Notícias

Primeira plataforma financeira que usa inteligência artificial no Brasil vai contar com investimentos da Microsoft

A Microsoft, juntamente com outras empresas e ainda o Fundo BR Startups, vai entrar com um aporte na Fintech Olivia, primeira plataforma financeira que usa inteligência artificial e economia comportamental para gerenciar finanças pessoais no Brasil.

Para quem não sabe, Fintech é um termo que surgiu da união das palavras financial e technology. Fintech são maioritariamente Startups que trabalham para inovar e otimizar serviços do Sistema financeiro. Essas empresas possuem custos operacionais muito menores comparadas às instituições tradicionais do setor.

A Olivia foi nasceu em 2016 nos Estados Unidos. Ela foi fundada pelos brasileiros Cristiano Oliveira e Lucas Moraes. Desde sua criação tal plataforma já interagiu com quase 500 mil pessoas. Nos EUA, Olívia opera integrada a 18 mil instituições financeiras, desde grandes bancos até cooperativas de crédito.

“A proposta de trazer a Olivia para o Brasil existe desde a fundação da empresa. Agora, com o apoio do Fundo BR Startups e, principalmente, com os grandes parceiros que compõe o fundo, estamos nos preparando para oferecer aos brasileiros uma ferramenta que revolucionará a maneira como as pessoas lidam com dinheiro”, explica Lucas Moraes, co-fundador da Olivia.

Mais que uma organizadora financeira ou uma assistente virtual, a Olivia é um cérebro. “Nossa missão é desenvolver um ecossistema dentro do sistema financeiro capaz de pensar sozinho, a ponto de nossos usuários não terem mais de se preocupar com suas finanças”, afirma.

Conheça Olivia

A Olivia foi criada por uma equipe multidisciplinar. Primeiro, os engenheiros de software construíram o cérebro. Então, cientistas de dados a educaram sobre finanças pessoais. Ela também foi treinada por pesquisadores cognitivos sobre como interagir com humanos, e por linguistas sobre como escrever textos. Finalmente, os designers deram a ela um formato.

A plataforma usa inteligência artificial para entender o perfil, os hábitos de consumo e as transações financeiras das pessoas. Uma vez mapeado o estilo e momento de vida delas, a Olívia passa a procurar formas de gastar – e até investir – melhor o dinheiro. Nos Estados Unidos, o aplicativo já ajudou muitos americanos a sair do vermelho. O usuário médio começa economizando apenas 0.8% da sua renda por mês. Em apenas 60 dias, esse valor salta para 5.7%, mudando a saúde e vida financeira das pessoas

Fonte > Assessoria de impressa da Microsoft Brasil

Alexandre Lima
Microsoft MVP Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!