Terca-Feira, 23 de Outubro de 2018
Home Aplicativos

Os PWA não devem funcionar 100% no Windows 10 Mobile (ARM32)

09/04/2018 418 0
Os PWA não devem funcionar 100% no Windows 10 Mobile (ARM32)

Depois que começamos a falar sobre os PWA por aqui e de sua chegada na Microsoft Store, muita gente ficou animada por acreditar que esse modelo de aplicativo poderia dar uma longa sobrevida a smartphones com Windows 10 Mobile, ou Windows 10 ARM32. Mas, não se engane, essa versão do Windows já não é mais o foco e dificilmente ganhará uma sobrevida para além do final do ano que vem, que é quando acaba o suporte oficial a plataforma.

Mesmo sabendo que os PWA são, em sua essência, são sites empacotados que se tornam aplicativos que podem ser usados off-line, com direito a notificações push, funcionamento em segundo plano e até live tiles, os PWA não devem ser 100% funcionais no Windows 10 Mobile…  O motivo disso é que o Service Woker não funciona nos modelos de smartphones atualmente disponíveis no mercado que rodam o Windows 10 Mobile. Sem esse suporte o PWA não poderá oferecer o básico.

Lista dos primeiros PWA disponibilizados na Microsoft Store. Todos eles podem ser usados no Windows 10 Mobile

O básico que estamos falando é que sem o suporte ao Service Woker não será possível receber push notifications, ou realizar processos em background, requisições off-line, entre outras coisas. Isto é, no Windows 10 Mobile, o PWA vai funcionar como um site fixado na sua tela inicial e nada mais. Ele não lhe enviará notificações, não conseguirá rodar em segundo plano nem atender a requisições off-line.

Ainda assim será possível usar qualquer PWA no Windows 10 Mobile, inclusive baixa-lo e instala-lo via Microsoft Store, no entanto, será preciso uma conexão constante com a internet para usa-lo, não será possível receber notificações pela Central de Ações nem as toast e ele não vai rodar em segundo plano como o esperado.

Mesmo que para muitos isso pareça um absurdo ou uma surpresa, para nós isso já era algo esperado. A Microsoft, assim como todas as demais empresas do ramo, já não investem mais em plataformas de 32-bits, que é o caso do Windows 10 Mobile, portanto, eles acreditam que não valeria o esforço tentar adaptar o Microsoft Edge em sua versão para o Windows 10 Mobile para oferecer suporte aos PWA de forma plena. Não podemos esquecer que o último hardware lançado pela Microsoft com o Windows 10 Mobile foi o Lumia 650, lançado no começo de 2016. Isto é, a mais de 2 anos.

Quem confirmou essa informação foi o Kyle Pflug @kylealden, membro da equipe de desenvolvimento do Microsoft Edge. 

Na resposta dada ao pessoal do @WindowsUnited, Kyle confirmou que o Windows 10 Mobile (ARM32) que roda nos últimos Lumias 950, 950 XL, HP Elite X3 e Alcatel IDOL 4S, não possuem suporte aos Service Worker, o que, consequentemente, impede que uma verdadeiro PWA funciona como deveria nessa plataforma.

Fonte: Twitter

Compartilhe:

Comentários: