Polícia de Londres adota o Microsoft Azure para armazenar dados de 22 mil câmeras de vídeo

0

body-worn-cameras-london-police

A polícia metropolitana de Londres, a famosa Scotland Yard, está implantando 22.000 câmeras de vídeo para os seus policiais, e o Microsoft Azure irá armazenar e gerenciar os dados para fácil acesso, em seus novos centros de dados inaugurados recentemente no Reino Unido.

A abertura dos novos centros de dados do Azure e Office 365 em setembro, foi um marco para a empresa, já que a Microsoft é o primeiro fornecedor de serviços de nuvem global no Reino Unido. Além da disponibilidade, aos datacenters da região cumprirá com os princípios de nuvem confiáveis da Microsoft. Isto inclui padrões de segurança, privacidade, transparência e conformidade. Organizações locais e instituições financeiras baseadas no Reino Unido, vão poder utilizar localmente os serviços do Azure e o Office 365.

azure-regions

Com esta novidade, a Microsoft pôde criar mais parcerias, e o serviço de polícia metropolitana de Londres anunciou que está adotando o Microsoft Azure. Ele usará a plataforma de nuvem para armazenar e gerenciar 22.000 mil câmeras de corpo recentemente lançadas.

body-worn-cameras-london-police-02

Mas o que é câmera de corpo?

Conhecida como Body-Worn Video (BWV), é uma câmera que fica presa ao corpo do policial e grava áudio e vídeo o tempo todo. As câmeras foram desenvolvidas pelo Axon, um parceiro da Microsoft, para 22.000 oficiais que vão usar em 32 bairros de Londres.

body-worn-cameras-london-police-03

As imagens serão enviadas para o serviço de nuvem da Microsoft Azure, onde os oficiais podem estudá-la e usá-la em tribunal contra os acusados de delitos. A tecnologia também pode ser usada para proteger os próprios oficiais. Um esquema piloto viu uma redução de 93% no número de reclamações feitas contra a polícia que estavam usando as câmeras. Oficiais usam o sistema BWV para gravar seu turno inteiro; a filmagem é automaticamente carregada para o Azure quando o dispositivo é encaixado em uma delegacia de polícia. As provas serão armazenadas na nuvem, dentro dos datacenters da Microsoft no Reino Unido.

O líder de tecnologia móvel da polícia metropolitana, Adrian Hutchinson, descreveu o sistema.

“Nós queríamos armazenar os dados no Reino Unido, para que possamos proporcionar transparência em torno dos nossos dados e onde eles são mantidos, e a Microsoft é um fornecedor de confiança a longo prazo. Temos os requisitos de segurança de dados abrangentes e a Microsoft satisfez todas as nossos necessidades e não temos nenhuma preocupação.”

Já existem 3.500 câmeras implantadas, com a previsão de concluir o restante até julho de 2017. O projeto de conectar as câmeras dos oficias da polícia de Londres com a nuvem da Microsoft está custando ao governo de UK £ 10 milhões de libras.

“Nossa experiência em usar câmeras, já mostra que as pessoas são mais propensas a se declarar culpadas, quando eles sabem que nós capturamos o incidente em uma câmera. Isso acelera a justiça e coloca os criminosos atrás das grades mais rapidamente e o mais importante, protege as vítimas em potencial.

“Um vídeo de captura de eventos é uma forma que não pode ser representado no papel com o mesmo detalhe, uma foto pinta mil palavras e mostrou-se que a simples presença desse tipo de vídeo muitas vezes pode desarmar situações potencialmente violentas, sem a necessidade de usar a força,” Disse o comissário, Sir Bernard Hogan-Howe.

Com isso em mente é provável que a implantação do sistema BWV, irá para outras forças policiais em toda a Grã-Bretanha, e significa que o centro de dados da Microsoft no Reino Unido, deverá ser alimentado com uma riqueza de dados de vídeo de polícia.

satya-fy15

O novo prefeito de São Paulo, João Dória Jr, também afirmou que irá expandir ainda mais o Projeto Detecta, uma parceria entre a PM do estado e a Microsoft, conectando outras 970 câmeras espalhadas pela cidade ao COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar) da cidade que faz uso dessa tecnologia de monitoramento de usuários e prevenção de crimes. O Departamento de Polícia de Nova York e os oficiais da Polícia de Saarland, na Alemanha, adotaram o Windows 10 Mobile em suas corporações. Dito isto, a Microsoft com seus produtos e serviços confiáveis, está ampliando cada vez mais as parcerias com setores do governo no mundo todo. Mobile first, cloud first! Como bem disse, Satya Nadella.

 

Fonte: Telecompaper

Share.

About Author