NYPD sai em defesa dos seus Lumias e explica algumas coisas em torno da polêmica

0

Essa semana vimos uma enorme polêmica em torno do fato da NYPD, que conta com o maior quadro de policiais dos EUA, ter decidido atualizar os telefones utilizados pelos seus agentes dos atuais 36.000 Lumias para iPhones até o final deste ano.

Há cerca de 2 anos, a cidade de NY comprou smartphones Nokias Lumia 640 XL e 830 da Microsoft como parte de uma iniciativa de mobilidade da NYPD, o que somou um investimento de U$160 milhões de dólares feita pelo prefeito Bill de Blasio. Tal iniciativa foi bastante elogiada e foi tida como “um passo enorme para o século XXI”.

A questão é que algum tempo depois do último telefone ser entregue, funcionários já planejam começar a substituir todos esses modelos de Lumias por iPhones novinhos em folha. O motivo seria o fato da Microsoft ter encerrado o suporte ao Windows Phone 8.1, sistema operacional base que vem equipado nesses Lumias, mas, como bem sabemos, ambos os modelos podem ser atualizados para o Windows 10 Mobile de forma oficial e todos os aplicativos personalizados continuariam funcionando, no entanto, a decisão parece já ter sido tomada.

nypd-smartphones-10

Diante disso, gerou-se uma polêmica enorme em torno do fato. A questão é que na ocasião muita gente falou que isso não era nada demais, afinal, estamos falando de meros 36.000 telefones e não deveríamos dar nenhum mérito a parceria, porém, agora, com a decisão da NYPD de migrar para o iPhone, esse mesmo número irrisório de telefones virou quase que um mercado inteiro.

De qualquer forma, devido a proporção que a notícia tomou pelo mundo a fora, temos aqui uma declaração da Microsoft sobre o caso e também da NYPD:

Sobre isso a Microsoft disse ao pessoal do ZDNET:

“A Microsoft orgulha-se da nossa parceria com a NYPD. Continuaremos a oferecer suporte os telefones Windows da NYPD”.

Sobre o caso, a NYPD falou:

“Este domingo, enquanto um repórter do NYPost estava escrevendo sua história, os oficiais da NYPD usavam seus smartphones Lumia para ajudar a responder a mais de 25.000 chamadas do 911; executou 18 mil pesquisas; e visualizou 1.080 folhetos de pessoas desaparecidas ou procuradas. E o domingo é um dia calmo.

Os smartphones tornaram nossos policiais mais inteligentes, rápidos e mais ágeis em sua resposta às chamadas do 911, com tempo de resposta baixo em mais de 8% dos casos. Se é o pai cujo filho está desaparecido, ou i motorista que precisa de uma cópia de um relatório de acidente ou uma vítima de violência doméstica cuja vida pode ser salva por uma resposta de emergência mais rápida, o programa de smartphones tornou o NYPD ainda mais eficiente.”

Além dessa nota da própria NYPD, a idealizadora do projeto e da parceira que é vice-comissária de polícia da tecnologia da informação, Jessica Tisch, disse:

“Há 3 anos, nem o iOS nem os telefones Android nos permitiram efetivar o investimento anterior em aplicativos personalizados do Windows”, e eles não ofereciam a capacidade de efetivamente proteger 36 mil dispositivos.”

Tisch

Ela também lembrou que os dispositivos foram oferecidos de forma gratuita e que após dois anos a organização poderia mudar para qualquer outro dispositivo, também gratuitamente, bem como um contrato padrão de celular. Ela também observou que sua iniciativa com smartphones Windows ficou 45% abaixo do orçamento, o que significa que seu orçamento inicial planejado para 2 anos agora duraria para até 4. Ela disse que os planos de mudar para o iOS começaram há um ano, após melhorias no sistema operacional da Apple, o que permitiu uma melhor capacidade de gerenciamento e segurança.

Sendo assim, foi como falamos antes, existiam muito mais informações nas entrelinhas desta parceria do que um simples post pode elucidar. Inclusive tem o fato da Microsoft ter se comprometido a trocar os telefones entregues após 2 anos de forma gratuita, porém, HOJE, não há telefones baseados em Windows que ela possa oferecer a NYPD, tendo em vista que o hardware/smartphone mais atual da Microsoft data de 2015. Sendo assim, a parceria seguiu com seu rumo, que já previa uma atualização de hardware dos oficiais e também já tinha uma sobra de orçamento, como disse Tisch.

Talvez o fato que mais incomode a todos, e a nós também, está muito mais relacionado a ausência de qualquer novo telefone com Windows do que com a mudança da NYPD. Sem dúvida já passou da hora da Microsoft escancarar seus planos para o mercado de smartphones ou dispositivos móveis ultraportáteis, já que especula-se que a Microsoft lançará um novo aparelho que também funciona como smartphone, mas não é um smartphone. Vamos lá Microsoft… mostre o que vem pela frente…

Fonte: MSPoweruser e ZDNET

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!