Projeto Osaka da Microsoft é uma ferramenta colaborativa de tabelas

0

Projeto Osaka

Microsoft está sempre à procura de novas ferramentas que ajudarão seus usuários a serem mais produtivos. Recentemente, a empresa lançou o StaffHub uma plataforma baseada em nuvem voltada para os trabalhadores sem mesa (que são trabalhadores que não usam estações de trabalho como em um escritório, mas sim, trabalham em campo, no carro, em casa, ou mesmo em funções que não requer estar sentado em uma mesa literalmente, etc) e agora, parece que eles têm uma nova ferramenta de colaboração projetada para ajudar a organizar os dados.

Chamada de Projeto Osaka, que você pode conferir o site aqui , porém, não é possível autenticar atualmente, a menos que você tenha uma conta aprovada; é uma ferramenta que “permite a qualquer pessoa organizar informações de forma inteligente” e permite à você “colaborar em tempo real em conjuntos de dados com colegas de trabalho utilizando ferramentas interativas da Microsoft Projeto Osaka”.

A informação, descoberta pelo WalkingCat, mostra que esta nova ferramenta é o que antigamente era conhecido como CollabDB. Neste momento, parece que este produto está limitado a uma versão trial com usuários selecionados do Office 365.

Se você visitar o site, existe uma vaga descrição que diz que você pode “ criar e compartilhar tabelas com sua equipe “, mas quando você clica em ‘Iniciar’, e tenta entrar, como por exemplo, sua conta da Microsoft, ele não permite o acesso até o momento, somente com uma conta aprovada.

Com este trial sendo utilizado pelo Office 365, é provável que este produto, assim que ele atinja a disponibilidade geral, será incluído na suite de produtividade da empresa na E3 ou possivelmente apenas nas camadas E5.

A Microsoft está investindo continuamente no Office 365 em produtividade no ambiente de negócios e serviços. Adicionando novos recursos e serviços, como o Teams e Staffhub, sem aumentar o preço do serviço, a empresa está trabalhando para criar o máximo de valor possível para mover as organizações de um modelo local tradicional para as soluções de nuvem da empresa, tornando o Office 365 o que há de melhor neste mercado.

Fonte: Thurrot

Share.

About Author