O Nokia N95 foi eleito o melhor smartphone de todos os tempos para sua época. Você concorda?

51

O pessoal do The Verge, renomado site de tecnologia americano, postou recentemente uma matéria muito interessante onde eles elegeram o melhor smartphone de todos os tempos para a sua época. O vencedor foi o Nokia N95… mas será que foi justo?

Nokia N95 Symbian

Ele foi lançado em 2006, pouco tempo antes da Apple apresentar o seu primeiro modelo de iPhone. A maioria poderia atribuir o título justamente a criação de Steve Jobs, por ele ser construído em um material metálico, por ter uma tela full touch screen, pelo sistema ser mais fluido e intuitivo, mas, o N95 era mais poderoso e cheio de truques e recursos. Vamos dar uma olhada nas configurações dele:

  • Processador ARM 11 com 332Mhz de velocidade com um acelerador de gráficos 3D
  • Tela de 2.6 polegadas com resolução de 240×320 pixels e 154ppi
  • Medidas 99 x 53 x 21 mm
  • Peso 120g
  • Até 8Gb de memória interna
  • 64Mb de RAM
  • Câmera de 5mpx com autofocos, lentes Carl Zeiss e led flash e que grava vídeos em 480p a 30fps
  • Câmera frontal QVGA
  • Bateria de 950mAh
  • E mais: 3G, Bluetooth, Wi-FI, GPS, acelerômetro, teclado deslizante, compatibilidade com TV, Documents viewer (para visualizar documentos do Office e PDF), Pusch to Talk, Voice Dial e Voice Meno, entrada micro USB 2.0 e entrada para fones de ouvido de 3.5mm (quase nenhum smart tinha esse tipo de entrada na época).

Observe que estamos olhando para um aparelho lançado há mais de 8 anos, e mesmo assim temos aqui uma câmera poderosa com autofocus, 8Gb de memória interna, uma bateria considerável, visualizador de documento do Office e tudo isso em apenas 120g. A maioria dos Lumias de hoje top de linha pesam bem mais que isso. Outros mid-end com Windows Phone ainda trazem os mesmos 8Gb de memória interna.

Ele ainda contava com um teclado deslizante inovador que se movia em duas direções. Em uma direção ele abria um teclado físico Qwerty reduzido, e na outra, opções para controles dos arquivos de mídia. Tudo de uma maneira que quando o telefone estava “fechado”, ele nem parecia ter teclados embutidos. Claro que tudo isso lhe redeu uma cinturinha bem avantajada.

N95

Não vamos limitar as comparações apenas aos Lumias, já que o próprio iPhone da Apple chegou meses depois, mas, sem muitas dessas funcionalidades e características de hardware, assim como muitos dos atuais Samsung Galaxys ainda ficam atrás desse modelo.

Chamado por muitos atualmente como o tijolo da Nokia, em seu tempo o Nokia N95 foi chamado de “The King”, pois, ele era considerado o Rei dos smartphones. E mesmo rodando o antigo Symbian OS em sua versão 9.2, ele tinha recursos inovadores e muito úteis no dia a dia se comparado a seus concorrentes na época. Podemos dizer que se usado hoje, ele ainda é um smartphone cheio de utilidade.

Será que você concorda com o The Verge e com a gente? Ou prefere outros modelos, como o Lumia 920, ou o iPhone 4, ou Samsung Galaxy S1, ou qualquer outro.

A Nokia marcou uma geração…

Fontes: The Verge

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Ronan Oliveira

    Eu tive um desse quando tinha 15 ou 16 anos de idade. Metade do salário de estagiário era pra paga-lo, e digo, valeu cada centavo. TOP

  • Marcão Sparcos

    Caramba, eu tive um de 2010 até 2013 uhahuahuhauuhauha

    Foi um dos melhores aparelhos que já tive, todo mundo pagava um pau pra ele…