A partir do próximo mês, o Instagram permitirá que os criadores vendam seus produtos diretamente no aplicativo. Hoje, a plataforma anunciou novos Requisitos de Elegibilidade para o Comércio que expandem o acesso ao Instagram Shopping para mais empresas, incluindo criadores. Além disso, durante a pandemia, quando muitos ainda não vão às lojas, isso pode ajudar os criadores a vender mais produtos e ganhar a vida.

Os requisitos atualizados entram em vigor no dia 9 de julho e se aplicam a todos os países onde o Instagram Shopping é suportado. Além disso, as contas dos criadores precisam demonstrar confiabilidade e ser apoiadas por uma presença autêntica e estabelecida, que “também pode incluir a manutenção de uma base suficiente de seguidores”. No entanto, o Instagram não especificou quantos seguidores os criadores precisam para se qualificar. Os criadores também terão que etiquetar produtos no Instagram a partir de um único site que eles possuem e vendem.

Instagram permitirá que os criadores vendam seus produtos

O Instagram trabalha há anos para tornar as compras a base da sua experiência com aplicativos. Ele introduziu tags de compras pela primeira vez em 2016 e, em 2018, incorporou um recurso de compras ao Stories e à guia Explorar. Em 2019, celebridades e influenciadores tiveram acesso aos recursos de compras do Instagram. Mas até agora, os criadores do Instagram foram amplamente deixados de fora da experiência de compra – o YouTube deixou os criadores nos EUA venderem mercadorias desde 2018. Faz sentido que o Instagram permita que os criadores também participem das compras.

Fonte: Engadget

O Instagram permitirá que os criadores vendam seus produtos no aplicativo. O que você achou da iniciativa? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no ícone azul da rede social ao lado!