O Bing é maior do que você pensa

0

Ele teria que ser, é o que você provavelmente está pensando. Mas, a Microsoft fez apresentou dados de uso do Bing, através do Twitter, no mundo todo esta semana.

Em todo o mundo, o Bing tem apenas cerca de 9 por cento de uso, que é um número considerável, já que o Google domina essa área há anos. Isso equivale em média, a 12 bilhões de buscas mensais.

Na Europa, o Bing tem apenas 9 por cento de uso também e abaixo dos 5 por cento no mercado da América Latina e Ásia/Pacífico. O Brasil é destacado com meros 4 por cento de uso, o que é relativamente surpreendente, já que a população por estas bandas tem um amor pelo Google… Neste ponto você provavelmente já está se perguntando: o que eles estão comemorando?

Bem, o Bing tem uma carta na manga, e está consideravelmente melhor em certos mercados.

Nos Estados Unidos, por exemplo, o buscador da Microsoft soma 33 por cento de todas as buscas de Internet — ou 5 bilhões de pesquisas por mês — acontecem através do Bing. Isso é verdadeiramente impressionante!

No Reino Unido o Bing atinge 25 por cento, 24 por cento em Taiwan e Hong Kong, seguido por 19 por cento na França. Veja a imagem abaixo:

Como o Bing pode ter números tão bons em determinados mercados?

Se eu tivesse que adivinhar, a maioria do sucesso do Bing vem do motor de busca padrão no Microsoft Edge e Internet Explorer. E que os países com o alto uso do Bing devem ser países em que os PCs com Windows, especialmente os PCs com Windows 10, estão indo muito bem, obrigado. Lembre-se que a Microsoft informou oficialmente que existem 500 milhões de dispositivos com Windows 10 no mundo todo, logo, o PC não morreu.

Os números na China não foram revelados, já que por lá, a banda toca diferente, onde nem o Google tem chance neste mercado, que é assim, como no resto do mundo, em sua maioria mobile.

Fica a dúvida:

Em um mundo que é dominado pelo smartphones Androids, um buscador amado pelas pessoas e que tem o nome Google como sinônimo de busca em dicionário; como pode ainda, o Bing da Microsoft ter 33 por cento deste mercado nos EUA e uma boa fatia em outros mercados?

Fica a lição que o jogo só termina quando o juiz acaba… e tudo pode mudar, em todos os mercados. 😉

 

Fonte: Thurrot

Share.

About Author