Dispositivos

Microsoft ressuscita o IntelliMouse em nova versão do periférico

Versão 2018 do Microsoft Classic IntelliMouse

Há cerca de 15 anos, a Microsoft lançava no mercado o Classic IntelliMouse, um mouse super preciso que também servia ao mercado gamer da época, mais precisamente entre os anos de 1996 a 2003. Na época, ele era um dos único modelos desse periférico com esse “pegada” voltada para jogos de computador, até porque eles eram poucos naquele tempo, porém, na impedia de usa-lo para o uso cotidiano.

Agora, 15 anos depois da última versão, a Microsoft decidiu que voltará a investir no IntelliMouse com uma nova edição. A marca explica que o novo modelo foi desenhado para proporcionar a melhor sensação ergonômica a seus utilizadores e ainda com os aditivos funcionais que a tecnologia contemporânea permite.

Versão 2018 do Microsoft Classic IntelliMouse

Neste modelo mais recente, os utilizadores encontrarão cinco botões físicos, dos quais três são personalizáveis e um novo sensor de posicionamento. O tamanho e a forma são praticamente idênticos ao Explorer 3.0, o último modelo do IntelliMouse lançado pela Microsoft que você pode ver na imagem abaixo.

Classic IntelliMouse Explorer 3.0 de 2003 – última versão conhecida do periférico antes da nova versão 2018

A empresa adianta ainda que a estrutura deste mouse é muito mais rígida que a do anterior e que a mecânica foi toda renovada para oferecer uma performance exemplar, mas, eles resolveram manter boa parte do design original do dispositivo.

Microsoft Classic Intellimouse

Ele vem com um clássico scrolling vertical, intervalo de DPI de até 3200, clássica conexão com fio via USB, tem 132 mm x 69 mm x 43 mm de medidas e pesa apenas 100 g. Ele é compatível com o Windows RT, 7, 8 e 10 de 32 bits ou 64 bits, mas não funciona com o MacOS ou Android. É só para Windows mesmo.

O novo Classic IntelliMouse já está disponível na Microsoft Store americana por US $ 39,99 (cerca de R$ 150,00). Achamos caro para a peça, porém, por se tratar de algo icônico, alguns colecionadores vão amar a novidade, assim como aqueles que não abrem mão de um bom mouse, seja para jogar, seja para executar tarefas mais rotineiras. Quem passa o dia no PC sabe a enorme diferença que é ter um mouse, teclado e monitor de qualidade. Tudo faz diferença… brilho, ergonomia, ajustes personalizáveis, enfim, vale o investimento, até porque já é sabido que os periféricos by Microsoft podem durar anos sem apresentar qualquer defeito.

Fonte: teksapo

Alexandre Lima
Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!