JogosNotícias

Nasce a Google Stadia para concorrer com a plataforma xCloud

Partindo na frente mais uma vez, o Google anunciou a Stadia, que nada mais é do que uma plataforma de streaming de jogos que promete oferecer jogos de alta qualidade sem exigir um poderoso console para rodá-los. Na verdade, a ideia é ofertar jogos para dispositivos pequenos e móveis, como smartphones, tablets e outros e também para desktops, laptops e até smart TVs.

“Descobrimos que podemos levar qualquer jogo grande para qualquer dispositivo por meio do Google Chrome”, afirmou o presidente da Google Sundar Pichai no palco da GDC 2019 em San Francisco, Estados Unidos.

Isso mesmo, pelo Chrome, ou seja, pelo navegador de internet, sendo assim, já nesse primeiro momento o Stadia funcionará em desktops, laptops, televisores inteligentes, smartphones e tablets e deve abrir inúmeras possibilidades para jogatina remota, permitindo que a diversão comece em um dispositivo e continue em outro exatamente do ponto em que você parou, já que tudo poderá ser sincronizado via web.

De fato, a grande sacada do Stadia é oferecer um serviço que não exige um console de jogos, porém, não podemos esquecer do grande e principal fator em torno do serviço, que é a conexão com a internet, então, de quantos Mbps estamos falando? Segundo o Google, uma conexão de 25 Mbps será suficiente para rodar grandes jogos na resolução 4K a 60 fps. A questão é que em uma prévia o Assassin’s Creed Odyssey rodando no Stadia durante 50 horas consumiu 300 GB de dados, o que levantou algumas dúvidas quando essa velocidade. Além do mais, eles não falaram muito da latência, algo essencial na jogatina online.

Ao menos o hardware virtual prometido para quem usa o Stadia é algo fora de série, sendo uma GPU de 10,7 teraflops de potência, superior até ao Xbox One X, que oferta 6 tflops e mais ainda do que o PlayStation 4 Pro, que oferece 4,2 tflops. Eles foram mais além dizendo que no futuro a plataforma contará com jogos na resolução 8K a 120 fps.

Resultado de imagem para Google Stadia

Quem quiser um pouco mais de comodidade poderá adquirir o Stadia Controller (imagem abaixo), que é um joystick dedicado a plataforma que poderá se conectar a seus dispositivos para juntos criarem uma experiência mais imersiva. Ele conta com um design simples, com botões analógicos numa posição muito semelhante ao controlador do Playstation da Sony, um botão para auxiliar no compartilhamento de seus streamings direto no Youtube, entre outras coisas.

Resultado de imagem para Google Stadia

A plataforma será lançada ainda este ano primeiramente nos EUA, Canadá e Europa. Não há previsão de quando e se ela chegará por aqui.

Enquanto Microsoft, Sony e Nintendo dormiram no ponto, o Google foi lá e passou na frente de todos ao anunciar um serviço há muito prometido pelas gigantes do mercado de games. E o Google não está para brincadeira não, já que anunciou que até jogos exclusivos devem chegar para a Stadia.

Considerando que hoje existem mais pessoas jogando em smartphones do que em consoles e desktops, eu sendo uma desses gigantes corria atrás do prejuízo antes da E3 2019… então, chegou a hora de deixar o xCloud sair da jaula…

Fonte > tecmundo

Alexandre Lima
Microsoft MVP Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!