O Surface da Microsoft destronou o iPad da Apple em Q1 de 2016

0

O iPad da Apple finalmente encontrou um rival a altura, e não! Ele não roda o Android da Google, mas sim, o Windows da Microsoft.

Um relatório da Canalys, renomada empresa de análise de mercado de caráter global, afirma que o tablet Surface Pro da Microsoft vendeu mais do que o dobro do que o iPad Pro da Apple no Reino Unido em Q1 de 2016. Em dados mais reais, o tablet da Microsoft vendeu aproximadamente 275.000 unidades contra 107.000 do iPad Pro da Apple.

O iPad Pro não parece tão grande agora...

O iPad Pro não parece tão grande agora…

Um dos problemas que a Apple enfrenta é o preço, o outro é a familiaridade e aplicações“, disse Tim Coulling, analista sênior da Canalys, na tentativa de explicar por que Redmond saiu por cima dessa vez. O Surface Pro é mais “easier sell” algo como “mais fácil e mais produtivo” para as empresas por causa da compatibilidade com a infra-estrutura corporativa existente. “É um mercado difícil para a Apple“, finalizou o analista.

Da mesma forma que a Microsoft tem dificuldades para entrar no segmento de smartphones pessoais, onde o iPhone leva vantagem, a Apple não consegue ganhar da Microsoft no mercado corporativo, onde o Windows parece invencível. Nesse segmento quem sofre com a “falta” de recursos é o software da Apple, já que, assim como disse Coulling, o Windows que equipa o Surface já conta com suporte a infra-estrutura corporativa existente, enquanto o iOS do iPad Pro não, o que leva os empresários a optarem pelas soluções de Redmond.

Observando esses dados da Canalys fica ainda mais fácil compreender a recente decisão de Satya Nadella e de sua equipe de se desfazer da infraestrutura física voltada para smartphones herdada da Nokia. Uma pena que isso irá impactar a vida de muitos trabalhadores que ficarão desempregados em breve, porém, tratasse de uma restruturação que visa transformar a divisão mobile da empresa num sucesso tão grande quando é a divisão do Surface, ainda mais agora que o Windows 10 é um só.

Surface Pro 4 Windows 10

Sua divisão Mobile deve adorar uma estratégia realmente muito semelhante a sua linha de tablets, onde ela mesma é quem desenvolve tudo (software e hardware), contudo, quem produz ou monta tudo são empresas terceirizadas. É algo que a própria Apple já faz hoje em dia com todos os seus aparelhos. Isso pode até mesmo responder a pergunta sobre como a Microsoft trará seus novos aparelhos para o mercado brasileiro… terceirizando a produção. A fórmula do sucesso do Surface pode até mesmo, um dia quem sabe, trazer o híbrido para o Brasil.

Vale notar também que a MS sem dúvida sabe que o mercado corporativo parece ser a porta de entrada para mostrar seus diferenciais nesse e outros segmentos, o Surface Hub é outro bom exemplo de uma tecnologia que vai começar sendo utilizada dentro das empresas, mas que um dia deve ganhar um lugar na sala de sua casa, já que ele é muito mais do que uma smart TV. Com isso em mãos e com a ajuda dos fãs do sistema, como bem colocou Terry Myerson e o próprio Nadella, virão coisas bem interessantes para curtir mais para frente.

Fontes: theregister

Share.

About Author

Funcionário Público Federal, formado em Licenciatura em Química, Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta do Windows Phone. Carpe Diem