Microsoft volta a ficar atrás da Apple em venda de telefones no Brasil

1

De acordo com um relatório obtido da Porto Seguro, a Microsoft perdeu seu lugar para a Apple quando o assunto é venda de smartphone no Brasil. Até meados de 2015 os Lumias com Windows Phone vendiam mais do que os iPhones da Apple, porém, antes mesmo de 2015 findar esse cenário mudou drasticamente.

smartphone windows android ios pelo mundo

As cotas abaixo foram obtidas junto a dados coletados pela GfK e refletem os dados do mês de dezembro de 2015:

  1. Samsung (50,3%)
  2. Motorola (17,8%)
  3. LG (12,2%)
  4. Apple (5,0%)
  5. Alcatel (4,6%)
  6. Microsoft (2,4%)
  7. Outros (7,7%)

Nota-se que a Samsung continua firme e forte a frente de todas as demais, enquanto a Microsoft foi jogada lá para o final da fila. No período analisado ela teve um dos piores resultados desde o lançamento do Windows Phone 8.1 e da compra da Nokia, essa que inclusive detinha essa mesma cota da Samsung em 2010. Eles perderam espaço até mesmo para a Alcatel. Nesse mesmo período a Apple voltou a ficar a frente da Redmond mesmo vendendo seus aparelhos a preços astronômicos no país.

Esse resultado pode ser facilmente explicado por dois motivos: o primeiro, e mais importante deles, é a falta de oferta de novos modelos de Lumias no mercado, tendo em vista que o lançamento mais recente no país são os Lumia 640 e o Lumia 640 XL, que tem muitos meses desde seu anúncio oficial no ano passado. As novidades, como os Lumias 550, 650, 950 e 950 XL, já foram homologados pela ANATEL, mas ainda não sabem o que repousar em uma prateleira de uma loja brasileira.

O segundo motivo foi a demora no lançamento do Windows 10 Mobile, que levou muita gente a migrar de plataforma no final do ano passado no período do natal e ano novo, gerando um crescimento para as demais fabricantes e um declínio nas vendas dos telefones da Microsoft por aqui.

E agora? 

Agora Satya Nadella e sua equipe estão ajustando o caminho para algo diferente, algo que não tem foco nos Lumias, mas sim, em todas as fabricantes de uma só vez.

A MS não quer ser a maior fabricante de telefones do mundo (hardware), mas sim, a maior fornecedora de software e de soluções nessa área, e o plano é popularizar o Windows 10 (Mobile e Desktop), e não apenas os Lumias. Eles são apenas parte de um todo, que somados a plataforma de APPs universais do Windows 10 devem conquistar de usuários a fabricantes, esses últimos que tão logo lançarão modelos com o Windows 10 Mobile.

Novo Lumia 650

Novo Lumia 650

Veja o exemplo do Surface… ele ditou tendências e hoje é reconhecido como uma poderosa máquina de produtividade que inspira muitas outras marcas. Eles desejam fazer o mesmo com os Lumias e entregar algo incrível as fabricantes, que por sua vez entregarão produtos incríveis a seus clientes.

Inclusive Satya Nadella disse isso recente em uma entrevista ao Business Insider, veja a seguir:

“Eu não estou tentando ser outro cara no mercado de telefones que copia as regras de outra pessoa. O que é único sobre os nossos telefones é o Modo Continuum. Assim como com o Surface fomos capazes de criar uma categoria nova a partir dele, tanto que 3 anos atrás a maioria das pessoas diziam “o que é dois-em-um”?, e agora até mesmo a Apple tem um “dois-em-um”, da mesma forma ao longo dos próximos três anos, eu espero que as pessoas olhem e digam: “oh wow, este é um telefone que também pode ser um PC.”

Tome como exemplo mercados emergentes como a Índia (quem sabe o Brasil também…), com certeza é um país mobile-first. É um mercado emergente que evoluirá quando o assunto é computação pessoal, como haverá mais PIB há mais necessidades. À medida que crescem eles também vão querer computadores e seus telefones são a porta de entrada para isso. Qual é a coisa mais lógica nesse cenário? Eu posso afirmar que é um telefone com Continuum, o que significa que eles podem ter outras formas de entrada além do toque.”

dropbox continuum suporte windows 10

Isso não quer dizer que não veremos novos Lumias por aqui, mas sim, que o foco agora é trazer APPs e desenvolvedores para a Windows Store, consolidar o Windows 10, que é um para todos, para enfim focar em telefone que cativem a todos.

Fontes: tecnoblog e business insider

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!