que Letônia, Seychelles, Argentina, Cazaquistão, Gabão, Venezuela, Botswana e Costa Rica tem distribuição de renda mais igualitária que o Brasil, de acordo com você.

            Amigão, posso não ser o rei da economia, mas minhas fontes não são o google e milhões de sites que falam disso. Minhas fontes são Keynes, Marshal, Ricardo, Krugman, Blanchard, Marx, e diversos outros que li durante minha graduação em economia na USP. Portanto, primeiramente respeite os outros. Segundo, tenha humildade. Se sua opinião diverge de outra, busque mais informação.

            Só pra concluir meu ponto inicial, no meu primeiro post neste tópico, ser o segundo SO mais vendido em países que representam uma faria insignificante do mercado e possuem um nível tecnológico e de desenvolvimento baixos não é sinal de absolutamente nada. É apenas um movimento natural causado pela própria extinção dos concorrentes e do baixo poder aquisitivo destes países para possuírem grandes vendas em gadgets de grande valor agregado como o iPhone. O verdadeiro desafio da Microsoft é vencer preconceitos e tendências em países que consigam traduzir vendas em lucros. Lucros que possam sustentar a existência do SO e seu desenvolvimento e popularização.

          • Andriw

            Com a frase (espero que seja sua) a seguir você prova que não é um completo alienado: “O verdadeiro desafio da Microsoft é vencer preconceitos e tendências em países que consigam traduzir vendas em lucros”. De tudo que foi escrito por você, esta foi a única frase com um pouco de inteligência (entenda como um reforço positivo). Insista mais neste caminho que você terá futuro….

            Durante a leitura até fui pensando em algumas resposta (principalmente quando me ofende chamando de Guido Mantega). Mas quando li: “minha graduação em economia na USP”, quase infartei rindo…. Você jura que realmente quer passar um KO desse? Espero que os seus professores fantasmas não tenham lido o “de forma alguma, o país é visto como de terceiro mundo”.

            Voltando ao tema, não falei que o PIB per capita indica poder de compra de ninguém, o que falei que é um indicador muito melhor que o PIB bruto que você finge conhecer. Se chega muito mais fácil ao poder de compra da população olhando o PIB per capita e concentração de renda. Porem ainda há outros indicadores ainda melhores, como o PPC (que ainda é distorcido)
            Sobre a sua “superlogica” acima (não precisa ser gênio para entender) qualquer análise por PIB (valeu a dica do Wikipedia) vai gerar distorções pela concentração de renda (espero que seu diploma ajude você aqui. kk). usando a sua genial logica, a população da africa do sul teria condições melhores de poder aquisitivo que a população da dinamarca.
            Pense bem antes de escrever suas asneiras. Aproveite bem a opção de edição que o site da aos comentários e melhore um pouco as besteiras que você escreveu.

            Aqui estou usando a opção do edit:
            Sobre a soberba, normalmente a uso (realmente é um defeito de caráter) quando detecto pessoas comentando sobre assuntos que não conhecem nada. Mas valeu a dica, tentarei melhorar neste ponto.

          • Diego Angeli

            Cansei de argumentar sobre economia num blog de tecnologia. Se quiser continuar marquemos uma cerveja no bar haha

            Só por curiosidade, você tem algum conhecimento teorico em economia ou é só um palpiteiro que aprendeu alguns conceitos no Google e vomita eles achando que sabe do que ta falando?

          • Andriw

            Sanando sua curiosidade, as duas alternativas estão corretas… kkkkk

  • junior

    Agora que a Samsung vai lançar o Tizen,os aparelhos dela só viram com esse S.O ou ela ainda fará aparelhos com Android?

    • Firmo

      Tizen, hummmm não vai rolar…

      • junior

        Tbem acho estranho esse Tizen. A Samsung é um pilar da popularização do Android. Não sei se ela jogaria isso fora para entrar em um mercado desse.
        Mas que a Samsung é muito mais conhecida pelo donos de aparelhos dela do que o Android não tenha dúvida

        • Firmo

          A sim, tem muita gente que nem sabe que o android existe. Nós. Que estamos sempre lendo sobre tecologia quevnos importamos com isso….

          • Andriw

            Tizen por ai que esse sistema é bem meia boca… kkkk

          • Firmo

            Kkkk, boa…

        • Chaos ?

          Na verdade, muita gente sabe que o android existe, e quando vai comprar ja pergunta logo se tem android pra rodar os appzinhos padrões. Mas esse tizen nao vai colar mesmo.

        • Igor

          Pode até se dizer que tem mais gente procurando Samsung ao invés do Android genericamente (famoso “me vê ai um aparelho com Android”… rsrs), ou que existam mais pessoas buscando o Android no Samsung, pois são ambas afirmações verdadeiras, mas afirmar que a Samsung é mais conhecida que o Android é meio complicado… são centenas de milhares de aparelhos com Android para afirmar que ela é menos conhecida do que a Samsung. E mesmo que a Samsung venda muito bem (a ponto de dominar a plataforma), tem o somatório das demais fabricantes que comercializam aparelhos com Android que dão um número significativo!

          • junior

            Vendo pelo seu lado, sim, mas é o que vc falou. Muita gente procura o Android na Samsung

    • Tiago Pitteri

      Eu não to por dentro falando sobre Tizen, mas a impressão que dá é q vai ser um Asha da Samsung..Mas como falei, não conheço…não sei se os aparelhos com tizen são low ou high.

  • Tomara que isso inspire a Microsoft/Nokia a lançar o GDR3/Lumia Black e o WP8.1 logo…
    “… early 2014…” Aham, sei.

    • Fellipe Ribeiro Silva Abib

      WPC disse que Black seria lançado ate março e o 8.1 em setembro..

      • Setembro what???

        • Chaos ?

          O 8.1 vai ser apresentando na conferencia //build em Abril junto com a nova linha x3x, acho que os lumias começam a venda ja em maio, a atualização para a linha x2x devir em algum momento depois, mas setembro ta mt longe.

          • Fellipe Ribeiro Silva Abib

            Acho que as vendas não será em maio.. Ainda não temos nem os modelos exatos para ver quais viram com o WP8.1.
            Existem alguns, mas só boatos.. Acho que pode ser antes a atualização.. Mas no Brasil, como sempre, deve vir depois..

          • Jorge Strife

            Vai atrasar por causa da copa. Veja o que tou falando ‘-‘

      • Teremos nos atuais ?? O meu é 820. Tenho quase certeza que o hardware não será compatível. WP7 OUTRA VEZ…

        • Fellipe Ribeiro Silva Abib

          Acredito que não..
          O kernel do WP7 era o mesmo que dos WM6, 6.1, 6.5, etc.
          Todos migraram pro WP8 porque o kernel é o mesmo que do W8. O W8 foi atualizado para o 8.1, então o WP8.1 será atualizado também.. Acredito que algumas funcionalidades apenas não serão compatíveis devido ao hardware, mas o sistema será atualizado sim.. (pelo menos o que eu li e entendi foi isso)

        • Wesley B. Peres

          Bom cara, não sei se vc acompanhou os vazamentos do WP8.1 rodando tanto em L920 quanto em L620…
          Vc realmente acredita que eles criaram celulares novos para testar o WP8.1???
          São muitos os desenvolvedores que já mostraram o WP8.1 rodando nessa geração, pq esse mimimi de vão nos esquecer… Esqueceu esqueceu, meu celular não vai parar de usar 3g, tirar fotos, fazer chamadas, sincronizar meus emails e o mais importante, me satisfazer desde que o comprei com GDR1 (que funcionava normalmente ué)

          • F3RNANDO Sampa

            Se você tivesse um Nokia 808 que da noite pro dia, não funciona mais o app de tempo nativo, que apresenta problema em apps pra baixar, não tem mais atualizações permitidas na loja. Enfim, quando um sistema é deixado pra trás, as coisas pra ele vão ficando pior. Mesmo produtos novos.

        • Jorge Strife

          Eu acredito que, o WP7 foi atualizado para o 7.x 7.x 7.x 7.x, então o WP8 será atualizado para 8.x 8.x 8.x 8.x, só não para o 9 no futuro… Isso é o que eu acho, não a certeza absoluta.