Nokia MyOrigo deveria ter sido o responsável pela revolução touch screen e não o iPhone

14

Um dos fundadores da nova empresa chamada do NewKia, Thomas Zilliacus, criada com o propósito de reviver as antigas diretrizes da Nokia, divulgou ao CNET imagens de um protótipo de smartphone da Nokia desenvolvido em 2002, o Nokia MyOrigo.

MyOrigo nokia touchscreen smartphone antes do iPhone

O grande diferencial do MyOrigo era sua tela full touch screen. Hoje telas sensíveis ao toque são extremamente populares e ver celulares com botões físicos por ai é bem difícil. Porém, em 2002 isso ainda era algo extremamente restrito e um tanto quanto “impopular”. Tanto que os altos executivos da Nokia rejeitaram o projeto e o MyOrigo nunca saiu da sala de projetos da Nokia. Sem dúvida eles hoje estão completamente arrependidos por essa decisão, tendo em vista que 5 anos mais tarde Steve Jobs e sua criação, o iPhone, provocaria uma revolução tecnológica no mercado de telefonia móvel popularizando o uso de telas full touch screen em todo o mundo.

MyOrigo nokia touchscreen smartphone antes do iPhone img3

Tudo bem que o MyOrigo é bem gordinho e meio desajeitado, contudo, se observarmos com cuidado outros smarts da época, ele era bem moderno (entre Blackberrys e Palms). Sua interface lembra muito o antigo Symbian que ainda rodava no poderoso e desejado Nokia N95, este que dominou o mercado de smartphones por algum tempo, só que adaptada para a tela sensível. Tinha até uns botões físicos bem diferentes.

MyOrigo nokia touchscreen smartphone antes do iPhone img2

Perto do iPhone 4 obviamente ele parece ainda mais desajeitado, mas, vale lembrar que a diferença de 5 ou 7 anos de design faz muita diferença e podemos afirmar com certeza que se ele tivesse chegado ao mercado, hoje as coisas poderiam ser bem diferentes para a Nokia. Faltou um Jobs visionário na Nokia em 2002, pois, o MyOrigo sem dúvida estava a frente do seu tempo.

Fontes: CNET Asia via: Tecmundo

Obg ao Gustavo Vasconcelos pela dica 😉

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Paulo André

    espero que a Microsoft não. Decepcione mais e continue inovando sem ter medo!

  • Nick Wr
  • Franknaldo Gomes

    a nokia sempre esteve à frente mesmo, dede o 9300, 6600, N8 endiante

  • João Fernandes

    Olha juntos com IPhone já havia em seu lançamento tabletes com SO Maemo. A questão do grande sucesso tem haver design de carcaça e de software além de uma gama de jovens fãs da Apple que ajudaram a divulgar o produto.

  • Fábio Moser

    Antes do iPhone já tínhamos dispositivos touch. A própria Samsung foi uma das primeiras a implementar telas sensíveis ao toque em seus telefones. Oras oras…

    Já to vendo, daqui 10 anos, pessoas falando que interfaces planas, com formas geométricas retas e cores solidas foi uma inovação da Apple que mudou o design de sistemas operacionais.

    • Jeane

      Pensei exatamente a mesma coisa, a maioria do pessoal que comenta aqui não possuía celular ou smartphone quando o Iphone chegou ao mercado.

    • Luis Carlos Carvalho

      – Primeiros aparelhos da Samsung com tela Touch foi o Samsung i700 junto com o i500 ambos lançados em março de 2004, o primeiro usava Microsoft Windows PocketPC 2003 Phone edition e o segundo o Palm OS.

      – Primeiro Motorola foi o A6188, OS proprietário lançado no ano de 2000.

      – Primeiros Nokia foram os 7700/7710 ambos lançados no quarto trimestre de 2003 e usavam como OS o Symbiam.

      – Primeiro LG foi o LG KE850 Prada com OS proprietário foi lançado em janeiro de 2007.

      – Primeiro Iphone foi lançado em janeiro de 2007 com o OS IOS sem versão definida, mais tarde poderia fazer o upgrade para versão 3.1.3.

      – Primeiro HTC foi o HTC TyTN usava como OS o Windows Mobile, foi lançado em Junho de 2006.

      – Primeiro BlackBerry foi o BlackBerry Storm 9530 utilizava o BlackBerry OS, setembro de 2008.

      – A HP se aventurou também no mundo dos aparelhos touch lançou no quarto trimestre de 2004 o HP iPAQ h6310 com Windows Mobile 2003.

      – A Sony lançou em setembro de 2002 o Sony Ericsson P800 usando como OS o Symbiam.

      – E por ultimo a Palm com seu Palm Treo em 2002.

      Todos os aparelhos citados acima eram touchscreem, tivemos um aparelho da IBM chamado Simon Personal Communicator que foi fabricado em conjunto com a BellSouth, com tela resistiva não fez tanto sucesso na época.

  • guilh@hotmail.com

    O iPhone não foi inovação apenas em tela. Tinha o design, a questão de ser premium, os aplicativos bem desenhados… A nokia poderia até colocar touch no N95 na época que não ia mudar nada do que ocorreu.

    O mercado muda e quem não acompanha, cai.

    • Concordo, o primeiro iphone era suave, com bela animações, tela de grande com otima resolução para epoca. tinha pinch to zoom, fluidez no scroll.
      Isso foi revolucionario.
      Alias, na epoca tinham os HTCs, era superior a esse nokia ai.

  • Suede Santos

    Sair na frente não é revolucionar. Revolucionar e fazer algo inédito que ninguém nunca fz ou poderia fazer. Vaaaaaaaaaaaaaaaaaarias empresas tinha o mesmo plano em suas gavetas a apple só saiu na frente copia é o cacete a questão é logica.

  • Felipe Justino

    tá bom que vcs devem ser fãns da nokia, mas puts… se for levar isso em consideração não faz sentido! se for assim a palm tinha revolucionado! Acho que a Apple que realmente revolucionou, e é um padrão usado e copiado até hoje, não tem como negar isso! O iphone pra época que lançou foi uma coisa realmente revolucionaria!

    • Não deixamos de mostrar que foi o iPhone de Jobs quem revolucionou tudo, apenas estamos especulando que poderia ter sido a Nokia e não afirmando. Títulos são apenas para chamar a atenção e as vezes suas afirmações são explicadas nos textos, como neste caso.

      • guilh@hotmail.com

        O último parágrafo afirma que “… com certeza que se ele tivesse chegado ao mercado, hoje as coisas poderiam ser bem diferentes para a Nokia…”

        • Vc disse tudo: PODERIA, Futuro do Pretérito do Indicativo, isto é, uma possibilidade do passado que poderia mudar o futuro, porém, que nunca poderá ser comprovada.