Microsoft Research apresenta óculos compacto com tecnologia holográfica e VR

0

Microsoft Research não é bem uma divisão de hardware ou de Software focada em serviços e produtos Microsoft. Ela é formada por engenheiros e cientistas vinculados a Microsoft, mas que possuem um certo nível de autonomia, o que faz com que eles consigam criar e pensar “fora da caixa”. Dessa autonomia já saiu muita coisa legal, porém, não apenas para o Windows, como também para o Android e iOS. 

Hoje, eles anunciaram algo muito interessante, que é um pequeno headset que tem a forma de um óculo comum, mas que é dotado de tecnologia holográfica e realidade aumentada.

Seu campo de visão chega a ser maior do que o do HoloLens. Ele teria 80 graus de campo de visão, o que impediria que um simples olhar para o lado coloque um fim no recurso holográfico.

O headset pode exibir hologramas de fase única (phase-only holograms) nos quais a imagem é formada pela interferência de uma luz laser. Apesar de usar phase-only holograms, usando otimizações como o eye tracking (rastreamento dos olhos), é possível criar gerar os hologramas em tempo real usando uma GPU de desktop (uma NVIDIA GeForce GTX 980 TI) com uma taxa de atualização alta de 90 a 260 Hz. Em suma, o headset cria hologramas que não são necessariamente tridimensionais, porém, com otimizações, a imagem vai se renderizando em torno do ângulo de visão do usuário criando uma sensação de uma imagem tridimensional quase que em tempo real.

O visor do headset utiliza um elemento óptico holográfico fino e altamente transparente combinado, cortado na forma de uma lente de óculos, permitindo uma capacidade óptica transparente. Mesmo com estas ópticas miniaturizadas, a tela pode renderizar detalhes em escala de pixels em todo o campo de visão.

A tecnologia ainda pode ajudar a corrigir problemas inerentes a visão humana, como o de pessoas que tem problemas de miopia ou estigmatismo, ajustando o foco, entre outras coisas, fazendo com que o holograma seja corretamente exibido mesmo quando seu usuário possui algum problema de visão.

Naturalmente, por trás desse super óculos há um PC externo que é o responsável por processar toda a informação, mas, tal tecnologia é extremamente promissora e poderá servir como inspiração para a próxima geração de óculos de realidade aumentada, que se rumora que chegará em 2019.

Conceito

Você ainda duvida que os headset de realidade mista e os hologramas são o próximo grande “Boom” tecnológico? Um dia sem dúvida veremos óculos de tamanho e dimensões comuns, mas que serão dotados de um sistema operacional baseado em Nuvem, Cortana, que poderá exibir hologramas e efeito de realidade mista.

Fonte: Microsoft Research

Share.

About Author

Funcionário Público Federal, formado em Licenciatura em Química, Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta do Windows Phone. Carpe Diem