Aplicativos

Novo Microsoft Edge será muito diferente do que estamos acostumados

O novo Microsoft Edge, que será oficialmente lançado em breve, será muito diferente do que estamos acostumados… a nova versão do browser padrão do Windows 10 será algo completamente fora dos padrões antes adotados pela gigante de Redmond. Hoje, vamos dar uma olhada nas principais mudanças que estão por vir e entender porque ele é completamente diferente do antigo Internet Explorer e até mesmo da atual versão oficial do Edge que vem com o Windows 10.

Motor de renderização

Atualmente, o motor de renderização, que como o próprio nome já diz é a ferramenta responsável por impulsionar o browser, é seu coração, a força motriz usadas para abrir seus web sites e permitir que você visualize as páginas da melhor maneira possível e no menor tempo de carregamento possível, no Edge, que vem com o Windows 10 é o EdgeHTML.

EdgeHTML
O EdgeHTML pode até não morrer num primeiro momento, mas seu futuro ainda é incerto

Pois bem, a Microsoft vai deixar seu motor de renderização proprietário de lado e passará a adotar o Blink, que é o motor de renderização usado no Projeto Chromium, no qual o novo Edge é baseado. A título de curiosidade, o Blink também é usado pelo Google no seu navegador padrão, o Chrome. Isso é meio óbvio, já que até pelo nome já dá para perceber que o Chrome é baseado no Projeto Chromium, mas as vezes o óbvio tem que ser dito.

Sendo assim, a grande mudanças já começa nas entranhas do browser, que passará a usar um mecanismo de renderização que vem de um projeto de código aberto já amplamente difundido e com um merecido sucesso entre usuários, deixando de ser algo proprietário. Tempos atrás isso algo impensável dentro da MS. Seu nível de compatibilidade é gigantesco, então, não espere menos que compatibilidade com praticamente tudo que existe hoje na internet. Teste já comprovaram que ele também é mais veloz, que é o detalhe que mais interessa para maioria das pessoas. Então, ao meu ver, nesse ponto só temos a ganhar.

Design e identidade visual

A princípio, ninguém notará uma grande mudança no design do browser quando comparado ao Edge atual. Ele ainda lembra bastante a atual versão estável do Edge ainda baseado no EdgeHTML, porém, o próprio Edge atual é uma grande ruptura com o IE.

Além disso, basta navegar um pouco pelo aplicativo para perceber outras grandes mudanças, como por exemplo, nas configurações. Ficou tudo mais minimalista e centralizado. A forma de lidar com as abas também ficou mais simples. De fato, o browser ainda carece de funcionalidades atualmente presentes no Edge antigo e no Chromium, no entanto, na impede de novas funcionalidades ligadas a usabilidade e design serem implementadas a seguir.

Resultado de imagem para microsoft edge new logo
A esquerda a logo do Internet Explorer a sua direita a do Microsoft Edge atual. Alguma semelhança?

Outra grande mudanças foi na logo oficial do aplicativo. No começo de tudo, a MS optou por criar uma identidade visual para a logo que em muito lembrava o IE e foi um tiro que saiu pela culatra, já que boa parte dos usuários ainda tem um rancor pelo IE guardado no fundo dos seus corações. Diante disso, eles resolveram dar um salto gigantesco e criaram essa nova logo para o novo Edge baseado no Chromium.

Resultado de imagem para microsoft edge new logo

Claro que sempre aparece os deslikes e já tem gente dizendo que essa logo nada mais é do que a logo do Firefox invertida. Falta de criatividade da MS ou apenas criatividade demais dos haters? Veja você mesmo no comparativo abaixo… agora, tire suas próprias conclusões. Só adianto que a ideia da nova logo é exibir algo que remeta a letra “E” do Edge e ao mesmo tempo ao “C” do Chromium. Se a ideia era essa, deu certo, caso contrário… copiou, girou, trocou as cores e postou.

Resultado de imagem para microsoft edge new logo

Velocidade e funcionalidades

Falando agora do que realmente interessa de um navegador de internet, uma das maiores vantagens prometidas pela própria Microsoft para o novo Edge é seu desempenho de uma maneira em geral. Além disso, eles prometeram uma pancada de funcionalidades.

Testes sem fim postados no Youtube e em diversos outros canais já mostraram que o novo Edge é tão rápido quanto o Google Chrome, Firefox e muitos outros browser. Até mesmo mais do que sua própria versão baseada no EdgeHTML.

Agora, vamos a um pequeno resumo das principais novidades funcionais do novo Edge Chromium Based:

  • Diferente do Edge baseado no EdgeHTML antigo, que é restrito a quem usa o Windows 10, o novo Edge baseado no Projeto Chromium poderá ser baixado em várias outras plataformas além do Windows. Quem pensou na versão do Edge para o Android e iOS, não se engane, nem um dos dois usa o EdgeHTML.
  • Você poderá usar as mesmas extensões utilizadas no Chrome no novo Edge. Ou seja, agora, existem infinitas possibilidades de agregar funcionalidades ao seu browser. E o melhor… elas poderão ser baixadas da própria Chrome Store
  • Existem vários temas disponíveis no browser e não apenas o tema claro e escuro. É mais poder para personalizar o app a seu gosto
  • Você pode sincronizar tudo o que quiser no Edge utilizando sua conta Microsoft e posteriormente logando com sua conta Google (histórico, senhas, favoritos, etc).
  • Ele é perfeitamente compatíveis com todos os aplicativos by Google.
  • Ele possui ferramentas de tradução, otimização de bateria, layout, gerenciador de PDFs, leitura e muito mais. Muitas outras funcionalidades são implementas a cada nova build

Lançamento

A versão estável e oficial ainda não foi liberada. Até vazou uma build que teoricamente seria bem próxima da versão final. Falamos dela aqui, porém, a MS não confirmou se esta seria ou não a versão. Eu creio que não.

Rumores apontam para o lançamento oficial em 15 de janeiro de 2020, algo que também não foi confirmado.

Se você ficou interessado no novo Edge, se inscreva aqui no programa insider e tenha acesso as versões Beta, Dev e Canary.

Alexandre Lima
Microsoft MVP Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!