Não morreu! Satya Nadella sugere que o dispositivo móvel da Microsoft rodará o Windows OneCore e deverá ter foco em empresas

0

Em uma recente entrevista a GeekWire Summit, o CEO da Microsoft, Satya Nadella, insinuou que a empresa está aproveitando seus recursos para criar um dispositivo móvel com foco em empresas que rodem o Windows. Todd Bishop, da GeekWire, perguntou diretamente a Nadella:

“Você desistiu de [fazer]hardware de smartphone?”

A resposta de Nadella pode surpreendê-lo.
Não para os consumidores

Nadella começou sua resposta ao identificar a incapacidade da Microsoft de competir no mercado de consumidor de smartphone.

“Nós … não temos o share para ter um hardware de smartphone que seja uma escolha real para o consumidor. Não podemos atrair desenvolvedores.”

A maioria dos especialistas está consciente desse dilema. Nadella continua sua resposta expressando o que a Microsoft está fazendo no mercado mobile:

“O que estamos fazendo é garantir que o nosso software esteja disponível para que possamos atender o cliente corporativo, que realmente não se preocupa com muitas coisas sobre as quais um consumidor irá importar.”

Nadella foi direto ao ponto e definiu o público-alvo da Microsoft em “smartphones”: clientes corporativos, mas, os clientes corporativos atualmente, já utilizam iOS e Android para trabalhar e na vida pessoal.

É importante notar que Satya Nadella não disse que a Microsoft desistiu dos smartphones. O que vemos até agora é um reconhecimento da incapacidade da Microsoft de competir no mercado consumidor e uma declaração de que a Microsoft está trabalhando para garantir a disponibilidade dos seus softwares para clientes corporativos que não tem a mesma exigência ou necessidades que os consumidores tem ou se preocupam.

OneCore significa que o Windows 10 Mobile não é necessário

Nadella continua:

“[É] um sistema operacional para nós. Portanto, não é como se tivéssemos um sistema operacional de telefone separado do sistema operacional Xbox, separado do sistema operacional Windows, é uma plataforma.”

Os recentes tweets do vice-presidente de operações da Microsoft, Joe Belfiore, sobre o Windows 10 Mobile, foram interpretados como uma declaração oficial de que a Microsoft desistiu dos celulares, esse ponto é particularmente interessante. Belfiore estava na verdade, referindo-se ao encerramento do Windows 10 Mobile apenas, um OS exclusivo para telefones e hardware tradicional de smartphones.

A resposta de Nadella em relação aos celulares foi clara: não há um sistema operacional de telefone separado; há apenas o Windows. Isso é consistente com a estratégia One Windows – Um-Windows-para-todos-os-tipos-de-dispositivos da Microsoft, o Core OS. Assim, o Windows 10 Mobile não é mais necessário para a Microsoft executar a sua estratégia móvel, por isso os tweets de Belfiore.

Surface
Depois de estabelecer o posicionamento corporativo dos softwares da Microsoft e enfatizando que há apenas um Windows, Satya Nadella aborda a questão do hardware assim:

“[É] onde estamos agora e o que somos agora, é só ir lá e ver o que vamos fazer com a linha Surface.

E Nadella provocou:

“Como vamos empurrar os limites do que é um PC mesmo?”

Neste momento, lembrei do nosso querido André H Buss e sua pergunta recorrente:

“Não vai ter mais smartphone com Windows 10?”

Aqui, Satya Nadella responde a pergunta inicial:

“Você desistiu de [fazer]hardware de smartphone?”

Sua resposta indica que o objetivo é redefinir o PC. Quando Nadella fala sobre empurrar os limites do PC, é a resposta da pergunta sobre os smartphones. Novamente, é consistente com a nossa análise de que a Microsoft está construindo um PC Surface Ultra-Mobile com o Core OS que também irá fazer ligações.

Bishop perguntou: “O que você vai fazer na linha Surface? Existe algum modelo que você esteja mais interessado e que a Microsoft ainda não entrou?” Nadella responde:

“Eu definitivamente não vou falar sobre isso antes de eu ter o dispositivo. Mas … Não se trata do dispositivo; É o software mais o dispositivo. O fato de termos agora essa capacidade de fazer de ponta a ponta … do silício para a nuvem é o que temos que usar para inovar novas categorias e, claramente, a criação de categorias vai ser uma grande parte do que nós temos que fazer.”

Nadella reconhece que a Microsoft está dedicada a utilizar sua capacidade de construir dispositivos “de silício para nuvem” para criar uma nova categoria.

A resposta de Nadella à pergunta: “Você desistiu de [fazer]hardware de smartphone?” não era “sim”, como a maioria poderia imaginar que seria. Em vez disso, vemos uma expressão cuidadosamente articulada de uma estratégia móvel centrada no corporativo.

Resumindo:

  • Nadella explica que o foco em usuários corporativos existe porque eles não se importam com coisas que os usuários comuns se preocupam.
  • Ele confirma a estratégia one-Windows-for-all-devices, não confirmando nenhuma necessidade do Windows Mobile.
  • Ele divulga o objetivo de redefinir o PC no contexto de uma discussão sobre smartphones.
  • E ele fala sobre a criação de categorias que envolvem sinergia hardware-software-nuvem.

Isso tudo foi em resposta a uma pergunta direta sobre a posição da Microsoft na construção de hardware móvel. Parece que Nadella está dizendo que os esforços móveis da Microsoft estarão com um PC Surface focado em empresas, com um fator de forma e telefonia únicos, executando o Core OS, muito provavelmente, terá algo relacionado com o WoS (Windows on Snapdragon), os novos dispositivos mobile que serão revelados da parceria com a Qualcomm.

Se for verdade, este dispositivo centrado na empresa será consistente com o foco cada vez maior do consumidor da Microsoft. Se terá sucesso? Não podemos garantir, mas é aí que a Microsoft parece estar colocando suas apostas.

E você, o que achou das declarações de Satya Nadella? Ansioso por um Surface móvel?

Fonte: Windows Central

Share.

About Author