O Gorilla Glass protege mesmo a tela do aparelho contra quedas?

85

Muitos usuários reclamam que a tela dos seus aparelhos quebraram ao cair de um altura consideravelmente pequena. A reclamação é fundamentada no fato da tela do gadget ter algum tipo de proteção no vidro (tela), como o Gorilla Glass da Corning. Mas, será que esse vidro é tão resistente assim nesta questão? Vamos entender.

Corning Gorilla GlassVamos usar como exemplo a tecnologia da Corning que é a mais conhecida no momento, mas, existem outras quase tão boas quanta a deles. O nome dado pela Corning ao seu vidro super-resistente foi Gorilla Glass, este que já está em sua terceira geração e equipação quase 20% dos atuais gadgets portáteis do mercado.

Bem, o Gorilla Glass é um tipo de vidro de alta resistência e dureza composto de minerais de aluminossilicato. Segundo a descrição da própria Corning em seu site oficial, seu material é altamente resistente a RISCOS e tem um alto grau de DUREZA. De acordo com o teste de dureza de Vickers, o Gorilla Glass 2 tem índice de 622, enquanto o diamante tem 910. Sendo assim, o Gorilla Glass tem uma dureza realmente bem considerável, contudo, isso o torna ainda mais propício a trincas e quebras do que os plásticos usados em outros aparelhos sem essa proteção. Mas, porque?

Os materiais reagem de forma diferente de acordo com suas propriedades, e materiais que deformam mais facilmente, que são menos duros, conseguem absorver o impacto de uma queda ou um golpe com muito mais facilidade que um outro mais duro que quase não sofre deformação numa queda ou golpe. Com o Gorilla Glass é justamente assim. Devido a ele ser muito duro, ao cair ou ser golpeado com muita força, ele quase não sofre deformação ou compressão e a tela do aparelho termina absorvendo toda a força do impacto e por muitas vezes trinca. Quem já teve esse desprazer, deve perceber que a tela apenas trinca, mas não quebra totalmente. Isso é consequência do alto grau de dureza do vidro da Corning. Outro exemplo é que se você golpear uma pedra de diamante ela quebra facilmente, contudo, quase não é possível riscá-la.

Ainda com relação ao Gorilla Glass, o ângulo da queda ou do golpe também podem ser deternimantes para a quebra ou não da tela. Então, seu aparelho pode cair de uma altura grande, mas não quebrar, assim como pode cair de cima do sofá e trincar.

Sendo assim, o Gorilla Glass cumpre com o que promete, que é proteger o aparelho contra riscos e pequenos impactos, mas, essa é a promessa da marca apenas com relação a resistência da tela, no entanto, o Gorilla Glass não tem apenas esses benefícios. Além disso, ele é mais durável, oferece imagens mais brilhantes e uma maior sensibilidade ao toque do que as telas comuns.

gorilla-glass lumia 920

Então, se possível evite deixar seu aparelho cair no chão ou mesmo que alguma coisa pesada caia sobre a tela dele, afinal, smartphones e tablets não foram feitos para cair ou serem esmagados, e mesmo sabendo que acidentes acontecem, o cuidado é sempre necessário.

No caso do Windows Phone, os Nokia Lumias 710, 800, 900 e 920 e o Samsung Ativ S são os mais conhecidos da linha com WP que usam a proteção Gorilla Glass e que são comercializados no Brasil. Lembrando também que a resistência de uma forma geral do aparelho e sua tela depende da construção do seu corpo como um todo. Vale a pena rever o teste de tortura do Lumia 920 logo abaixo que deixa isso bem claro.

OBS: Não temos a intenção de defender a Corning e seu produto, mas sim, apenas repassar informações relavantes com relação a essa tencologia.

Fontes: Wikipedia, Corning oficial e efunda

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!