Microsoft vai unificar o Shell do Windows e isso pode mudar tudo

0

A Microsoft aos poucos vai tornando o seu conceito de um “único Windows para a todos dominar” mais efetivo e completo. O Projeto OneCore ganhou muita força depois de vermos a unificação do kernel do sistema e em seguida com a chegada dos chamamos Aplicativos Universais do Windows, os UWP. Agora a grande novidade é chamada internamente de “Composable Shell” ou “CSHELL“.

O “Composable Shell” ou “CSHELL”, nada mais é do que um Shell do Windows auto adaptável. Complicou mais ainda hein? Vamos por partes.

O que é o Shell do Windows?

O Shell do Windows em termos populares é a parte do sistema responsável pela interface homem máquina, que são todos os ícones do sistema, barra de tarefas e tudo mais que corresponde a interação entre você e seu computador, tablet, celular, xbox, etc.

Atualmente cada tela do Windows 10 possui seu próprio Shell, então, o Xbox One com Windows 10 tem um Shell, o Windows 10 Mobile tem outro, e o Windows 10 Desktop tem o seu próprio. Agora eles irão unificar todos eles, sobrando apenas “O Shell do Windows unificado”, e ele poderá se adaptar aos mais diversos tamanhos de tela e dispositivos.

Exemplo de Shell do Windows auto adaptável já existente

O Windows 10 Desktop já conta com um bom exemplo de como vai funcionar o Shell do Windows Auto Adaptável. Sabe quando você acessa a Central de Ações e escolhe o Modo Tablet? O sistema se auto ajusta, deixando toda a UI do Windows 10 muito mais intuitiva para telas touch e por ai vai.

Agora pense que o mesmo será aplicado a telefones, HoloLens e Xbox… será como se existisse os: Modo Telefone, Modo Tablet, Modo Xbox, Modo HoloLens. Todos variantes auto adaptáveis do Windows 10 completo.

Isso revolveria o mistério em torno de como fazer com que um telefone ou tablet com tela pequena rode o Windows full (Desktop) em seu chip ARM, afinal, bastaria que a UI do sistema viesse por padrão em Modo Celular e assim por diante.

O mesmo vale para qualquer novo dispositivo. Por exemplo, pegue aquela patente da Microsoft que mostra um dispositivo 2-em-1 com uma tela dobrável. Com essa nova unificação do Shell do Windows o usuário não precisaria fazer nada ao dobrar ou desdobrar a tela. O próprio Windows definiria a hora de usar o Modo Tablet ou o Modo Telefone. Mas, tenha em mente que isso é apenas uma especulação e nada mais.

Shell do Windows auto adaptável X Continuum

O Shell do Windows auto adaptável não iria contra o conceito do Continuum, muito pelo contrário, sua origem veio do Continuum, que nada mais é do que uma adaptação de interface, de Shell em sua essência. Então, mesmo com tal unificação o Continuum continuará em pleno vapor, agora amparado por todo o código em torno da UI.

Atualizações mais rápidas

Por fim, uma última vantagem do Shell do Windows unificado seria a questão das atualizações, Como hoje cada tela do Windows 10 tem seu próprio Shell, é mais trabalho e mais demorado para liberar novas atualizações para eles. Com a unificação tudo isso seria otimizado.

Parece que a ideia de termos um único Windows 10 que roda sob um único núcleo de desenvolvimento, enfim está chegando em sua “forma” mais pura e definitiva. Será uma mudança super sutil, mas que pode mudar tudo. Em breve insiders já terão acesso a novidade.

Fonte: Windows Central

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!