Segundo informações do site Fudzilla, a Nvidia, empresa que é muito conhecida por suas GPUs (placas de vídeo), já havia sido convidada pela Microsoft para fornecer hardware para rodar o Windows em processadores com arquitetura ARM. O primeiro convite foi pouco antes do lançamento do primeiro Surface RT, com o já morto Windows RT, porém, na ocasião, a Nvidia teria recusado a oferta da Microsoft por considerar que o interesse do usuário final não valeria o esforço do projeto.

Pois bem, pode ser que tanto a Nvidia como a Samsung equipem novos dispositivos com seus processadores ARM, porém, desta vez, as máquinas não rodariam o Windows RT, mas sim, o já maduro Windows 10. Tudo vai depender do sucesso e do investimento que a Microsoft terá e fará.

Do lado da Samsung poderíamos esperar uma máquina equipada com um Exynos, que, segundo relatório de benchmark, é praticamente tão poderoso como seus equivalentes da Qualcomm.

Por hora, só podemos confirmar a existência de um único processador com arquitetura ARM habilitado para rodar o Windows 10, que é o Qualcomm Snapdragon 835. Inclusive vários testes já foram feitos com ele. (veja mais detalhes aqui). Além dos rumores comentados acima, há outras informações de que a Intel pode lançar novos processadores ARM também. 

O foco do Windows 10 em dispositivos com processadores ARM é o aumento na autonomia da bateria, redução do tamanho do chipset, diminuição da temperatura do dispositivo, conectividade celular habilitada em tempo integral e custo.

Empresas como ASUS, Lenovo e HP já confirmaram que lançarão novos dispositivo com esses processadores e Windows 10, então, resta apenas aguardar pelas novidades, que agora podem vir de outras bandas…

Fonte: MSPoweruser