Microsoft Research cria super técnica que elimina instabilidade de vídeos gravados em primeira pessoa

6

Você já deve ter ouvido falar das câmeras GoPro, muito usadas para gravar vídeos em primeira pessoa. Elas também são muito usadas por esportistas para gravar suas manobras radicais, sua performance, ou simplesmente para capturar imagens incríveis de cenárias igualmente incríveis. Existem outros modelos para esse fim, mas, hoje elas são as mais famosas. O problema desses vídeos é que devido aos nossos movimentos, por vezes eles ficam bem tremidos e instáveis. Pensando nisso, a Microsoft Research criou uma técnica para eliminar boa parte dessas instabilidades e deixar esses vídeos ainda mais sensacionais.

hyperlapse00_small

A técnica chama-se Hyperlapse, e ela não tem esse nome por acaso. Hyperlapse é uma técnica similar ao conceito de time-lapse. Neste, frames são registrados entre intervalos longos a partir de um único ângulo, causando a impressão de que o tempo passa muito rápido nas imagens. A principal diferença do Hyperlapse é que a câmera se mexe. O efeito disso são vídeos que podem combinar passagem do tempo e movimento.

Os engenheiros responsáveis pelo projeto são os mesmos que criaram o PhotoSynth (relembre aqui). O desafio agora e ainda maior e o primeiro passo já foi dado. Veja o resultado da aplicação do Hyperlapse no vídeo abaixo.
 

 
Por enquanto a técnica é inviável para ser aplicada em um computador comum, e muito menos em um smartphone. Isso porque nos testes iniciais, um PC comum levou mais de 300 horas para processar um vídeo de apenas 10min. O processamento necessário ainda é enorme.

Claro que eles pretendem no futuro lançar o Hyperlapse como um aplicativo para o Windows e Windows Phone, porém, ainda vamos esperar um bom tempo até poder baixar essa aplicação. Dezenas de otimizações ainda são necessárias. De qualquer forma, o projeto é muito promissor.

Fontes: tecnoblog

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!