Motorola e o Windows Phone 7

4

A Motorola foi um grande parceiro da Microsoft na época do Windows Mobile 6.X, o Q11 é um bom exemplo disso, mas depois da adesão ao Android da Google, a empresa abandonou totalmente a corporação de Bill Gates, e se maravilhou e se entregou totalmente as propostas da Google. Isso levou a Motorola a adotar quase que em 100% de todos os seus modelos de smartphones o OS da Google. No começo tal parceria rendeu milhões de dólares a Motorola que havia perdido mercado para seus concorrentes e esteva passando por uma fase negra de sua história. O Android conseguiu ressuscitar a empresa a tornado mais uma vez uma das maiores fabricantes de aparelhos celulares do mundo. Crescimento esse que teve como ponto de partida o lançamento do conhecido Motorola Milestone que roda a versão pura do Android.

Mas, infelizmente, a empresa há algum tempo, via vice-presidente corporativo de softwares e serviços de gestão de produtos da Motorola, o Sr. Christy Wyatt, criticou firminente a Microsoft pelo Windows Phone 7 e deixou bem claro que não tinha nenhum interesse em participar do lançamento da plataforma nem de lançar qualquer modelo com o novo OS, pois, afirmava que o futuro da telefonia móvel é o Android.

Com o passar do tempo, a Motorola viu seu investimento no Android desmoronar, tendo em vista que o sistema da Google também foi adotado por empresas como a Samsung, LG, Sony, HTC entre outras menores, as quais levaram uma boa fatia de seus consumidores, fazendo com que desde o começo de 2011 a empresa tivesse uma queda de 38% no valor de sua ações na bolsas de valores americana a Dow Jones. Também devido a fragmentação da plataforma da Google, sua evolução gradual tem sido coloca a prova por diversos críticos do assunto.

Tudo isso é uma pena, porque? Por que queríamos muito ver um aparelho da Motorola rodando o Windows Phone 7, seria ótimo termos mais um concorrentes dos grandes para o OEMs que já existem e os que virão em breve da Microsoft como a Nokia, a HTC e a Samsung. O Sr. Christy Wyatt, deveria tomar muito cuidado ao fazer suas afirmações, especialmente quando o mesmo tentou prever o futuro da telefonia móvel, futuro esse no qual existe espaço para todos, inclusive para o Android e para o Windows Phone conviverem pacificamente. Não há nenhum mal em escolher uma estratégia de sucesso para alavancar as vendas de uma empresa, mas, estar presente em todos os lançamentos também é uma estratégia de sucesso, igualmente como faz a HTC que tem tanto aparelhos com Android como com Windows Phone 7. Lamentável!

Fontes: WPcentral e MarketBeat (WSJ)

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Pingback: Motorola volta atrás e afirma que está aberta ao Windows Phone se convidada - Windows Phone Brasil : Windows Phone Brasil()

  • Jonatas H. Silva

    É, a Htc é um exemplo e tanto de uma empresa de visão. Creio que a Motorola vai desconversar quando o Windows Phone ficar mais evidente.. Vamos esperar..

    • Alexandre Lima

      já eu tenho certeza que a Motorola vai desconversar quando o Windows Phone começar a bombar. E com certeza cedo ou tarde, eles vão querer lançar um aparelho com WP7.

    • Aldrey

      Pois é… a Motorola está sendo muito “burra” em não lançar ao menos um aparelho com Windows Phone 7. Será que a Google está enfluenciando em alguma coisa nesse negócio todo? do tipo contrato ou algo assim?