Ministério do Planejamento troca servidor de e-mail pelo Microsoft Exchange

0

BannerAd_c_Exchange_Cyan300

O ministério do planejamento esta se preparando para utilizar a popular ferramenta de e-mails da Microsoft, o Exchange. O principal motivo para a troca, segundo a pasta, foram as constantes reclamações dos servidores. Anteriormente o ministério utilizava uma ferramenta conhecida como Expresso, desenvolvida pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), apresentado pelo governo federal como a solução para livrar a administração pública brasileira da espionagem da NSA.

O Planejamento começou a instalar o Expresso em fevereiro de 2014. O contrato firmado com a  Serpro estabelecia um pagamento de R$ 1,3 milhão ao ano. Em maio deste ano, em plena crise, a Serpro resolveu subir a conta para modestos R$ 3 milhões anuais para o atendimento em 2016. O ministério não aceitou (convenhamos que no Brasil isso  é raridade) e em setembro, começou a instalar o Exchange, da Microsoft.

Estamos migrando aproximadamente 7 mil caixas”, informou o órgão, acrescentando que a substituição “foi feita para alcançar maior produtividade, disponibilidade, eficiência e satisfação do público interno com o serviço provido.

O Planejamento já iniciou a troca do serviço de e-mails, entretanto, não suspendeu ou cancelou o contrato com o Serpro. Isso só deve ser feito no fim do ano, quando será finalizado a vigência do contrato. Até lá o ministério espera já ter concluído todas as licitações da contratação de softwares da Microsoft.

A proposta total do ministério inclui outros serviços da Microsoft em um total de R$ 35 milhões. O valor referente apenas à Exchange é de R$ 1,6 milhão. O Planejamento explica que não esperou a licitação ser concluída para começar a instalação porque os softwares são contemplados por uma modalidade de contrato firmado com a Microsoft em 2014.

Fonte: G1

Share.

About Author

Pai em tempo integral da menina mais linda do mundo. Tira umas 8 horinhas por dia se aventurando como engenheiro para ganhar o leite das crianças.

No tempo vago é amante de tecnologia e inovação. As vezes se distrai com desenvolvimento de hardware, software e automação. É fã do Windows 10 e insider de carteirinha.